Para que motorhome ? Inglês modifica kombi para ser “MotorPub”

A maneira mais simplificada de entrar no mundo dos motorhomes, entrando com o pé direito no estilo vanlife, é modificando um furgão ou uma kombi. Recentemente um brasileiro disponibilizou para compra um e-book que ensina, passo a passo, a construir um motorhome em uma kombi. Aqui na Revista Blog de Escalada há um artigo, de uma série que está ainda sendo elaborada, de como converter um furgão em motorhome.

Mas o inglês Ben Levy, de 29 anos de idade, teve uma ideia diferente : construir um motorpub em uma kombi. A iniciativa nasceu depois que reparou que sentia-se cansado, e infeliz, de ir sempre ao Pub de sua preferência. Administrando uma loja de bicicletas resolveu comprar uma kombi, modelo 1957, e a convertê-la em um motorpub. No interior do veículo há balcão, espaço reservado para pessoas sentarem e, claro, farta distribuição de cervejas artesanais.

kombi

A ideia veio originalmente de um amigo. Inicialmente Ben pensou que seria uma piada, mas com o tempo a ideia amadureceu e pensou : “Por que não?”

No seu interior há adaptações para torneiras de chopp, prateleiras de vinho, luzes típicas de bares ingleses e até mesmo um sino (que é muito comum nos bares ingleses para anunciar a última rodada). O vídeo abaixo dá uma boa ideia de como é a kombi motorpub.

Quem ache as cervejas ficam em um tonel com gelo, prática comum em churrascos do Brasil, há uma geladeira de 220 Volts em seu interior para gelar as cervejas.

kombi

O pub móvel, ou melhor o motorpub, foi batizado de “The Dub Inn”, e Levy a aluga para eventos.

Ben Levy pagou pelo veículo e suas adaptações um total de £12,000 (aproximadamente R$ 50.000).

Mais detalhes : https://www.facebook.com

kombi

kombi

kombi

kombi

kombi

Sobre o Autor

Luciano Fernandes

Luciano Fernandes

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.