Empresa lança lã que promete prevenir de maneira eficiente as bolhas nos pés

Uma dos grandes pesadelos dos praticantes de trekking e caminhada é o aparecimento de bolhas nos pés.

Conhecido pelo nome técnico de flictena as bolhas nos pés pode, mas não necessariamente, vir acompanhado de algum tipo de micose e atinge principalmente a face lateral dos dedos e plantas dos pés. São causadas quase que exclusivamente por três razões básicas: atrito intenso com dos pés com o calçado, umidade excessiva e sujeira.

Para a prevenção das bolhas nos pés existem diversos tratamentos. Mas na Nova Zelândia (conhecida como o país das ovelhas com 40 milhões de animais) o velo de lã (lã do carneiro) é considerado excelente para este objetivo. Após uma caminhada pela Nova Zelândia, um casal de norte-americanos descobriram a prática e voltaram para casa se perguntando como poderiam introduzir a lã em território americano. Após vários planos de negócios, uma parceria com um fornecedor de lá neozelandês aconteceu e a partir daí nasceu a Wūru.

Wūru (pronuncia-se vu ru e vem da palavra “lã” em maori) é delicadamente lavada e cardada, rica em lanolina (produto natural obtido a partir da cera de lã bruta), e quando envolvida em torno de partes dos pés absorve a umidade e reduz o atrito, evitando bolhas, promovendo a respirabilidade e proporcionando amortecimento.

Não há nenhum tipo de adesivo ou fita para usar o Wūru. Para usá-lo, de acordo com o site do fabricante, basta aplicar uma fina camada nas solas dos pés, entre os dedos ou em qualquer outra área que queira proteger. Após esta aplicação, o usuário pode calçar normalmente a meia. A lã moldará nos pés e se unirá à sua meia.

Segundo informações do fabricante, cada pacote de 20 gramas, pode ser usado por 20 a 30 aplicações.

Para maiores informações: https://wuruwool.com

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.