Saiba quais são as vacinas necessarias para viajar pela América do Sul

Está planejando viajar pela América do Sul ? Antes de sair comprando é importante ater-se a um pequeno detalhe que já fez várias pessoas perderem o dinheiro da passagem : a necessidade de vacinas. Muito antes de achar que é preconceito de este ou aquele pais, interprete esta necessidade como a política esterna daquela nação. Cada país vive uma realidade e possui uma política de saúde distinta da que você está acostumado.

Portanto a vacinação do viajante é recomendada principalmente às pessoas que planejam visitar países tropicais, especialmente para aqueles que já vivenciaram epidemias de doenças como febre amarela. Importante lembrar que a vacinação deve ser realizada pelo menos quatro semanas (considere como regra prática 1 mês) antes da viagem. Se durante a sua viagem irá visitar zonas rurais (como lugares de trekking e escalada), florestais e outros lugares de contato com natureza a vacinação é mandatória.

vacina-viagem-2

De acordo com as regras internacionais a única obrigatória é contra a febre amarela e, por isso, em alguns países a falta de comprovante de vacinação pode causar proibição da entrada a determinados países.

Aconselhável x Recomendável x Obrigatório

Antes de começar a procurar os principais destinos da América do Sul, é muito importante saber a diferença entre o que é aconselhável, recomendável e obrigatório. Especialmente quando se trata de vacinas.

Se, por definição, é aconselhável vacinar-se significa que é prudente, sensato e ajuizado tomar as principais precauções para evitar contratempos. Não significa que não irá entrar no país, mas pode significar que não volte de lá sem visitar um hospital ou posto de saúde. Há, portanto, a possibilidade de não acontecer nada mas, em contrapartida, uma probabilidade de que aconteça.

vacina-viagem-1

Para um lugar onde é recomendável vacinar-se significa que é digno de respeito, de consideração, de apreço. Isso porque a probabilidade de acontecer uma “zebra” é alta. Por isso analise as estatísticas de incidência de doenças e surtos de epidemia. Também não significa que, caso não tenha, você será impedido de entrar no país, mas estará ciente de que corre perigo.

Obrigatório significa que você necessariamente deve ter sido vacinado. Não há meio termo, nem conversa nem propina a pagar a qualquer agente de saúde que exija um comprovante de vacinação. Mesmo que seja de Kripton e tenha super-poderes por causa do sol amarelo, ainda assim deve apresentar o comprovante para entrar neste país.

Argentina

mapa-argentina

O Ministério de Saúde Argentino pede obrigatoriamente a vacina contra a febre amarela para quem viaja desde Bolívia, Colômbia, Equador, Guianas, Panamá, Peru, Trinidad e Tobago, Suriname e Venezuela.

Se seu destino é a província de Salta é recomendado contra a malaria ou malária, já que lá há foco do mosquito transmissor.

Apesar de não ser obrigatório, é recomendável para quem vai viajar para Argentina estar vacinado contra Hepatite B, especialmente para quem nunca teve a doença.

Chile

mapa-chile

Para viajar a Chile, no existe nenhuma vacina obrigatória, apesar de ser recomendado estar imunizado de Hepatite A, especialmente se o viajante nunca tenha tido esta enfermidade. Caso o motivo de sua viagem é realizar atividades de alta montanha, ou acampar longe da zona urbana, também é recomendado estar vacinado contra a Hepatite B.

A água no Chile é considerada totalmente potável pelas autoridades governamentais porém, como medida de precaução, é recomendável que no caso de suspeita utilizar-se de potabilizadores e esterilizadores. Porém é recomendável que antes de viajar consulte o Ministério da Saúde do Chile para verificar a existência de alguma recomendação.

Peru

mapa-peru

Considerado um dos destinos mais populares do continente, o Peru não possui obrigatoriedade de vacinas.

Porém, assim como foi recomendado acima, muitas pessoas sugerem que sejam feitas vacinas para a Hepatite A, febre tifoide, sobretudo se visitar as zonas rurais do país. O Ministério da Saúde do Peru sempre atualiza sua página oficial com informações relevantes a respeito de surtos de doenças.

Para quem visita as áreas com floresta tropical é altamente recomendável estar imunizado contra a febre amarela, dengue, malária e doença de chagas. Todas estas enfermidades são transmitidas através da picada de mosquito, por isso é muito recomendável que tenha um bom repelente à mão.

Equador

mapa-equador

O Equador obriga os visitantes estarem imunizados contra a febre amarela, especialmente os oriundos de países nos quais esta doença é endêmica. O Ministério da Saúde do Equador mantém uma lista, em sua página web, dos países os quais exige vacinação obrigatória.

Mesmo sem uma exigência rígida, é aconselhável que o visitante esteja imunizado contra Zika, DengueChikunguya e Malária.

Como o país possui grande parte de sua área com florestas tropicais procure ter sempre à mão um bom repelente contra insetos.

Colômbia

mapa-colombia

Para visitar a Colômbia não é necessário nenhuma vacina, porém para visitar certas zonas do pais sim. Porém é prudente sempre consultar a página do Ministério da Saúde da Colômbia para verificar a ocorrência de alguma epidemia.

Em certas partes do interior é exigido o visitante estar vacinado contra febre amarela pelo menos 15 dias antes do início da viagem.

Este tipo de imunização é recomendada para quem visita os estados de :

  • La Guajira
  • Zona Norte de Santander
  • Putumayo
  • Llanos Orientales
  • Sierra Nevada de Santa Marta
  • Toda a costa Atlântica

Assim como todos os países da América do Sul, caso visite zonas de mata tropical,  é recomendável estar vacinado de Hepatite A e B, febre tifoide, Tríplice Viral, antitetânica e difteria.

Bolívia

mapa-bolivia

Para entrar no pais, os visitantes não são obrigados a tomar nenhuma vacina. Mas para visitar a parte oriental do país, onde há floresta tropical, é necessário estar vacinado contra a febre amarela.

Para quem irá frequentar a parte rural da Bolívia recomenda-se que consulte a página web do Ministério da Saúde da Bolívia.

Faz parte da parte oriental da Bolívia :

  • Coroico
  • Yunga
  • Rio Amazonas

Para visitar as partes com altitude no pais boliviano não é necessário nenhuma vacina.

Sobre o Autor

Luciano Fernandes

Luciano Fernandes

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.