Saiba quais são as montanhas acima de 8.000 m

50fd985944de4.image[1]É inegável o esforço de um escalador para alcançar o cume de montanhas de grande altitude.

Dentro do “nível hierárquico” de escaladores de alta montanha há uma “classificação” escaladores de 8.000, 7.000, 6.000 e assim por diante.

Números estes que se baseiam na altura do cume em relação ao nível do mar.

Não será discutido aqui a dificuldade da montanha, pois este é um outro assunto a ser discutido em outro tipo de artigo.

Uma certeza existe : não se mede a qualidade de um escalador somente pela altura do cume atingido. denali_summit_unknown[1]

Há outros fatores mais profundos e complexos que a altura alcançada.

O que faz então um escalador entrar para o “clube” dos 8.000 e quais são as montanhas acima deste limite?

Para responder esta pergunta simples, o Blog de Escalada preparou uma série de artigos para listar onde estão e quais são os principais montanhas do mundo

A motivação deste artigo surgiu pelo “confete” exagerado, e por vezes desnecessário, jogado em “feitos” realizados em dificuldades discutíveis.

Monte Everest

Monte Everest

O “oba-oba” superlativo realizado em sua maioria por sites que apenas exploram o turismo que virou a prática de alta montanha não

será discutido aqui.

As montanhas do planeta com altitude acima de 8.000 m são :

Monte Everest

  • Altura : 8.848 m
  • Cordilheira : Himalaia
  • Localização : China / Nepal
  • Primeira Ascensão : 29 Maio de 1953 por Edmund Hillary e Tenzing Norgay

 

K2

  • Altura : 8.611 m
  • Cordilheira : Karakoram
  • Localização : China  / Paquistão
  • Primeira Ascensão :  31 julho de 1954 por Achille Compagnoni e Lino Lacedelli

Kangchenjunga

  • Altura : 8.586 m

    Monte Kangchenjunga

  • Cordilheira : Himalaia
  • Localização : China / Nepal
  • Primeira Ascensão :  25 Maio de 1955 por Joe Brown e George Band

Lhotse

  • Altura : 8.516 m
  • Cordilheira : Himalaia
  • Localização : China  / Nepal
  • Primeira Ascensão :  18 de maio de 1956 por Fritz Luchsinger e Ernst Reiss

Makalu

makalu[1]

Monte Makalu

  • Altura : 8.485 m
  • Cordilheira : Himalaia
  • Localização : China  / Nepal
  • Primeira Ascensão :  15 de maio de 1955 por Lionel Terray e Jean Couzy

Cho Oyu

  • Altura : 8.188 m
  • Cordilheira : Himalaia
  • Localização : China  / Nepal
  • Primeira Ascensão :  19 de outubro de 1954 por Herbert Tichy, Joseph Jöchler e “Sherpa” Pasang Dawa Lama

Dhaulagiri

Monte Dhaulagiri

Altura : 8.167 m

  • Cordilheira :  Himalaia
  • Localização : Nepal
  • Primeira Ascensão : 13 de maio de 1960 por uma equipe composta por suíços, austríacos e nepaleses

Manaslu

Monte Manaslu

 

  • Altura : 8.163 m
  • Cordilheira : Himalaia
  • Localização : Nepal
  • Primeira Ascensão : 9 de maio de 1956 por uma equipe japonesa

Nanga Parbat

  • Altura : 8.126 m

    Monte Nanga Parbat

  • Cordilheira : Himalaia
  • Localização : Paquistão
  • Primeira Ascensão : 3 de julho de 1953 por Hermann Buhl

Annapurna I

  • Altura : 8.091 m
  • Cordilheira : Himalaia
  • Localização : Nepal
  • Primeira Ascensão : 3 de junho de 1950 por Maurice Herzog e Louis Lachenal

Gasherbrum I /  K5

290457[1]

Monte Gasherbrum I

  • Altura : 8.080 m
  • Cordilheira : Karakoram
  • Localização : China  / Paquistão
  • Primeira Ascensão : 5 de julho de 1958 por uma equipe americana

Broad Peak / K3

  • Altura : 8.051 m
  • Cordilheira : Karakoram
  • Localização : China / Paquistão
  • Primeira Ascensão : 9 de junho de 1957 por uma equipe austríaca

Gasherbrum II / K4

  • Altura : 8.034 m

    Monte Gasherbrum II

  • Cordilheira : Karakoram
  • Localização : China
  • Primeira Ascensão : 7 de julho de 1956 por Fritz Moravec, Josef Larch e Hans Willenpart

Shishapangma

  • Altura : 8.027 m
  • Cordilheira : Himalaia
  • Localização : China / Nepal
  • Primeira Ascensão: 2 maio de 1964 por Xu Jìng

Sobre o Autor

Luciano Fernandes

Luciano Fernandes

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

There is one comment

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.