Polícia fecha via no Pão de Açúcar onde escalador morreu

A polícia do Rio de Janeiro decidiu por interditar a via de escalada onde um escalador morreu neste domingo.

A via, que é conhecida CEPI, e tem cabos de aço (Via Ferrata) para a sua ascenção é uma das mais visitadas e escaladas do Brasil.

A medida  tomada é muito comum quando se trata de qualquer acidente deste tipo no Brasil.

Decisões de proibir apenas, e discutir o fato para fazer regulamentações e encontrar um culpado já faz parte da cultura das autoridades brasileiras.

A decisão tomada pela delegada responsável se assemelha a uma hipotética decisão de proibir de usarmos tênis de uma certa marca porque alguém torceu o tornozelo.

Em nota, a delegada informou que a interdição foi feita para a realização de perícia por instrutores de rapel da Academia de Polícia  e peritos da Polícia Civil.

Além disso, todo o equipamento que Bruno levava quando houve a queda será periciado no Instituto de Criminalística Carlos Éboli.

Para maiores detalhes leia matéria detalhada em : http://oglobo.globo.com/rio/policia-fecha-trilha-no-pao-de-acucar-onde-montanhista-morreu-6907337

Sobre o Autor

Luciano Fernandes

Luciano Fernandes

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é aficionado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema” e jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

There are 5 comments

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.