Saiba quais são os 10 paraísos para escalada de várias enfiadas existentes no Mundo

Todo esporte possui lugares considerados imperdíveis e com status de templos para a prática da modalidade. Com a escalada tradicional, que exige várias enfiadas para atingir o final de uma via, não poderia ser diferente.

Assim como escaladores esportivos e boulderistas anualmente a cada estação do ano migram para determinadas áreas, os escaladores que apreciam várias enfiadas também procuram estes lugares. Enumerar os melhores fica difícil, pois fica implícito uma boa dose de gosto pessoal por idiomas, comidas, clima e tipo de rocha. Portanto os lugares abaixo estão elencados os que frequentemente surgem nas conversas em abrigos de montanha e entrevistas que já foram realizadas aqui na Revista Blog de Escalada.

Consequentemente algum lugar aqui possa ter sido “esquecido”, mas nem por isso deixa de ser importante.

Yosemite – EUA

Todo escalador que aprecia escalada tradicional sonha com Yosemite.

Considerada a meca do estilo de escalada que exige conhecimento em equipamento de proteção móvel, técnicas de bigwall, entre outras disciplinas, este lugar de escalada está localizado no parque californiano de mesmo nome.

Foto : http://www.climbingyosemite.com/

Escaladas em Yosemite

Foto : https://www.nps.gov

Suas rochas mais icônicas, El Capitán e Half Dome, são frequentemente notícias em publicações especializadas em documentar o universo outdoor.

Aqui na Revista Blog de Escalada há um guia essencial e completo sobre escalada em Yosemite. Para saber mais acesse este link.

Squamish- Canadá

Localizada na província canadense de British Columbia, Squamish é considerada o centro de atividades outdoor do país.

Lá é destaque em vários filmes e produções canadenses do gênero. As paisagens magníficas parecem cartões postais sob qualquer ângulo.

Escaladas em Squamish

Foto : http://squamish.macrealty.com

Escaladas em Squamish

Foto : http://movetosquamish.ca

Lá também estão paredes de granito que são conhecidas mundialmente. O grande destaque fica por conta da paisagem e pela beleza das vias lá conquistadas. Grande parte dos paredões possuem até 10 enfiadas, mas graduações não muito altas.

É considerado o lugar perfeito para quem deseja treinar escaladas em fendas, que variam de diâmetro desde um dedo até dois punhos.

Bugaboos – Canadá

Esta cadeia montanhosa está localizada nas Montanhas Purcell (também na província canadense de British Columbia) é um diamante bruto em termos de escalada tradicional.

É um dos raros lugares no mundo que misturam escalada clássica com alpina. A área está dentro da Bugaboo Provincial Park e é protegida.

Escalada Bugaboo

Foto : http://kickinghorseculture.ca

Foto : http://ontopmountaineering.com

Com um mar de paredes de granito que superam 3.000, conta com diferentes vias das mais variadas dificuldades.

A aproximação exige conhecimento de progressão em neve e gelo.

Cochamó – Chile

Considerada por muitos como a Yosemite da América do Sul, é sem dúvida um lugar imperdível de escalada.

Grande parte dos escaladores adeptos de vias com várias enfiadas migram e massa para esta localidade chilena.

Escalada Cochamó

Foto : Nereida Resende

Foto : Nereida Resende

Há quem acredite que Cochamó é uma espécie de conservatório de escalada tradicional para quem deseja tornar-se m escalador forte neste estilo.

Foi publicado aqui na Revista Blog de Escalada com exclusividade um Guia Essencial completo e detalhado (para ler acesse aqui).

Fitz Roy – Argentina

Não há escalador no mundo que nunca tenha escutado falar sobre o Fitz Roy.

Esta montanha habita os sonhos de todos que pensam em, pelo menos, realizar um trekking até a base do Fitz Roy. Considerada uma das montanhas mais difíceis do mundo, o Fitz Roy é escalado constantemente pela elite do esporte mundial.

Escalada Fitz Roy

Foto : https://www.wikiwand.com/en/Fitz_Roy

Escaladas Fitz Roy

Foto : Marion Faria | https://500px.com

Invariavelmente há alguns escaladores que supervalorizam sua capacidade e acabam por não conseguir sucesso em sua investida. Este tipo de avaliação equivocada acaba gerando bastante acidentes, resgates e até mesmo óbitos.

