O que é Gore-Tex, WindStopper e similares

Tido como parâmetro de qualidade em muitos equipamentos outdoor, o Gore-Tex (também conhecido como GTX) ainda é um enigma para muitos usuários, especialmente no momento de decidir se vale a pena pagar mais caro por calçados e/ou indumentária com esta tecnologia

Uma definição rápida e direta sobre o que é a tecnologia Gore-Tex é: uma membrana que permite seu corpo respirar mesmo sob uma superfície impermeável.gore-tex_2

Esta membrana, criada e desenvolvida pela empresa “W. L. Gore and Associates“, é feita de teflon expandido (ePTFE ou Politetrafluoretileno expandido) e em sua superfície possui micro poros que são milhares de vezes menor que a de uma gota de água, as maiores que maiores que moléculas de vapor.

Esta membrana com micro poros possui dois lados: interno (o seu corpo) e externo (o meio ambiente).

A característica principal do Gore-Tex é que no lado externo a entrada de água é bloqueada (tornando a superfície impermeável) e o vapor emanado do lado interno saia sem problemas. Com isso torna-se aplicável o adjetivo “respirável” à membrana.

Foto: http://www.gore-tex.com

Foto: http://www.gore-tex.com

A partir da aplicação desta membrana em um tecido, permite com que seja desenvolvido calçados e roupas resistentes à água, e respiráveis. Sendo respirável um calçado ou roupa não causará sensação de desconforto (a sensação de sufocamento é uma delas) pela não evaporação do suor.

A partir desta inovação, um fabricante poderá utilizar Gore-Tex em uma jaqueta com distintos tecidos (desde poliéster até poliamida) podendo posteriormente lamina-los com a membrana, minimizando assim a necessidade de uma jaqueta possuir uma grande espessura para impermeabiliza-la, por exemplo.

Como há a necessidade de pagamento extra à empresa criadora da membrana, o que explica o preço mais caro de todo e qualquer produto com a tecnologia.

Foto: Goretex.com

Foto: Goretex.com

Qual a vantagem de um produto com Gore-Tex

Um equipamento como uma bota, por exemplo, que consegue “expulsar” os vapores da sudorese comum a quem está realizando exercícios físicos é fundamental para o bom desempenho do usuário.

Durante um trekking o qual enfrenta-se um frio intenso (como por exemplo 5ºC) previne-se por exemplo de um princípio de hipotermia além de bolhas no pé, pois os mesmos não ficam empapados em suor não evaporado.

O mesmo acontece com jaquetas, e/ou outro tipo de indumentária, que mesmo em temperaturas não tão baixas causar sensação de sufocamento, fazendo com que utilizando uma jaqueta em uma chuva ficarmos molhados  o próprio suor que não evaporizou.

A empresa possui três tipos de Gore-Tex impermeabilizantes e respiráveis comercializado livremente

GORE-TEX® Pro Shell

outerwear_proshell_benefits

Foto: http://www.gore-tex.com

Versão mais resistente e transpirável dos tecidos impermeáveis da Gore, destinado para uso prolongado em condições extremas.

As roupas dessa categoria foram concebidas para atenderem às necessidades dos profissionais e entusiastas ferrenhos que atuam em condições extremas e conta com a mais avançada tecnologia.

  • Prova d’água: Resiste uma pressão superior a 40 PSI.
  • Transpirabilidade (método Hohenstein): Abaixo de 6 Ret (típico é 4)
  • Totalmente a prova de vento.

GORE-TEX® Performance Shell

gore-tex_performance-shell2Ideal para uma infinidade de atividades ao ar livre com fins esportivos e recreativos, cobrindo uma gama de atividades outdoor enorme.

  • Prova d’água: Resiste uma pressão superior a 40 PSI.
  • Transpirabilidade 2L (método Hohenstein): Abaixo de 10 Ret (típico é 5,5)
    Transpirabilidade 3L (método Hohenstein): Abaixo de 13 Ret (típico é 8)
  • Totalmente a prova de vento.

GORE-TEX® Paclite Shell.

Versão mais leve e compactável da família de produtos a prova d’água e transpirável.

