O uso correto dos pés na escalada – Quando vale mais a técnica do que a força bruta

Por Javier Serratos

Faz pouco mais de uma década seria impossível imaginar o crescimento que teve a escalada ao redor do mundo e nosso país não poderia ser exceção. Hoje em dia o esporte já não está reservado para almas em busca de aventura e em lugares afastados da civilização.

Somente nas  grandes metrópoles existem pelo menos um muro especializado em escalada, isso sem contar todos aqueles que se encontram dentro de ginásios, clubes, escolas, centros comerciais e parques temáticos. Desta maneira a escalada se converteu em uma atividade que se encontra ao alcance de todos.

Mas como todo crescimento acelerado geralmente há coisas que se perdem no caminho. As histórias já não são contadas da mesma maneira e em alguns casos fica comum as pessoas não terem a sorte de começar com o pé direito. Isso porque, sem dúvida, não é o mesmo que começar com o objetivo de cada vez escalar mais forte do que com o objetivo de escalar melhor.

Atualmente as pessoas recorrem duas, ou mais, vezes na semana aos muros de escalada com a clara convicção de treinar em um ambiente controlado e com os aparelhos necessários. Finger board, campus board, centenas de boulders e todo o necessário para ganhar força de dedos e de tração quase que de forma instantânea.

Entretanto são poucas (para não dizer nulas) as ocasiões que se coloca atenção especial em melhorar a técnica, o uso correto dos pés, movimentação corporal e tudo mais que implica gerar a sensação de agilidade ao escalar. Isso porque primeiro deveríamos nos preocupar por escalar melhor, visto que escalar forte é uma consequência.

Asim que abertamente lanço a pergunta : quando foi a última vez que treinou o uso correto dos pés na escalada ?

Ok temos uma vaga ideia de como será a resposta. por isso começaremos a dar algumas dicas básicas para levar a sua técnica de escalada a um nível superior, sem necessariamente estar mais forte.

1 – Utilize calçado adequado

Foto : freeman.com.mx

Para que o resultado de pisar bem surta efeito, é muito importante que utilize o calçado correto para a sua atividade. Sem dúvida não é o mesmo (nem serve igualmente) que uma sapatilha para vias de várias enfiadas de grau baixo que um outro desenhado para boulder em negativos fortes.

Faça a seleção correta de acordo com seus projetos de escalada, nível de experiência, tipo de pé e, obviamente, seu objetivo.

2 – Número, ajuste e conservação

O calçado de escalada é diferente de qualquer outro tipo de calçado. Seu desenho é muito especializado e para tirar todas as vantagens que ele oferece, devemos utiliza-lo de forma correta.

Frouxo não serve, mas apertadíssimo estrangulando seus pés também não. A sapatilha de escalada deve estar justa (nunca folgada), caso contrário não serve.

É muito importante que esteja em boas condições de uso.

3 – Primeiro fácil, para fazer direito

Foto : freeman.com.mx

Comece realizando escaladas em um nível de dificuldade acessível. Desta maneira poderá focar grande parte de sua atenção no uso correto dos pés e movimentação do seu corpo.

Conforme sinta que esteja progredindo em sua técnica, comece a aplicá-la em escaladas de maior dificuldade. A transição da técnica a vias com graus mais complexos é gradual, não de desespere.

4 – Agachamentos em vez de barras

Foto : freeman.com.mx

Procure transferir a responsabilidade de seu peso às pernas, incluindo em escaladas negativas ou tetos. Imagine que seus pés se antecipem ao esforço dos braços para que, desta maneira, vá empurrando com as pernas em vez de utilizar os braços.

Podemos caminhar durante horas, mas plantando bananeira não avançamos nenhum metro. Por isso aproveite a força das suas pernas !

5 – Não se trata de estar forte, mas de usar a força adequada

Foto : http://tooutdoorsandbeyond.weebly.com

Economize sua força e energia. Conforme vá progredindo, utilize unicamente a força necessária de seus dedos, mãos e braços para fazer cada movimento.

Deixe que os pés façam o maior esforço e permita que os braços faça somente a força necessária. Não esprema as agarras, coloque a força onde está pisando.

Tradução autorizada de : http://www.freeman.com.mx

Banner_freeman

Sobre o Autor

Raul Freeman Morales

Raul Freeman Morales

Freeman é o mais importante site sobre escalada e esportes de montanha do México e organiza o mais assistido festival de filmes outdoor da América Latina

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.