Saiba como é o processo de início no CrossFit

Foto : http://crossfitbarigui.com.br

Foto : http://crossfitbarigui.com.br

Saudações escaladores e esportistas em geral!

Em meu último post (Entenda o que é crossfit) falei sobre o CrossFit, modalidade de treinamento que já se tornou também um esporte e vem conquistando adeptos pelo mundo em progressão geométrica.

Diariamente converso com pessoas interessadas em começar à treinar e optei por escrever hoje sobre este processo de início no CrossFit, e comentar sobre dúvidas que recebo em nosso Box de CrossFit todos os dias.

Pois bem, vamos falar primeiramente de barreiras de entrada.

Todo esporte tem as suas e em alguns casos elas se tornam muito mais complexas do que em outros.

Foto : http://crossfitbarigui.com.br

Foto : http://crossfitbarigui.com.br

Na escalada por exemplo: Não é necessário ter nenhum tipo de equipamento para começar desde que você tenha um amigo escalador que te empreste o necessário.

Por outro lado, esportes como o base jump requerem todo um aprendizado anterior e possuem uma barreira de entrada muito maior até mesmo porque o empréstimo de equipamento tende à zero.

No CrossFit costumo dizer que a maior barreira de entrada está na cabeça de quem quer começar.

Talvez pelo fato de todo interessado na modalidade pesquisar vídeos na web e acabar encontrando apenas filmagens de treinos bem avançados ou até mesmo de competições mundiais de CrossFit (Os CrossFit Games), estas pessoas em grande parte dos casos acreditam que o treinamento é muito forte para elas e pensam que não vão aguentar.

O fato é que assim como em todo esporte existe uma escada de aprendizado que é levada muito a sério pelos Boxes de CrossFit, visando sempre ensinar o aluno novo movimentos básicos que vão ajudar-lhe a se adaptar à modalidade e prevenir futuras lesões.

Se você quer começar ou experimentar a modalidade, aí vai minha primeira dica:

http://map.crossfit.com/

Neste link você encontrará um mapa com todas as afiliadas oficiais de CrossFit.

Foto : http://crossfitbarigui.com.br

Foto : http://crossfitbarigui.com.br

Nelas você pode ter a certeza de que o proprietário realizou todos os cursos necessários para certificar-se na modalidade e com certeza você estará em boas mãos quanto à metodologia aplicada e a escada de aprendizado.

Marque uma aula experimental (a maioria dos boxes oferecem aulas experimentais gratuitas em alguns horários) e vá conhecer o ambiente.

A modalidade geralmente é aplicada em espaços rústicos e o que constrói o ambiente de cada Box é o aluno e a família que se forma em cada um deles.

É importante que você se sinta bem neste ambiente, ele provavelmente lhe dará um pouco de medo ou receio no começo, mas isso é normal, e logo você entrará no ritmo do seu box.

Converse com o coach (professor) responsável e entenda como é aplicada a escada de aprendizado no Box.

Em nosso caso, todos aluno novo deve frequentar 5 aulas fundamentais, cada uma com um pacote de movimentos básicos específicos, para apenas depois entrar em um treino normal com as adaptações necessárias à sua aptidão física.

Dica de Ouro

Não tente fugir das aulas fundamentais, elas são importantíssimas para a formação de memória muscular em diversos movimentos mais complexos e serão a base de toda sua evolução. Se você realizou uma aula de fundamentos e não ficou confortável, converse com o coach responsável para realizá-la novamente.

Foto : http://crossfitbarigui.com.br

Foto : http://crossfitbarigui.com.br

Pois bem, agora que você já conhece algumas pessoas em seu box, já entendeu os movimentos básicos e em menos de um mês já se sente praticamente em casa, lembre-se de uma regra muito importante: Você é responsável por alertar o coach sobre qualquer tipo de dor fora do normal ou possível lesão.

O coach tem como objetivo extrair o melhor de cada atleta e lhe ajudar a utilizar sua capacidade total em um treino.

Se você chegou em uma aula e está com alguma “dor estranha”, alerte seu coach antes do treino.

Ele precisa saber se algo está errado pois só assim poderá adaptar um movimento para você.

Outra grande falha dos alunos iniciantes é acreditar que em pouco tempo de treino (1 ou 2 meses) já estão aptos a realizar todos os treinos em sua intensidade máxima e com cargas oficiais.

Com isso, acabam se esquecendo dos fundamentos técnicos e executam um movimento falho e passível de lesão.

O coach estará lá para ajudar-lhe e para apontar os movimentos errados, mas é igualmente importante que o aluno não se deixe levar apenas pela emoção e pelo relógio que marca o tempo.

Consciência corporal é muito importante, e é uma via de duas mãos entre atleta e coach.

 CrossFit é apaixonante

Busque envolver-se com a micro-comunidade formada em seu Box.

Conheça quem está suando ao seu lado, incentive os menos preparados à terminar seu treino pois com certeza você será ajudado por alguém que você nunca viu no box um dia.

Dê a chance ao seu corpo de experimentar algo novo e tire suas próprias conclusões.

Não acredite simplesmente no que você viu ou leu por ai, sinta com seu próprio suor se o CrossFit é para você ou não, você vai se surpreender.

Banner 1

Sobre o Autor

Maurício Cervenka

Maurício Cervenka

31 anos, empresário proprietário da CrossFit Barigui em Curitiba, é formado em Marketing e pós-graduado em Administração pela FGV em São Paulo.
Praticou diversos esportes e desde 2007 se dedica a provas de corrida de aventura, mountain bike e corrida de montanha. Em 2012 Maurício abriu mão de uma carreira empresarial e foi morar no Alasca (originando o documentário Neverlanding, divulgado em 2013 aqui no site). Em 2013, regressou ao Brasil com o intuito de criar a CrossFit Barigui em Curitiba, o primeiro box da modalidade na cidade. Hoje ele utiliza os treinos de CrossFit para complementar seus treinos de mountain bike e corrida de montanha, e foca na provas longas da modalidade.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.