Guia essencial para trekking na Cordillera Blanca – Parque Nacional Huascarán

Com 180 km de comprimento e 720 km² de área total a Cordillera Blanca é uma subcordilheira dos Andes localizada no Peru. Seu ponto mais alto é o Huascarán (6.768 m).

Praticamente toda Cordillera Blanca está dentro do Parque Nacional Huascarán, uma área protegida mantida pelo governo federal peruano.

A UNESCO declarou esta área protegida como “Reserva da Biosfera” e “Patrimônio Natural“.

Parque Nacional Huascarán

Como atração para os praticantes de trekking dentro do Parque Nacional Huascarán há:

  • 663 Glaciares
  • 269 Lagoas
  • 42 Rios
  • 33 Sítios Arqueológicos
  • 6 Montanhas acima dos 6.000 m de altitude
  • 17 Montanhas acima dos 5.500 m de altitude

Com tantos atrativos não é nenhum exagero que no Parque Nacional Huascarán estão os melhores trekkings do Peru e da América do Sul.

Parque Nacional Huascarán

Como chegar

  • Avião

Toda pessoa que for visitar o Peru por avião, necessariamente o turista deve ir para a capital do país, Lima. Nas proximidades da Cordillera Blanca, não há nenhum aeroporto internacional. Portanto todos os trâmites de imigração, checagem de passaportes e visto (caso seja necessário). Da capital peruana, é necessário procurar uma maneira de chegar até a cidade de Huaraz,  com 100 mil habitantes, considerada o principal local de entrada para a região.

No aeroporto de Lima procure pela companhia aérea

Agora há uma companhia aérea LC Perú, que tem vôos diários desde a capital a Huaraz. O voo dura aproximadamente uma hora e, para a felicidade dos mochileiros, não há (por enquanto) restrição de despacho de bagagens.

Segundo informações do site da empresa, há apenas um voo por dia, disponível para este itinerário.

  • Ônibus

As companhia de ônibus OltursaTours Movil e Cruz del Sur fazer a linha Lima/Huaraz. A viagem leva aproximadamente 10 horas. Normalmente há diversas categorias de passagens para estes ônibus: econômica, cama e super cama.

Dependendo da categoria escolhida há uma refeição incluída aos passageiros

Onde ficar

Huraz por ser uma cidade que explora a indústria de turismo, além de estar longe de ser um vilarejo (100 mil habitantes – aproximadamente do tamanho de Pindamonhangaba-SP), por isso há boa opções de hotéis e hostels na cidade.

Grande parte dos estabelecimentos possuem ligação estreita com a prática do montanhismo e escalada que exploram o Parque Nacional Huascarán. Alguns locais, inclusive, possuem convênio com vários operadores de turismo locais.

Parque Nacional Huascarán

A principal dica é buscar estabelecimentos que fiquem próximo ao centro da cidade, onde há a maior parte da estrutura de restaurantes, bancos e operadores de turismo que operam no Parque Nacional Huascarán.

Dentro de Huaraz há ainda ótimas opções de residência utilizando o AirBnB. Uma rápida procura pelo aplicativo há excelentes opções que pode ser interessante, para grupos de pessoas que viajam juntos. O pagamento destes quartos são feitas via aplicativo e por cartão de crédito.

Caso você esteja viajando sozinho ou em grupos pequenos as opções pode ser um hostel ou hotel

Principais agências de turismo

Parque Nacional Huascarán

Para fazer muitos dos passeios e trekkings no Parque Nacional Huascarán é necessário contratar uma agência de turismo especializada e devidamente credenciada.

Há um centro de informações turísticas na Plaza de Armas. No local é possível adquirir um mapa da cidade e região. Na mesma agência de turismo pode obter informações relevantes de operadores de turismo para a sua viagem.

Principais passeios trekking

Como dentro do parque há inúmeras atrações no Parque Nacional Huascarán, é  quase inviável enumerar cada uma delas, com fotos e dicas. Portanto, abaixo está listado as mais procuradas por turistas interessados em trekking.

Para saber mais detalhes, como duração, preço e equipamentos básicos, consulte a agência de turismo.

  • Carhuascancha
  • Churup
  • Cebollapampa
  • Glaciar Pastoruri
  • Laguna 69
  • Laguna Churup
  • Laguna de Parón
  • Laguna de Llanganuco
  • Llaca
  • LLanganuco

Parque Nacional Huascarán

Parque Nacional Huascarán

Parque Nacional Huascarán

Elisabet de Marco é Design Researcher, apaixonada por viajar e fazer trilhas a pé e de Mountain Bike, já fez mochilão pela Patagônia Argentina, Peru, Bolívia, Brasil e Uruguai.

There is one comment

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.