Atleta brasileiro de escalada é destaque em nova série do Olympic Channel

O canal de vídeos Olympic Channel é de propriedade do COI e realiza periodicamente uma série de vídeos a respeito de diversos esportes. O Olympic Channel, lançado em Agosto de 2016, é a plataforma de comunicação e divulgação do Comitê Olímpico Internacional, para que fãs de esporte possam descobrir, experimentar e dividir experiências que os esportes olímpicos proporcionam às pessoas.

A plataforma procura promover a exposição de esportes e atletas 24 horas por dia e é disponível em 11 idiomas e está disponível em todo o mundo com aplicativos para as plataformas Android e iOS e no olympicchannel.com.

Recentemente o Olympic Channel destacou as jovens esperanças de medalhas de cada esporte. .Na ocasião, noticiada em primeira mão pela Revista Blog de Escalada, houve um episódio sobre a escalada intitulado “How a Japanese climbing prodigy masters the Rock of Iwate“, destacando a jornada de Futaba Ito, uma escaladora de 16 anos de idade e campeã mundial juvenil de boulder. O primeiro capítulo da websérie cobriu surf, o segundo skate, o terceiro escalada, o quarto karatê e o quinto baseball.

Desta vez o Olympic Channel está com a nova temporada da série “Hitting The Wall”, duas pessoas vão conhecer o regime de treinamento de cada pessoa que ambiciona a participar dos próximos jogos olímpicos. Cada temporada, assim como acontece em canais de streaming como Netflix e Amazon Prime, possui 12 episódios. No sétimo episódio da série, as apresentadoras Karina e Carmen vão até à Itália, conhecer como é o treinamento de escalada para as olimpíadas. No episódio, é destacado o escalador brasileiro Cesar Grosso, que atualmente vive no país.

O episódio “Hitting the wall” possui pouco menos de 10 minutos, e para assistir ao episódio, acesse: https://www.olympicchannel.com

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.