Quando a vontade de ser aventureiro(a) vai muito além de compra das roupas

Existe na cultura popular um ditado que afirma “o hábito não faz o monge”. Esta frase, para quem não a conhece, se refere à necessidade de que não devemos julgar as pessoas apenas pela aparência.

Portanto, não é apenas porque alguém comprou algum equipamento outdoor é que irá, necessariamente, tornar-se um “aventureiro(a)”. Antes de comprar todo o equipamento para tornar-se uma pessoa que pratica atividades outdoor, lembre-se de transformar os pensamentos em palavras e as palavras em atitudes.

Tom+Ana600

Rodrigo desenha sobre montanhas desde 1991 e escala desde 1994, época dos kichutes sem travas e cordas estáticas (quando não de sisal). Nesta mesma época começou a estudar arquitetura e se enveredou pelo caminho das artes plásticas e gráficas, pintando temas de montanhas e serras e fazendo quadrinhos de situações na montanha e escaladas. Apesar de ter deixado de lado um pouco, voltou a escrever e publicar, com personagens fixos e com temas ligados à natureza e cicloturismo, filosofando sobre a montanha e seu estilo de vida ou apenas tirando sarro de situações cotidianas do ambiente alpino. Continua escalando e subindo montanhas, viajando por aí de bicicleta e sempre olhando de um modo diferente para os horizontes.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.