O duro karma de quem abre vias de escalada

Abrir vias de escalada é uma tarefa que poucas pessoas reconhecem o verdadeiro valor.

Quando alguém que se dedica a isso começa a ser apreciado pelo seu trabalho, a sua popularidade sem dúvida cresce.

caio-comix-agosto-2

caio_comix_banner

O título de um livro de Jacques Séguéla diz : “Não diga a minha mãe que eu fazer publicidade. Ela pensa que sou pianista em um bordel”. Desde que eu não sei como tocar piano, se viu fazendo publicidade” no Armando Testa em Turim e depois designer gráfico e diretor de criação do Departamento de Comunicação Fila Esporte em Biella … Ambos os casos sob o pseudônimo de Claudio Getto….. Freeclimber de nível modesto, mas prolífico-prego (Cerca de 1.000 vias no ginásio Traversella Valchiusella, Piemonte) tenta transformar em cartoon a curiosidade, o espírito crítico e humor que eu sempre acompanhada …

There is one comment

  1. Pedro

    Admiro muito quem se dedica a conquista de vias, sei da dificuldade e do empenho que muitos passam, desde as vias mais fáceis até as mais técnicas, da adrelanina e do veneno, críticas sempre haverá, mas uma coisa que me mantém abrindo mais vias, é saber que o trabalho está sendo reconhecido. E isso é estímulo para continuar.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.