Onde estão as empresas brasileiras que oferecem seguro para escaladores ?

O site U.S. News & World Report divulgou recentemente um ranking com os melhores países para a prática de esportes de aventura e, dentre os 60 destinos avaliados por meio de pesquisa com mais de 16 mil participantes, o Brasil ficou em primeiro lugar.

Mas não há muito o que comemorar quando se busca o essencial para quem pratica esportes de risco no país e fora dele: faltam opções de seguradoras nacionais que cubram esportes como montanhismo e escalada.

As poucas operadoras que dizem oferecer seguro para esportes radicais, de maneira geral, excluem “acidentes provenientes da prática de esportes radicais e notoriamente perigosos”, como paraquedismo, competições esportivas em gelo ou neve, exploração de caverna, alpinismo, etc.

Ou seja, o conceito “esporte radical” das operadoras serve apenas para aqueles de baixo risco.

Foto : http://www.demainjechange.com/

Foto : http://www.demainjechange.com/

Além disso, existe o problema de informações conflitantes, como uma operadora que afirma possuir “uma excelente opção para quem pretende praticar esportes radicais…como alpinismo e trekking”, mas no certificado de aquisição do seguro, cita que não cobre “esportes de risco ou esportes extremos, bem como lesões derivadas…de esportes perigosos, tais como alpinismo, escalada…”.

A conclusão é uma só: se você não lê o contrato linha por linha e sofre uma pequena infecção no ouvido durante a prática de alpinismo, não terá direito a qualquer tipo de assistência.

As condições gerais dos planos oferecidos nem sempre ajudam: citam dezenas de esportes que são ou não são cobertos, mas não todos. Ou seja: para ter certeza, somente conversando com o corretor.

E ainda assim, aquilo que foi dito, mas não escrito, não tem garantia alguma – principalmente no caso de seguros.

Fora todos esses empecilhos, ainda têm aquelas operadoras cujos sites ou links não funcionam corretamente; aquelas que não deixam as condições gerais acessíveis no site e algumas que até respondem nossos e-mails, mas não respondem à pergunta essencial : O seguro de vocês cobre escalada?

Abaixo, a Revista Blog de Escalada indica alguns dos nossos achados para seguro de escalada, montanhismo e resgate em alta montanha.

seguros-viagem-2

Foto : http://backpackeradvice.com/

GTA – Global Service Assistance

Site : http://www.seguroviagem.com.br

Plano: All Sports

  • Destino : América do Sul
  • Valor (2 semanas) : R$ 438,48
  • Assistência médica por acidente: cobertura de até U$$ 18 mil
  • Gastos de busca e salvamento : até U$$ 40 mil
  • Detalhes : O Plano All Sports não cobre Europa. Cobre esportes classificados na modalidade amadora, com exceção de montanhismo com altitude a mais de 6.000 metros.

Plano: Full Sports

  • Destino : América do Sul ou Europa
  • Valor (2 semanas) : R$ 570,78
  • Assistência médica por acidente : cobertura de até U$$ 60.000
  • Gastos de busca e salvamento : não encontrado no documento descritivo
  • Detallhes : O Plano Full Sports cobre “atendimentos pela prática esportiva de caráter competitivo (amador), desde que o esporte seja reconhecido por associação, federação ou comitês e que seja praticado com a utilização de equipamentos de segurança”. A empresa cita caminhadas como modalidade coberta, mas não há menções sobre escalada.
seguros-viagem-4

Foto : https://trekeffect.com

World Nomads

Site : https://www.worldnomads.com

  • Período : 4 semanas
  • Destino : Mundial, exceto Brasil e Estados Unidos
  • Plano Standard : U$$ 97,27
  • Plano Explorer : U$$ 112,27
  • Destino : Mundial, incluindo Brasil e Estados Unidos
  • Plano Standard : U$$ 133,97
  • Plano Explorer : U$$ 150,97

Detalhes : Os esportes cobertos pelo World Nomads dependem do país de residência daquele que contrata o seguro. Para brasileiros, o plano Standard cobre esportes como trekking e bouldering. Já para a cobertura de escalada em rocha ou no gelo, é preciso adquirir o plano Explorer.

Apesar de não cobrir montanhismo, o World Nomads é bem abrangente, além de oferecer cobertura para roubo de equipamentos esportivos no plano Explorer.

Foto : hjttp://alfa-img.com

Foto : hjttp://alfa-img.com

Global Rescue

Site : https://www.globalrescue.com

O Global Rescue é destinado apenas para resgate (não é seguro médico e nem seguro de viagem). Cobre resgate em qualquer altitude e país. Para adquirir o Global Rescue é preciso tornar-se membro, escolher o plano e o prazo de cobertura.

Os valores variam de aproximadamente U$$ 100 a U$$ 700.

Vale lembrar que, ao adquirir um seguro, é preciso deixar de lado aquela nossa mania de não ler contrato. Um simples detalhe ou uma pequena cláusula que passam despercebidos podem se tornar uma dor de cabeça “everéstica”.

Enquanto as seguradoras nacionais não se atentam ao fato de que a escalada está em plena ascensão no Brasil, o que resta é recorrer aos seguros internacionais – e torcer para não ter que acioná-los.

Sobre o Autor

Ellen Neymei

Ellen Neymei

Ellen Neymei é formada em jornalismo, trabalha como professora de inglês e tradutora.

There are 3 comments

  1. Tamara Hernandes

    Ellen, pelo que notei essas classificações de seguros, são bem específicas e atendem somente para períodos em que se está viajando com intuito de praticando esses esportes. Mas acho que é importante lembrar que antes de tudo, somos praticantes não só durante nossas viagens, mas no nosso dia-a-dia.
    No Brasil, para seguro de vida (independente de viagem) tem duas seguradoras ótimas e que cobrem o risco desses esportes. A Prudential e a Mongeral. É um modelo diferente que existe dos seguros convencionais. Existe inclusive um modalidade de seguro que é resgatável. Apesar de ser mais caro, dependendo do perfil de cada pessoa, vale muito a pena porque a pessoa cria uma reserva financeira e se quiser depois pode resgatar. Falo com propriedade não só porque trabalho com esses dois tipos de seguro, mas porque acho fundamental, principalmente para praticantes desses esportes como nós que precisamos ter um seguro caso aconteça alguma coisa! ;)

  2. Aretha Duarte

    As opções que conheço para brasileiros são: GTA, Global Rescue, World Nomads, Porto Seguro Mundo Aventura e Affinity. Todos com diferenças entre as coberturas e serviços, alguns com mais qualidade que outros. Vale a pena consultar operadoras para detalhamento das especificidades. Eu e conhecidos já usamos todos eles e sei um pouco das distinções que existem pré, durante e pós-viagem em relação a cada um deles! Adquirimos seguro para não usar, mas se for necessário queremos o melhor deles!

    1. Ellen Neymei

      Olá Aretha. Obrigada pelo comentário. Realmente, na dúvida o que vale é contatar a seguradora, pois as condições gerais não são lá muito claras. Pelo que li nas condições gerais durante a pesquisa, tanto a Porto Seguro como a Affinity não cobrem esportes de alto risco. Caso você saiba de alguma seguradora nacional que realmente cubra escalada, comente aqui conosco, a colaboração de nossos leitores é sempre bem-vinda.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.