O que é Gore-Tex, WindStopper e similares

Tido como parâmetro de qualidade em muitos equipamentos outdoor, o Gore-Tex (também conhecido como GTX) ainda é um enigma para muitos usuários, especialmente no momento de decidir se vale a pena pagar mais caro por calçados e/ou indumentária com esta tecnologia

Uma definição rápida e direta sobre o que é a tecnologia Gore-Tex é: uma membrana que permite seu corpo respirar mesmo sob uma superfície impermeável.gore-tex_2

Esta membrana, criada e desenvolvida pela empresa “W. L. Gore and Associates“, é feita de teflon expandido (ePTFE ou Politetrafluoretileno expandido) e em sua superfície possui micro poros que são milhares de vezes menor que a de uma gota de água, as maiores que maiores que moléculas de vapor.

Esta membrana com micro poros possui dois lados: interno (o seu corpo) e externo (o meio ambiente).

A característica principal do Gore-Tex é que no lado externo a entrada de água é bloqueada (tornando a superfície impermeável) e o vapor emanado do lado interno saia sem problemas. Com isso torna-se aplicável o adjetivo “respirável” à membrana.

Foto: http://www.gore-tex.com

Foto: http://www.gore-tex.com

A partir da aplicação desta membrana em um tecido, permite com que seja desenvolvido calçados e roupas resistentes à água, e respiráveis. Sendo respirável um calçado ou roupa não causará sensação de desconforto (a sensação de sufocamento é uma delas) pela não evaporação do suor.

A partir desta inovação, um fabricante poderá utilizar Gore-Tex em uma jaqueta com distintos tecidos (desde poliéster até poliamida) podendo posteriormente lamina-los com a membrana, minimizando assim a necessidade de uma jaqueta possuir uma grande espessura para impermeabiliza-la, por exemplo.

Como há a necessidade de pagamento extra à empresa criadora da membrana, o que explica o preço mais caro de todo e qualquer produto com a tecnologia.

Foto: Goretex.com

Foto: Goretex.com

Qual a vantagem de um produto com Gore-Tex

Um equipamento como uma bota, por exemplo, que consegue “expulsar” os vapores da sudorese comum a quem está realizando exercícios físicos é fundamental para o bom desempenho do usuário.

Durante um trekking o qual enfrenta-se um frio intenso (como por exemplo 5ºC) previne-se por exemplo de um princípio de hipotermia além de bolhas no pé, pois os mesmos não ficam empapados em suor não evaporado.

O mesmo acontece com jaquetas, e/ou outro tipo de indumentária, que mesmo em temperaturas não tão baixas causar sensação de sufocamento, fazendo com que utilizando uma jaqueta em uma chuva ficarmos molhados  o próprio suor que não evaporizou.

A empresa possui três tipos de Gore-Tex impermeabilizantes e respiráveis comercializado livremente

GORE-TEX® Pro Shell

outerwear_proshell_benefits

Foto: http://www.gore-tex.com

Versão mais resistente e transpirável dos tecidos impermeáveis da Gore, destinado para uso prolongado em condições extremas.

As roupas dessa categoria foram concebidas para atenderem às necessidades dos profissionais e entusiastas ferrenhos que atuam em condições extremas e conta com a mais avançada tecnologia.

  • Prova d’água: Resiste uma pressão superior a 40 PSI.
  • Transpirabilidade (método Hohenstein): Abaixo de 6 Ret (típico é 4)
  • Totalmente a prova de vento.

GORE-TEX® Performance Shell

gore-tex_performance-shell2Ideal para uma infinidade de atividades ao ar livre com fins esportivos e recreativos, cobrindo uma gama de atividades outdoor enorme.

  • Prova d’água: Resiste uma pressão superior a 40 PSI.
  • Transpirabilidade 2L (método Hohenstein): Abaixo de 10 Ret (típico é 5,5)
    Transpirabilidade 3L (método Hohenstein): Abaixo de 13 Ret (típico é 8)
  • Totalmente a prova de vento.

GORE-TEX® Paclite Shell.

Versão mais leve e compactável da família de produtos a prova d’água e transpirável.

Muito transpirável é ideal para situações onde o peso e volume são críticos, mas não tem a mesma resistência do Pro Shell.

