Motorhome: Quais são as mais belas estradas para uma road-trip na América do Sul

Viajar é um privilégio que toda e qualquer pessoa devia usufruir. O formato da viagem, além do estilo, é dependente dos meios de transporte e recursos de cada pessoa. Procurando reunir o melhor de todos os estilos a construção de um motorhome é cada vez mais indicado para quem planeja por o pé na estrada e usufruir da sua casa sobre rodas.

Muitas pessoas gostam de fazer uma road-trip (viajar de carro longas distâncias) para aproveitar a paisagem e conseguir acumular experiências pessoais ao longo do caminho.

Na América do Sul é possível com o um carro visitar locais conhecidos no mundo inteiro e, infelizmente, pouco valorizados por nós sul-americanos. Se você tem curiosidade de saber o que pode conhecer de locais dirigindo está listado abaixo as estradas mais famosas da América do Sul.

Transpantaneira (MT-060) – Brasil

Tem curiosidade de conhecer um dos mais belos e únicos cenários do Brasil? Coloque o Mato Grosso no seu roteiro de viagens de carro. A estrada conhecida como Transpantaneira, tecnicamente conhecida como MT-060, que liga a cidade de Poconé-MT e Porto Jofre (divisa dos estados do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul). A rodovia MT-060 é toda em estrada de terra e, em certas épocas do ano, fica intransitável por ficar alagada.

Apesar de curta (145 km de extensão total) é possível admirar o que muitos conhecem somente nos livros de geografia: Pantanal mato-grossense. Na rodovia é possível avistar vários animais selvagens como aradas, garças, capivaras, jacarés, veados campeiros, etc.

Para realizar o passeio é obrigatório assegurar estadia nas pousadas instaladas ao longo da rodovia.

Rodovia Pan-americana (Ruta Panamericana) – Américas

Para quem gosta de percorrer grandes distâncias a Rodovia Pan-americana (Ruta Panamericana), que começa na Colômbia e se estende até o Sul do Chile, é a escolha perfeita. Quem dispõe de vários meses para aproveitar uma road-trip, geralmente opta por percorrê-la. A rodovia, entretanto é dividida em duas partes:

Esta “divisão”, por causa do Canal do Panamá, faz com que a rodovia varie de 24.000 km a 48.000 km. É importante observar que há uma brecha de 90 km na zona de matas tropicais na fronteira ente Colômbia e Panamá.

Todo o percurso é asfaltado, porém alternando bastante de qualidade em alguns trechos.

Estrada do Pacífico (Ruta Interoceánica) – Peru/Brasil

A Estrada do Pacífico corta todo o Peru e parte do Brasil e tem o objetivo de ser a união do Oceano Pacífico e Atlântico. A rodovia é perfeita para conhecer a diversidade de etnias da América do Sul. Localidades como Arequipa e Cusco, no Peru, São Paulo e Cuiabá, no Brasil estão na rota desta estrada.

Parte da Estrada do Pacífico é identificada como BR-317, quando dentro do território brasileiro e no Peru é chamada de “Carretera Interoceánica”.

Grande parte da rodovia é asfaltada e pode ser percorrida em qualquer época do ano.

Ruta Interbalnearia – Uruguai

Para o público ligado ao mar a melhor pedida é conhecer a costa uruguaia, considerada uma das mais bonitas do continente (depois do Brasil, claro). O Uruguai possui aproximadamente 500 km de extensão de costa e possui na Ruta de La Costa seu maior expoente e atrativo turístico. A estrada começa na cidade Montevidéu e chega até Chuy.

Pela estrada é possível visitar cidades uruguaias como Cabo Polonio, Piriápolis, Punta del Este e a capital Montevidéu.

Ruta Nacional 40 – Argentina

A Ruta Nacional 40 da Argentina é considerada um dos, senão o maior, clássico em termos de road-trip na América do Sul. Pela quantidade de atrativos que esta rodovia possui não fica devendo em nada a clichês popularescos como a Rota 66 nos EUA.

Quem conhece o percorrido sabe que os atrativos da estrada americana são inferiores aos existentes na estrada argentina. A estrada corta o país de norte a sul começa em La Quiacá, cidade próxima à Bolívia, e termina no Estreito de Magalhães.

No total são 5.000 km de extensão e cruza um total de 11 estados argentinos (conhecido como províncias), sendo possível conhecer três regiões distintas de natureza:

Na estrada, se percorrida em sua totalidade, é possível visualizar maravilhas da natureza como Perito Moreno, vinícolas de Mendoza e San Juan, empanadas de Salta, e a natureza de Tucumán, Catamarca e Jujuy.

Carretera Austral – Chile

A Carretera Autral é outro clássico sul-americano das roa trips. Junto da Ruta 40 na Argentina, é considerada uma dos percursos mais bonitos do mundo que pode ser feito de carro. Os mais de 1.000 km de extensão começam em Villa O´Higgins e termina em Puerto Montt.

Na estrada é possível vislumbrar montanhas nevadas de longe e paisagens típicas do “fim do mundo”.

Estrada Real – Brasil

A Estrada Real, também denominada estrada histórica, foi construída em caminhos abertos no século XVII durante o garimpo de diamantes e ouro.

A estrada liga a cidade de Paraty-RJ a Ouro Preto-MG e possui 1.400 km. Túneis, chafarizes e fazendas que foram transformadas em confortáveis meios de hospedagem que fazem parte da paisagem típica dos séculos XVIII e XIX .

O caminho passa por 179 municípios de três estados:

  • Minas Gerais: 163
  • Rio de Janeiro: 8
  • São Paulo: 8

Rodovia SC-390 – Brasil

A rodovia estadual SC-390 corta a Serra do Rio do Rastro, é uma das serras de Santa Catarina no sul do estado. Com muitas matas e cachoeiras, é um dos cartões-postais do estado e liga o Sul Catarinense, Serra e Oeste do estado.

No alto da Serra do Rio do Rastro é possível visitar o mirante de Bom Jardim da Serra, que fica a 1.467 metros de altitude e possibilita uma visão única da região. Durante o trecho de serra possui muitas curvas fechadas e é coberta pela mata Atlântica.

Elisabet de Marco é Design Researcher, apaixonada por viajar e fazer trilhas a pé e de Mountain Bike, já fez mochilão pela Patagônia Argentina, Peru, Bolívia, Brasil e Uruguai.

There are 2 comments

    1. Luciano Fernandes

      Oi Kelly

      Obrigado pela sua mensagem.

      O texto foi feito após uma rápida pesquisa e sim, pode ser feito com Motorhome de tamanho pequeno. Alguns motorhomes montados em cima de ônibus não poderia percorrer a transpantaneira por exemplo. O melhor modelo par fazer a viagem, e que foi levado em conta para fazer o artigo, é aquele construído em cima de um furgão (campervan).

      Documentação depende de país para país. Portanto para cada país há uma exigência diferente. Cada uma delas deve ser feita diretamente com o consulado/embaixada do país. Entrando em contato com eles voc~e receberá a informação correta. Há lugares que pede certidões e outros não. Por isso o melhor é informar. Pois as regras mudam todo o tempo

      Abs

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.