Para escalar no Fitz Roy é fundamental que a pessoal esteja mentalmente e fisicamente preparada para o desafio.

Um “tempero” para a escalada no lugar é a má fama do tempo na região. El Chaltén, cidade próxima ao Fitz Roy, é conhecido como o pior clima do mundo.

Frey – Argentina

Um dos destinos mais populares para escaladores que apreciam vias de várias enfiadas é o Frey, montanha existente nas proximidades de Bariloche. Até mesmo o trekking ao refúgio existente em sua base é popular, mas também desafiante.

Apenas para chegar ao refúgio são necessárias pelo menos quatro horas de caminhada. Para quem carrega muito peso, como equipamentos de escalada e barracas, este tempo fica em torno de seis horas.

Escalada Frey

Foto : Antonio Carlos Grossl Júnior

Escalada Frey

Foto : Antonio Carlos Grossl Júnior

A escalada no Frey é conhecida como uma excelente escola para quem deseja aprimorar técnica, psicológico e resistência física. Embora alguns escaladores, mesmo de forma velada, falam que o lugar não há muitas vias difíceis, Frey é conhecido mundialmente não é á toa.

Na Revista Blog de Escalada há um guia completo sobre escaladas no Frey, para ler acesse este link.

Meteora – Grecia

A cidade grega de Meteora parece ter saído de uma pintura do romantismo europeu. Nem em livros de fantasia lugares tão bonitos foram documentados. As grandes paredes rochosas de Metora, com quase 400 metros de altura, fazem qualquer escalador babar (sem exagero).

Rodeada de monólitos este pequeno vilarejo já foi sede de um Petzl Roc Trip em 2014.

Escalada Meteora

Foto : http://greece.greekreporter.com

Mosteiros de Meteora na Grécia | http://amgviajes.com.pe/

Atualmente os escaladores encontram aproximadamente 670 vias em todo o lugar. Infelizmente não é possível escalar no inverno devido às baixíssimas temperaturas, chegando inclusive a nevar.

Gorges Du Verdon – França

A rocha preferida de grande parte dos escaladores é o calcário. O que dizer então de um lugar que possui paredões de 25 km de extensão e 400 m de altura ? É exatamente isso que Gorges Du Verdon é.

Lá estão à espera dos escaladores aproximadamente 600 vias de escalada dos mais variados graus.

Escalada Verdon

Foto : http://www.canuckabroad.com

Escalada Verdon

Foto : http://www.beyond.fr

Com natureza exuberante e uma variedade de opções de escalada este lugar é um dos mais famosos da França para a prática de escalada de várias enfiadas.

Salinas – Brasil

Não há escalador que aprecie vias de várias cordadas que não te ha cogitado alguma vez na vida visitar o local de escalada conhecido como Salinas.

A região de Salinas abrange as montanhas do Parque Estadual dos Três Picos no Rio de Janeiro. Este local de escalada fica no município de Nova Friburgo.

Escalada Salinas

Foto : Waldyr Neto

Escalada Salinas

Nessa foto dos Três Picos o estouro na captura deixou as nuvens sem detalhes ou textura | Foto : Waldyr Neto

Para deleite do escalador que gosta de vias de várias enfiadas em Salinas praticamente não existe curtas.

O item que mais é destacado lá é o fator psicológico com vias de grande comprometimento e exposição acima do normal. Grande parte das vias de Salinas foram conquistadas escalando de baixo para cima.

Los Arenales – Argentina

O local de escalada conhecido como Los Arenales fica a 140 km de Mendoza, bem próximo a Tunuyán. Nesta região o clima é semi-árido de altitude e a temporada mais indicada para a escalada lá é de dezembro a março.

As paredes destes vales são formadas por gigantescas agulhas de granito com vias com diedros de várias cordadas, fendas de tetos, aderência, vias de placa com proteções móveis, etc.

Escalada Los Arenales

Foto : MIchael LerjeniDemjen | http://www.planetmountain.com

Escalada Arenales

Foto : http://www.expedicionesdeaventura.com

Sobre o Autor

Luciano Fernandes

Luciano Fernandes

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.