Prova d’água: Resiste uma pressão superior a 40 PSI.

  • Transpirabilidade 2L (método Hohenstien): Abaixo de 4,5 Ret (típico é 4)
    Transpirabilidade 3L (método Hohenstien): Abaixo de 6 Ret (típico é 3,5 a 4)
  • Transpirabilidade (método JIS L-1099 B1): Mais de 25.000g de vapor d’água/m²/24 horas.
  • Totalmente a prova de vento.

WindStopper

windstopper-brasil

Foto: http://www.gore-tex.com/

O produto conhecido como WindStopper pode ser considerado o primo do Gore-Tex.

Sendo desenvolvido pela mesma empresa criadora da membrana respirável e impermeável, possui as mesmas propriedades do Gore-Tex, mas não é impermeável, somente bloqueando a entrada de ventos mas permitindo a saída de vapores.

A grosso modo o WindStopper é um impermeabilizador de ventos, e por não ter a propriedade de ser impermeabilizante à água possui uma boa contrapartida: é mais respirável do que o Gore-Tex.

Entretanto são considerados com a propriedade DWR (Durable Water Repelent), que significa ser resistente à água.

Usando um termo não tão retórico, significa que algumas poucas gotas, ou uma garoa fraca o produto resiste à entrada de água. A grande vantagem do produto, entretanto,  é permitir que em dias de frio e vento, porém sem chuva, um tecido ter tratamento com a membrada e possibilitar o conforto térmico do usuário.

Usado largamente em casacos do tipo de softshell é considerado o mais indicado para quem executa atividades de alta intensidade aeróbica, mas que não seja necessário o uso de indumentária impermeabilizante.

Similares

Com o passar do tempo, outras empresas buscaram equivalentes ao Gore-Tex, abaixo estão listados os principais e mais populares:

1 –  SympaTex 

sympatex_brasilO SympaTex é pouco conhecido do público brasileiro, mas possui boa fatia de mercado no exterior, muito por possuir propriedades similares ao Gore-Tex.

Sua linha de produtos HigH2Out; Reflexion; Phaseable; e Airflow, também tem como público alvo os entusiastas de esportes de natureza

Como diferencial da Gore-Tex possui uma linha Airflow é totalmente voltado para calçados esportivos como botas e tênis.

2 – Polartec

polartecA empresa Polartec também desenvolveu a sua tecnologia de impermeabilidade com respiração e a batizou de NeoShell, e vem ao longo do tempo alardeando que seu produto é superior ao Gore-Tex.

Por conta de suas propriedades similares foi rapidamente adotada em linhas de jaquetas das marcas MarmotNorth Face Mammut.

3 – OmniDry e OutDry

columbia_outdryPor outro lado, algumas grandes empresas como a Columbia investiu em tecnologia proprietária, criando a OmniDry, com o claro objetivo de minimizar custos, e assim ganhar competitividade.

A Columbia ainda possui uma subsidiária italiana OutDry, que colabora com a omnidry_brasilprodução de mais tecnologias de impermeabilização, além de apelar à comunidade europeia para um incentivo que permitisse outras empresas competissem com a Gore-Tex e assim inibir algumas práticas consideradas predatórias.

4 – eVent

event_brasilNo final da década de noventa a pequena empresa BHA Group criou uma película muito similar em desempenho ao Gore-Tex batizada de eVent, e que “mordeu” grande fatia da Gore-Tex à época.

Tecnologias próprias de empresa de equipamentos

Na mesma linha marcas procuram criar membranas impermeáveis e respiráveis na tentativa de baratear os produtos finais como por exemplo:

  •  North Face possui a sua HyVent hyvent_brasil
  • Patagonia desenvolveu sua H2No
  • Marmot’s criou a MemBrain.

patagoniaMuitas marcas procuram, portanto, alternativas à não utilizar Gore-Tex e assim baratear os custos de cada produto, mas entretanto ainda não possuem a eficiência em alto nível.membrain

Longe do uso extremo de cada equipamento estas tecnologias se equivalem, sendo uma boa opção a quem necessita um equipamento não tão técnico e com qualidade razoável.

Formado em Engenharia Civil e Ciências da Computação, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.