Marmolejo : O último 6 mil da Cordilheira dos Andes seria mais técnico que o Aconcágua?

O Cerro Marmolejo (6.108 m) fica na fronteira entre Argentina e Chile e está a nove quilômetros de um outro vulcão ativo, o San José (5.856 m). Marmolejo é conhecido como o “último” 6.000 dos andes por ser pico desta altura mais ao sul do mundo.

Por possuir um glaciar extenso, com profundidades que chegam a 20 km, é uma das grandes atrações a montanhistas e é chamado pelos praticantes de trekking e montanhistas de “Muy muy lejos”, brincadeira esta devido a sua distância de aproximação até o cume.

Marmolejo

Foto : Freddy Duclerc

O Marmolejo é uma montanha vulcânica composta por uma grande estrutura, a qual foi gerada por erupções datadas de dois milhões de anos.

Suas paredes superam 2.000 metros, que pode ser observada pela sua parede Norte (que cai desde seu cume). No lado argentino tem uma cratera, a qual é cheia de camadas de gelo que descansam ha muitos anos.

Foto : Freddy Duclerc

Por que Marmolejo ?

MarmolejoA palavra “Marmolejo” significa em castelhano “pequena coluna”. Curiosamente a montanha não apresenta nenhum indício de possuir a forma de uma coluna. Caso tenha sido desta maneira não seria, de maneira nenhuma, pequena.

Por este motivo há diversos estudos de historiadores a respeito deste fato.

Alguns destes estudos concluiu que Marmolejo foi batizado em honra a Alonso de Góngora Marmolejo, um conhecido historiador do Chile. O sobrenome é também de uma cidade espanhola que fica na região de Andaluzia, a qual Alonso era nascido.

A primeira ascensão do Marmolejo foi realizada a partir do território chileno 1943, pela tradicional “cordada de oro” por Krahl, Bachmann e Fergadiot. Todos integrantes do Clube Alemão Andino de Santiago.

Características da montanha

Por ser a travessia do Marmolejo ter características de montanhismo avançado, com técnicas de média e alta montanha, com inclinações acima de 45° durante todo o trajeto não uma ascensão indicada para iniciantes.

A possibilidade de encontrar ventos fortes, com possibilidades de neve e chuvas durante a ascensão, fazem da montanha uma das mais técnicas dentre as de 6.000 de altitude da Cordilheira dos Andes.

Marmolejo

Foto : Freddy Duclerc

A logística para subir o Marmolejo não é simples, pois deve-se fazer camping em lugares determinados (não podem ser feitos em qualquer lugar) com equipamento que resista a ventanias desafiadoras com velocidades que podem chegar a 60 km/h.

Chegar do Marmolejo  exige condicionamento físico e, acima de tudo paciência. Quem tem a oportunidade de chegar ao seu cume tem o privilegio de apreciar a curvatura da terra e uma vista panorâmica dos diversos vales em direção a parte argentina.

Marmolejo

Foto : Freddy Duclerc

Mais técnico que o Aconcágua?

Medir dificuldades de uma montanha fica implícito várias variáveis de um montanhista. Fatores como experiência, força física, equipamento, tempo (neve + chuva + vento + temperatura), etc, influenciam, e muito, na experiência de subir o Marmolejo.

O mais correto, caso fosse comparar a montanha com o Aconcágua, seria enumerar as habilidades técnicas que são exigidas na subida de ambas. Desta maneira o Marmolejo é uma subida mais técnica que o Aconcágua.

Marmolejo

Foto : Freddy Duclerc

Importante destacar que o Marmolejo ser mais técnico não significa dizer que é mais difícil, ou ais fácil, que o Aconcágua.

Mas me arrisco a dizer que é uma das montanhas ideais a quem deseja um treinamento adequado para subir ao teto das Américas.

Marmolejo

Foto : Freddy Duclerc

Por possuir condições particulares de subida, que exige um deslocamento de 40 km (entre ascensão e descenso) desde Ponte Inconcluso até o cume do Marmolejo (6.108 m).

Toda a aventura, contando ida e volta, são oito dias. Não há neste caminho nenhum Campo Base avançado.

banner-freddy-duclerc

Sobre o Autor

Freddy Duclerc

Freddy Duclerc

Freddy Duclerc é Montanhista e líder das Expedições em Alta montanha e Travessias na América do Sul. Também realiza “Treinamento e Palestras” em liderança, motivação, planejamento e vivencia em ambiente inóspito. Possui Graduação, Pós Graduação e MBA em Marketing, Gestão de Negócios e
Administração de Empresas. Tem como missão ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos, motivando e mostrando os caminhos possíveis nas montanhas de nossa América do Sul

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.