Parque Nacional do Caparaó é fechado temporariamente por surto de febra amerela

Através de uma nota à imprensa, publicada no site oficial do Ministério do Meio Ambiente, o governo federal suspendeu temporariamente as visitas ao Parque Nacional do Caparaó.

O parque abriga várias montanhas relevantes e populares entre a comunidade brasileira : Pico da Bandeira (2.892 m), Pico do Calçado (2.849 m) e Pico do Cristal (2.770 m). O parque que possui 31.800 hectares(318 km²) de área e é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) sendo amplamente visitado por montanhistas, mochileiros e turistas em geral.

Foto : Flavio Varricchio | http://www.adventurezone.com.br

O fechamento vale por 15 dias, prorrogáveis por mais 15, e busca preservar a saúde de visitantes por causa do surto de febre amarela que atinge a região. Nesse período, ficam suspensos os agendamentos para visitação. O Ministério da Saúde informou nesta última sexta-feira que o número de mortes confirmadas por febre amarela chegou a 60 pessoas em todo o país, Sendo deste total : 53 Minas Gerais, 4 no Espírito Santo e 3 em São Paulo.

Este é o maior surto de febre amarela da história, totalizando 423 casos em investigação, incluindo as 60 mortes. Todos os casos no país são de febre amarela silvestre  a qual é transmitida por um ciclo que envolve macacos e mosquitos presentes em áreas rurais.

O Parque Nacional do Caparaó abrange quatro municípios no estado de Minas Gerais : Alto Caparaó, Caparaó, Alto Jequitibá e Espera Feliz. O Parque abrange ainda seis municípios do lado capixaba – Iúna, Ibitirama, Irupi, Dores do Rio Preto, Divino de São Lourenço Guaçuí e Alegre. Cerca de 80% do parque está no estado do Espírito Santo.

Para maiores informações : http://www.mma.gov.br

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.