Saiba quais são os 10 mitos e verdades sobre as maneiras de baixar o peso

Muito se fala de diversos estilos de dietas, e quais seus benefícios/malefícios a médio, longo ou curto prazo. Porém dieta alimentar não é uma receita de bolo (sem trocadilhos), e ao contrário que possa parecer uma indicação para uma pessoa não pode ser implementada cegamente por outra pessoa.

Por isso é imprescindível que procure um nutricionista para que saiba que tipo de dieta tenha de implementar na sua rotina, e a mais adequada ao seu estilo de vida.

Por isso este artigo de maneira nenhuma exclui da sua equação para entrar em forma consultar um nutricionista. Apenas para ilustrar a importância deste profissional, saiba que atletas de ponta (mesmo alguns amadores) sempre possuem alimentação recomendada pelo seu nutricionista esportivo.

Sua importância é tão grande que nunca verá um atleta profissional afirmar que não possua nutricionista para ajudar na sua preparação. Escaladores profissionais que caem de rendimento muito abruptamente em geral são porque não seguem conselhos nutricionais de um profissional.

Porém se acredita que está com sobrepeso, ou mesmo pensa em diminuir o peso (em especial sua camada de gordura) ter o objetivo de começar uma dieta é fundamental. Por isso saber que existem algumas afirmações adotadas como verdades pela “sabedoria popular”, que não necessariamente são verdades, é imprescindível para quem deseja queimar alguns quilos.

Provavelmente seus amigos e familiares já deram alguns sugestões em sua dieta, ou ainda se lembra de algum artigo lido aqui na Revista Blog de Escalada e outra mídias relevantes. Porém alguns mitos sempre necessitam ser derrubados e algumas “verdades” esclarecidas.

Este é o objetivo deste artigo : esclarecer sobre mitos, e não servir de guia para uma dieta alimentar, pois para isso deve-se consultar um profissional de nutrição.

Mito 1 – Se eliminar as farinhas, baixará de peso : FALSO

baixar-o-peso-1

Este talvez seja dos maiores falsos mitos sobre dieta para baixar o peso que existe.

Este mito surgiu a partir da crença popular que os carboidratos engordam e que temos de deixar de consumi-los se queremos baixar de peso. Os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo e ao eliminá-los a pessoa começa a sentir cansaço e fadiga em demasia.

Os carboidratos geram sobrepeso em um atleta quando são consumidos em grandes quantidades e que não serão consumidas posteriormente.

Mito 2 – Sementes de Chia ajudam a baixar de peso : VERDADEIRO

baixar-o-peso-2

Em uma dieta alimentar equilibrada, existem alimentos que são aliados de quem deseja baixar de peso. A semente de chia é um deles.

A semente de chia possui propriedades nutritivas especiais e foi muito consumida por civilizações antigas (em especial pelos Astecas), por quem precisava de força física e resistência. A semente de chia é pequena e de forma oval com 2 mm de comprimento e de cores variadas.

A semente da chia é considerada um alimento funcional por seus componentes : fibras, cálcio, magnésio, potássio, proteína e ômega-3.

Por absorver e reter água por causa de sua alta concentração de fibras, a torna interessante para quem quer emagrecer. Esta retenção de água (a semente que retém, não você)  intensificar a sensação de saciedade.

Mito 3 – Para emagrecer deve comer várias vezes ao dia : VERDADEIRO

baixar-o-peso-3

Apesar se parecer um paradoxo, pois acredita-se que é por comer que engordamos, comer várias vezes ao dia faz com que perca-se peso.

Por isso aumentar a frequência das comidas e ter três ou quatro entre as refeições importantes (café da manhã, almoço e jantar) ajuda a ter menos ansiedade de comer nelas. Assim evita-se a possibilidade de comer alimentos muito calóricos.

Mito 4 – Se comer somente produtos light irá emagrecer : FALSO

baixar-o-peso-4

Este talvez seja a maior mentira que os profissionais de propaganda gostam de propagar. Que um produto alimentar esteja marcado como light não significa que esteja livre de açúcar, gorduras e calorias.

Apesar do conceito de produtos light sofrer variações de país a país, como via de regra se um produto possui uma redução de 25% de calorias de algum componente (carboidratos, gordura total ou saturada, colesterol e sódio) atribui-se este adjetivo.

