Os 10 mandamentos para começar a treinar (seriamente) em escalada

Você acredita que está pronto para começar a treinar forte em escalada. Pelo menos seriamente?

Então embarque nessa e tenha consciência de que tem de saber de cor todos os 10 mandamentos.

1 – Querer é poder

Este é o primeiro dos mandamentos e deve estar pelo menos 100% convencido de que quer treinar.

Mesmo que pareça óbvio, muitos escaladores treinam sem vontade e apenas o fazem porque seu círculo de amigos também o faz somente porque o esporte está na moda. Treinar é diferente de fazer social em academia. Portanto deve realmente querer, desde o fundo da sua alma. Se tiver alguma dúvida neste aspecto, fracassará seguramente.

2 – Adquirir experiência

Ter um tempo escalando e estar seguro que é o esporte que quer desenvolver neste momento da sua vida é fundamental. Se você é de fazer muitos esportes, e a escalada é apenas mais um, desaconselho fortemente que invista no treinamento de escalada.

Treinar significa ciclos rígidos a serem feitos e que te obrigarão a deixar de fazer outras coisas. Caso não treine adequadamente, e de maneira dedicada, seu rendimento será ruim tanto na escalada como em outro esporte que pratica. Aquele que quer fazer tudo, acaba não fazendo nada.

3 – Ter base mínima

Foto: http://eva-lopez.blogspot.com.es/

Possuir uma base mínima de técnica e escalada é fundamental. Não confunda aprender a escalar com treinar escalada. Aprender é um processo de ir ganhando destrezas e técnicas corporais que não tinha. Em outras palavras é conhecer o que é escalar. Treinar requer (mas nem sempre) este tipo de conhecimento acabado e é o que leva à sua máxima expressão.

Na minha opinião para aprender deve ser pouco rígido, esquecer os ciclos e sessões intermináveis. Aprender é trata-se de passar bem entre pessoas que te ensine como mover-se e desfrutar do esporte. Quando já está seguro de seu repertório de movimento, e que este período de aprendizagem não lhe tará maiores benefícios, então decida a treinar.

4 – Ter tempo para treinar

Foto: http://eva-lopez.blogspot.com

Se você é estudante, ou trabalhador, e seu tempo é muito limitado, devera pensar muito bem se pode treinar. Soma e isso ter família, tempo de dedicação aos períodos de escola/universidade e provas. Para treinar adequadamente é necessário ter tempo.

Deve ser sincero consigo mesmo e verificar se terá dias livres para treinar, preferencialmente dias fixos de cada semana. Agora se seu tempo varia muito e é nulo na maioria das semanas, esqueça de poder ter ciclos de treinamento de escalada como deve ser.

5 – Lugar e equipamento

Foto: http://www.floclimbing.com

Possuir um lugar para treinar e ter equipamento adequado para isso é mais um dos mandamentos.

Se o lugar onde você mora não há um muro, ou até mesmo academia de escalada, ou então o espaço fica longe, seguramente não poderá treinar adequadamente.

Muitos escaladores, por razões alheias à sua vontade, encontram-se com zero possibilidades de treinar, e um muro mal montado também é um impedimento para treinar “de verdade”. Se quer fazer alguns exercícios em barra para manter a forma não há problema, mas treinar deve ter foco em melhorar e para isso há espaços adequados. Se não pode nem escalar regularmente nos finais de semana, esqueça os planos de que poderá treinar.

6 – Não ter lesões

Não possuir lesões agudas, ou mal cuidadas e em recuperação, é um outro item a se destacar. Este ponto é muito importante pois muitos escaladores pretendem começar a treinar mais forte por causa de uma lesão. O tempo que parar por causa de uma lesão é motivante a muitos, pois querem fazer melhor as coisas.

Mas esta motivação exacerbada pode fazer com que o retorno a um ciclo de treinamento seja antecipado. O seu corpo deve estar em seu melhor estado para treinar e se há que ter ficar parado o tempo necessário de recuperação: Faça!!! Não é o mesmo que alguém que vinha passando por vários ciclos de treinamento e se lesiona no processo.

Um bom treinador sabe como mudar, ou começar novamente, para seguir sem lesões.

7 – Disposição

Estar disposto a realizar uma grande quantidade de exercícios e sequências monótonas e chatas, muitas das quais não terão sentido a princípio.

