Montanhista morre ao fazer trilha no Rio Grande do Sul

Montanhista morre

Foto: http://www.conquistamontanhismo.com.br

O montanhista Ricardo Baltazar, conhecido pelo apelido de “Rato”, foi encontrado morto no Cânion de Malacara, no estado brasileiro do Rio Grande do Sul.

Baltazar era conhecido, e reconhecido, por ser um montanhista experiente, tendo em seu currículo vários cumes na América do Sul.

Montanhista morre

Foto: http://www.conquistamontanhismo.com.br

O montanhista Ricardo Baltazar trabalhava no estado do Rio Grande do Sul como guia de montanha, e foi dado como desaparecido desde a última quarta feira 6 de agosto de 2014.

Segundo comunicado oficial da Polícia Civil gaúcha, foi aberto inquérito policial para averiguação dos fatos e determinar a causa da morte de Ricardo Baltazar.

O gaúcho “Rato” tinha verdadeira paixão pela Patagônia onde passou várias temporadas realizando escaladas difíceis obtendo reconhecimento da mídia especializada de montanhismo, como seus cumes no Cerro Torre e Fitz Roy, chegando inclusive a morar certo tempo em “El Chalten”

Ricardo Baltazar nasceu em Torres-RS em 1981, e era um dos grandes nomes do montanhismo gaúcho.

Local do Acidente

O Cânion de Malacara é pouco conhecido pelo público iniciante e turistas ocasionais, possui 3,5 km de extensão e profundidade de 700 metros em média, sua visitação só pode ser feita com o acompanhamento de um guia credenciado.

O início da trilha fica distante 23 km de Cambará do Sul tendo trajeto de mais 22 km (ida e volta).

O corpo reconhecido pela família apresentava corte profundo no crânio, que levanta suspeitas de queda acidental por parte do montanhista.

Montanhista morre

Foto: Orlei Júnior

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.