Saiba o que é a OBB – Outward Bound Brasil

Logo-OBB_azul-250x300[1]A Outward Bound é a instituição pioneira no desenvolvimento de programas educacionais que combinam aventura e desenvolvimento pessoal.

Milhares de jovens e adultos já participaram desse tipo de programa em mais de 50 centros/escolas espalhados por mais de 30 países, incluindo EUA, Costa Rica, África do Sul, Quênia, Indonésia, Inglaterra, Alemanha e outros.

O interesse internacional em educação através da aventura é um testemunho do sucesso de seus resultados.

Apesar da Outward Bound ter sido fundada oficialmente em 1941 em Aberdovey, País de Gales, como uma alternativa para aumentar a taxa de sobrevivência de marinheiros ingleses durante a II Guerra Mundial, suas raízes filosóficas são muito mais antigas e distantes dos tempos de guerra. 440px-Direction[1]

Kurt Hahn, um educador progressista e fundador da Outward Bound, estabeleceu várias escolas na Europa baseadas em suas observações sobre o declínio de valores e práticas na sociedade como: condicionamento físico, técnicas e cuidado, auto-disciplina, iniciativa, imaginação e solidariedade.

Ensinar conhecimentos formais era importante assim como o desenvolvimento do auto-conhecimento, aventura, curiosidade, serviço voluntário, valores e habilidades interpessoais.

O fundamento da filosofia de Hahn era a crença de que impelir pessoas em experiências que as mostrem que elas podem ter sucesso em situações adversas e “derrotar o seu derrotismo”, pode fazê-las perceber que são capazes e usar essa força em serviço de outros.

Durante a II Guerra Mundial, Hahn propôs um programa de treinamento, similar ao seu curriculum anterior, que desafiaria novos e jovens marinheiros e os ensinaria sobre a profundidade de suas habilidades.

Após perceber que a taxa de mortalidade entre náufragos jovens e em boa forma física era maior que em marinheiros mais velhos, aparentemente um contra-senso, o educador Kurt Hahn criou um programa de treinamento para ajudar estes jovens marinheiros a desenvolver valores morais e mentais, o que ele acreditava ser tão necessário para sobrevivência quanto resistência física.

Os jovens marinheiros precisavam de confiança e autocontrole para superar o medo, mas eles precisavam, acima de tudo, aprender a contar não apenas com os botes de resgate e salva-vidas, mas com eles mesmos.

O programa foi um sucesso instantâneo e chamou-se Outward Bound, um jargão náutico que se refere ao momento em que uma embarcação deixa a segurança de seu porto e busca os desafios do mar aberto.

Colaboraram com este artigo: Hélder Madeira(instrutor da Outward Bound) e Rodrigo Bastos ( Coordenador Executivo da Outward Bound)

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.