Quando a vontade de ser aventureiro(a) vai muito além de compra das roupas

Existe na cultura popular um ditado que afirma “o hábito não faz o monge”. Esta frase, para quem não a conhece, se refere à necessidade de que não devemos julgar as pessoas apenas pela aparência.

Portanto, não é apenas porque alguém comprou algum equipamento outdoor é que irá, necessariamente, tornar-se um “aventureiro(a)”. Antes de comprar todo o equipamento para tornar-se uma pessoa que pratica atividades outdoor, lembre-se de transformar os pensamentos em palavras e as palavras em atitudes.

Tom+Ana600

Rodrigo desenha sobre montanhas desde 1991 e escala desde 1994, época dos kichutes sem travas e cordas estáticas (quando não de sisal). Nesta mesma época começou a estudar arquitetura e se enveredou pelo caminho das artes plásticas e gráficas, pintando temas de montanhas e serras e fazendo quadrinhos de situações na montanha e escaladas. Apesar de ter deixado de lado um pouco, voltou a escrever e publicar, com personagens fixos e com temas ligados à natureza e cicloturismo, filosofando sobre a montanha e seu estilo de vida ou apenas tirando sarro de situações cotidianas do ambiente alpino. Continua escalando e subindo montanhas, viajando por aí de bicicleta e sempre olhando de um modo diferente para os horizontes.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.