Muito transpirável é ideal para situações onde o peso e volume são críticos, mas não tem a mesma resistência do Pro Shell.

Prova d’água: Resiste uma pressão superior a 40 PSI.

  • Transpirabilidade 2L (método Hohenstien): Abaixo de 4,5 Ret (típico é 4)
    Transpirabilidade 3L (método Hohenstien): Abaixo de 6 Ret (típico é 3,5 a 4)
  • Transpirabilidade (método JIS L-1099 B1): Mais de 25.000g de vapor d’água/m²/24 horas.
  • Totalmente a prova de vento.

WindStopper

windstopper-brasil

Foto: http://www.gore-tex.com/

O produto conhecido como WindStopper pode ser considerado o primo do Gore-Tex.

Sendo desenvolvido pela mesma empresa criadora da membrana respirável e impermeável, possui as mesmas propriedades do Gore-Tex, mas não é impermeável, somente bloqueando a entrada de ventos mas permitindo a saída de vapores.

A grosso modo o WindStopper é um impermeabilizador de ventos, e por não ter a propriedade de ser impermeabilizante à água possui uma boa contrapartida: é mais respirável do que o Gore-Tex.

Entretanto são considerados com a propriedade DWR (Durable Water Repelent), que significa ser resistente à água.

Usando um termo não tão retórico, significa que algumas poucas gotas, ou uma garoa fraca o produto resiste à entrada de água. A grande vantagem do produto, entretanto,  é permitir que em dias de frio e vento, porém sem chuva, um tecido ter tratamento com a membrada e possibilitar o conforto térmico do usuário.

Usado largamente em casacos do tipo de softshell é considerado o mais indicado para quem executa atividades de alta intensidade aeróbica, mas que não seja necessário o uso de indumentária impermeabilizante.

Similares

Com o passar do tempo, outras empresas buscaram equivalentes ao Gore-Tex, abaixo estão listados os principais e mais populares:

1 –  SympaTex 

sympatex_brasilO SympaTex é pouco conhecido do público brasileiro, mas possui boa fatia de mercado no exterior, muito por possuir propriedades similares ao Gore-Tex.

Sua linha de produtos HigH2Out; Reflexion; Phaseable; e Airflow, também tem como público alvo os entusiastas de esportes de natureza

Como diferencial da Gore-Tex possui uma linha Airflow é totalmente voltado para calçados esportivos como botas e tênis.

2 – Polartec

polartecA empresa Polartec também desenvolveu a sua tecnologia de impermeabilidade com respiração e a batizou de NeoShell, e vem ao longo do tempo alardeando que seu produto é superior ao Gore-Tex.

Por conta de suas propriedades similares foi rapidamente adotada em linhas de jaquetas das marcas MarmotNorth Face Mammut.

3 – OmniDry e OutDry

columbia_outdryPor outro lado, algumas grandes empresas como a Columbia investiu em tecnologia proprietária, criando a OmniDry, com o claro objetivo de minimizar custos, e assim ganhar competitividade.

A Columbia ainda possui uma subsidiária italiana OutDry, que colabora com a omnidry_brasilprodução de mais tecnologias de impermeabilização, além de apelar à comunidade europeia para um incentivo que permitisse outras empresas competissem com a Gore-Tex e assim inibir algumas práticas consideradas predatórias.

4 – eVent

event_brasilNo final da década de noventa a pequena empresa BHA Group criou uma película muito similar em desempenho ao Gore-Tex batizada de eVent, e que “mordeu” grande fatia da Gore-Tex à época.

Tecnologias próprias de empresa de equipamentos

Na mesma linha marcas procuram criar membranas impermeáveis e respiráveis na tentativa de baratear os produtos finais como por exemplo:

  •  North Face possui a sua HyVent hyvent_brasil
  • Patagonia desenvolveu sua H2No
  • Marmot’s criou a MemBrain.

patagoniaMuitas marcas procuram, portanto, alternativas à não utilizar Gore-Tex e assim baratear os custos de cada produto, mas entretanto ainda não possuem a eficiência em alto nível.membrain

Longe do uso extremo de cada equipamento estas tecnologias se equivalem, sendo uma boa opção a quem necessita um equipamento não tão técnico e com qualidade razoável.

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.