Qual é a principal qualidade que alguém deve ter para escalar forte (de verdade)?

Frequentemente realizo pesquisas com escaladores para saber um pouco do pensamento médio. É importante não fazer parte da bolha social que as redes sociais nos confinam. Cada pesquisa nos entrega informação que pode abrir os olhos, mas a opinião de muitos, lamentavelmente, nem sempre é a verdade baseada em evidências. Algumas pessoas possuem o horizonte curto.

O que mais uma pessoa necessita para escalar forte, não é o mesmo que para escalar melhor. Este detalhe é fundamental. Masturbadores de graus (que sempre estão no mesmo lugar, nas mesmas vias) existem aos montes. Quando qualquer pessoa se refere a outra como um escalador forte, geralmente pensa-se no grau escalado. Na realidade pode ser uma linha de pensamento equivocada.

A pesquisa realizada com a pergunta “qual a principal qualidade que alguém deve ter para escalar forte”, as respostas foram (de um universo de 173 entrevistados):

Comprovado por estudos científicos, a “força de dedos” é de longe (mas muito longe) o mais importante. A explicação está abaixo, portanto não entremos em pânico.

Existe infinitos trabalhos científicos disponíveis no mundo, que já demonstraram que a força das mãos e dedos é fundamental para possibilitar escaladores graus difíceis. Um exemplo claro, são os trabalhos e artigos de Eva López, escaladora e treinadora espanhola (tendo escalado 8c+ francês – 11b brasileiro), que dedicou grande parte de sua vida em estudar e investigar sobre o tema. São estudos e pesquisas universitárias, com teses de mestrado a respeito do assunto. Em seu blog poderá encontrar muita informação que corrobora a importância e, inclusive, chegou a desenvolver métodos de treinamento ultra específicos para melhorar este aspecto.

Nos livros de Erick Horst, a força de dedos é o pilar fundamental para chegar a escalar graus mais difíceis. Mas não confunda, nem corram como desesperados a um fingerboard, porque este fator demora anos em desenvolver e refinar. Procurar resultados rápidos sem planejamento de treinamento, somente irá lesionar e frustrar.

Foto: Kris Holbrook | http://www.krisholbrookphotography.com/

Não é o mesmo que dizer que se necessita para escalar melhor.

Esta pergunta, como sempre, terá um imenso e descomunal DEPENDE. Se você, caro leitor, for um principiante, é óbvio o bom uso dos pés e passa a ser um fator prioritário. Um bom escalador deve ter técnica, antes de pensar em ter força. Por isso, se seus objetivos são vias mais verticais e positivas, procure focar na técnica antes de pensar em força bruta. Se o seu sonho são vias bem negativas ou de teto, braços e abdominais podem fazer uma grande diferença, inclusive se tiver uma grande força nas mãos. Mas este detalhe funciona somente em graus mais altos.

A força dos dedos pode ajudar bem para escalar mais forte, mas como tem sido a tônica de meus artigos, a paciência parece ser o principal fator que falta em um escalador comum. Sem dúvida nenhuma, treinamentos bem desenvolvidos, baseados em ciência e planejamento, são o que existe em escaladores mais fortes.

Não se esqueça de dar opinião (basta deixar mensagem por aqui, que respondo) e compartilhar o resultado da pesquisa. Ajuda a todos saber, mas sempre com a visão de que se pode saber mais, inclusive mudar seu ponto de vista quando há algo bem planejado a seu alcance.

Tradução autorizada: http://rocanbolt.com

banner-rocanbolt

Gonzo Rocanbolt é chileno, médico, escalador e indiscutivelmente uns dos mais completos autores de artigos sobre treinamento de escaladores existentes no mundo. Respeitado em todo o mundo é o organizador do Simpósio de Medicina de Montanha no Chile e palestrante de eventos de escalada no Chile, Argentina e Espanha

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.