Por isso dizer que um alimento seja light não significa necessariamente que esteja reduzido de calorias. Por isso um produto light pode continuar tendo grandes quantidades de gordura e sódio.

Mito 5 – Os produtos light são mais saudáveis : FALSO

Assim como foi explicado no Mito 4, podemos afirmar que salgadinhos, refrigerantes, bolachas (ou biscoitos) e outros alimentos em versões light não são mais saudáveis. As versões light deste tipo de comida apenas reduziu algum nutriente, ou somente o número de calorias ao produto original.

O importante é ter em mente que um alimento que não é saudável, sua versão light também não será.

Algumas marcas venderão que alguns alimentos são mais saudáveis, mas esta é outra mentira inventada pelo pessoal de marketing das empresas.

Os alimentos light também não são naturais, pois os alimentos industrializados, mesmo com o rótulo de light, contém grande quantidade de substâncias artificiais como : colorante, saborizador, aspartame, etc.

Mito 6 – As frutas te ajudam a baixar de peso : DEPENDE

baixar-o-peso-5

As frutas são naturais e saudáveis, mesmo com algumas contendo grande quantidade de açúcar. Antes que alguém proteste aqui vai um aviso : sim, a frutose é açúcar.

Frutose é também conhecida como açúcar das frutas

Para saber quais são as melhores frutas para incorporar a uma dieta alimentar consulte um nutricionista para saber estes detalhes.

Mesmo algumas frutas conterem bastante frutose, é uma excelente opção em relação aos alimentos processados, além do fato que satisfaz a necessidade do organismo por algo doce.

Obviamente que deve ser consumido com moderação, pois existe uma grande diferença entre comer uma fatia de manga e uma dúzia de mangas.

Mito 7 – para baixar o peso não se deve misturar proteínas com carboidratos : FALSO

baixar-o-peso-6

A informação de que não se deve misturar proteínas com carboidratos carece de comprovação científica, já que o aparelho digestivo tem as funções e enzimas necessárias para digerir os dois ao mesmo tempo.

Além disso misturar os dois traz maior saciedade ao terminar a refeição.

Mito 8 – O doce engorda mais que o salgado : FALSO

baixar-o-peso-7

Cortar o consumo de açúcar para emagrecer é um dos primeiros conselhos que um nutricionista irá fazer. Porém não necessariamente quer dizer que o consumo de sal está liberado indiscriminadamente.

No momento de analisar alimentação é necessário não ter pensamento binário, e ter consciência de que somente porque um produto é ajuda a ganhar peso, outro não seja. A vida não funciona assim, e cabe a toda e qualquer pessoa reflexão a respeito de todos os elementos envolventes na alimentação.

Conhecimento científico embasado é fundamental para afirmar algo, por isso o consumo de açúcar não faz necessariamente o consumo de sal ter o efeito oposto.

O mais importante a saber se um alimento engorda em relação a outro é a quantidade de calorias e nutrientes que possuem. Por exemplo : o consumo de frios (salsicha, presunto, salame), salgados fritos (coxinha, rizoli, pastel, etc) ou um salgado processado (batata fritas, nachos, cheetos, baconzitos, etc) engordará mais que um prato de um doce mas saudável.

Mito 9 – Todos os óleos vegetais são saudáveis : FALSO

baixar-o-peso-8

Muitos produtos que destacam o fato de possuírem “óleos vegetais”, pois parece que o som destas palavras insinuam que a comida é saudável. Mas isso não é uma realidade.

Talvez este tipo de conceito esteja certo se pensarmos em óleos vegetais como o azeite de oliva ou óleo de girassol. Mas em alguns outros casos a gordura vegetal não causa nenhum benefício para a saúde.

Por exemplo quando estes óleos estão em estado sólido contém gorduras saturadas, o que traz malefícios para a saúde.

Mito 10 – Para baixar o peso é necessário acelerar o metabolismo : VERDADEIRO

baixar-o-peso-9

Um metabolismo acelerado queima gorduras (sua camada de gordura) mais rapidamente. Por isso alguns alimentos, como ervas ou raízes, ajudam a acelerar o metabolismo.

Alimentos como Ginseng, Guaraná, Alho, chá verde, canela e pimenta cayena ajudam ao organismo acelerar.

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.