Há períodos de um treinamento que podem ser seguidamente chatos e deve estar consciente disso.

8 – Paciência

Tenha paciência!!! Durante um treinamento os resultados são de médio a longo prazo. Não pretenda transformar-se em um escalador de 2 ou 3 graus mais forte em um mês se está no mesmo grau faz dois anos.

Não seja ingênuo. Um bom treinamento faz maravilhas, mas não milagres. Portanto para isso deve ter paciência, fazer as coisas direitas e esperar os resultados quando cheguem.

9 – Não acredite em milagre, acredite em trabalho

Não acredite que um treinamento é uma varinha mágica que te fará melhorar de maneira inquestionável. Existem muitos escaladores que começam treinando deficiências técnicas e gestuais intensamente. Isso é somente para mudar os erros comuns, mas pode levar meses (vários até). Além disso, pensar que com um treinamento chegará a conseguir coisas que nunca conseguiu, é um pensamento ingênuo.

Deve, antes de tudo, ser realista e se dar conta que provavelmente não é Adam Ondra, o qual sem treinar chegou a fazer um 12b brasileiro. Se tiver anos de escalada e nunca tiver encadenado um 8a brasileiro, ao começar o seu treinamento deveria ter como objetivo este grau, não um 9c brasileiro.

Um bom treinamento irá tirar o melhor de você, mas isso não significa escalar como os atletas tocados por Deus.

9 – Dê importância a detalhes

Dar a real importância a cada detalhe e aprender a seguir uma ordem natural é um mandamento fundamental. Se reparaste que este é o décimo mandamento, e não o novo como está enumerado, está mais perto de treinar seguindo ciclos.

Treinar é não repetir exercícios uma ou outra vez, pois tudo tem um sentido e um tempo. Por isso repetir algumas sequências uma ou outra vez te empaca e pode, inclusive, te fazer regredir.

10 – Ter um bom treinador

Foto: http://www.floclimbing.com

Treinar a si mesmo é um procedimento ruim. Treinar a si mesmo nunca lhe mostrará suas verdadeiras deficiências nem irá tirar você da sua zona de conforto, o que é imprescindível para a melhora. Isso porque treinar a si mesmo é mentalmente muito cansativo e rapidamente desmotivante, e assim termina fazendo o que quiser, Os ciclos de treinamentos tão ordenadinhos em um papel e planilha nunca se cumprirão. Por outro lado, conseguir um bom treinador de escalada não é nada fácil, ainda mais se quer um personalizado.

Em muitos ginásios é oferecido aulas de escalada e isso não é efetivamente um treinamento de escalada. A todos os clientes é oferecido o mesmo pacote, mas neles não há ciclos individualizados. Por isso, neste caso de aulas, esqueça a ideia de que estará treinando sozinho, pois somente escalará enquanto um professor supervisionar. Um treinador bom enxerga você como um ser individual e sabe que o que necessita a médio e longo prazo.

Por isso um bom treinador não dará conselhos, mas sim obrigará a seguir um ciclo no qual deve seguir com qualidade e ser capaz de ir variando este ciclo e os exercícios em função da sua capacidade e conquistas ao longo do tempo. Um bom treinador não é necessariamente seu amigo. Por isso conseguir um bom treinador é provavelmente o mais difícil dos mandamentos e, pela minha experiência, é a diferença entre progredir de verdade ou fazer exercícios a toa.

Conclusão

Seguramente deve haver mais coisas para pensar antes de treinar, mas estes 10 “conselhos” podem orientar um pouco mais na tomada de decisão de fazer as coisas de maneira mais sistemática e contínua.

Se te desanimou a treinar, talvez tenha lhe aberto ainda mais os olhos e o que necessita é seguir escalando e não apenas treinar, pois assim também evolui.

Tradução autorizada de: http://rocanbolt.com

banner-rocanbolt

Gonzo Rocanbolt é chileno, médico, escalador e indiscutivelmente uns dos mais completos autores de artigos sobre treinamento de escaladores existentes no mundo. Respeitado em todo o mundo é o organizador do Simpósio de Medicina de Montanha no Chile e palestrante de eventos de escalada no Chile, Argentina e Espanha

There are 2 comments

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.