Mãos e dedos esfolados: Quais são os remédios naturais para recuperar a pele

Quem pratica qualquer modalidade esportiva que exija muito as mãos, como Crossfit e escalada, vez ou outra tem a mãos esfoladas. No mercado existem várias marcas de produtos que buscam explorar este segmento. Algumas de qualidade, outras nem tanto. Se estes produtos são placebo, ou não, cabe às pessoas que o utilizam descobrir e dizer o que sentiram.

Se vale uma observação sobre estes produtos, segundo os médicos consultados, se estes cremes auxiliassem na cicatrização da mesma maneira que anunciam, já teriam sido adotados como padrão por toda indústria cosmética e amplamente aplicado por dermatologistas. Para saber como tratar a pele da mão esfolada, leia artigo exclusivo realizado por um médico sobre o assunto.

Usando creme ou não, as feridas na pele é dos dedos e mãos fazem parte da vida de atletas. Não somente dos dedos e mãos, mas também em joelhos, cotovelos e outras partes do corpo. Algumas destas esfoladas tornam-se calos que às vezes impedem o desenvolvimento natural no esporte.

Uma boa alternativa para quem procura curar as enfermidades, como mãos e dedos esfolados, é também procurar remédios naturais. Afinal, se existe um remédio natural, que cresce normalmente pela natureza, por que pagar por algo industrializado que utiliza o mesmo elemento?

Conheça abaixo seis plantas que podem fazer perfeitamente o papel de cicatrizando para a pele de seus dedos e mãos.


Calêndula

Existem dois tipos de calêndula : Calendula officinalis e Matricaria chamomilla. Ambas possui poder cicatrizante além de anti-inflamatório, digestivo e muitos outros. O uso externo é indicado para inflamações, lesões, contusões e queimaduras.

A calêndula é nativa da África central e foi trazida e disseminada ao Brasil nos meados do século XVIII.

As partes usadas da calêndula são suas folhas, flores e caules para fazer chá, infusão, banhos, pomada, cataplasma e tinturas. A melhor forma de tratar suas mãos e dedos esfolados é amassar folhas e flores da calêndula em uma gaze e pôr em cima da ferida, deixando atuar durante 30 minutos.


Babosa

A babosa é conhecida cientificamente como Aloe succotrina e Aloe vera. São nativas do norte de África. A babosa tem o poder de acelerar a cura de problemas de pele como picadas de inseto, erupções cutâneas, feridas, cortes e arranhões e acne. A babosa na pele atua como um hidratante natural.

Para preparar o seu creme natural de tratamento de pele esfolada, basta usar uma folha de babosa, cortada no meio e retirar o gel transparente do interior.

Coloque o gel retirado em um recipiente limpo e adicione o óleo de coco e misture até criar uma pasta lisa. Aplique esta mistura sobre a pele previamente lavada.


Centelha asiática

Também conhecida por Centelha asiática, Centela ou Gotu kola é utilizada para tratar deferentes problemas de pele. É muito conhecida no leste europeu e em muito países da América do Sul, a centelha asiática é uma planta originária do Brasil.

Em um frasco misture:

  • Base gel
  • 2 gramas de cânfora
  • 1 grama de mentol
  • 30 gramas de extrato natural (obtidos através da infusão e redução do chá) de centelha asiática
  • 15 ml de água destilada

Basta misturar todos os ingredientes e guardar em um frasco bem vedado. Para utilizar, basta aplicar o gel, fazendo massagem em movimentos circulares por alguns minutos.


Erva baleeira

A erva baleeira (Cordia verbenacea) é uma planta nativa da mata atlântica, utilizada pelas populações nativas do litoral brasileiro como cicatrizante e anti-inflamatório.

A receita mais antiga sobre o uso da erva baleeira é bem simples: um punhado de folhas frescas, limpas e picadas, se coloca em uma garrafa escura. O volume total se completa com água e álcool, em iguais proporções.

Deixa-se descansar, ao abrigo da luz direta e do calor, durante sete dias. Após esse tempo, a “garrafada” está pronta. Aplique o conteúdo preparado em uma compressa de gaze sobre a pele afetada (previamente lavada) durante aproximadamente 30 minutos


Camomila

Podendo ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e em alguns mercados (em forma de sachês) a camomila (Matricaria chamomilla) serve para ajudar no tratamento de irritações na pele.

A aplicação é simples, basta juntar 6 gramas de flores secas de Camomila em 100 ml de água fervente. Deixe repousar por 5 minutos. Depois coar, molhe uma compressa de gaze e aplique sobre a região afetada.


Confrei

Original do centro e norte da Europa e da Ásia temperada, o confrei (Symphytum officinale), também conhecida como consólida, chegou ao Brasil na década de 1980 e é ótima cicatrizante, analgésica e anti-inflamatória.

Para aplicá-lo basta fazer um chá bastante concentrado, deixando-o reduzir (ficar espesso). Após a redução, colocar em gases e aplicar sobre a superfície esfolada. Caso queira, coloque este preparado em 5 partes iguais de álcool.


Andiroba

A andiroba (Carapa guianensis) é muito utilizada pelos indígenas da região norte do Brasil. O óleo da planta é extraído para a produção de repelente de insetos, antissépticos, cicatrizantes e anti-inflamatórios.

A utilização da andiroba segue o mesmo procedimento do confrei. Fazer um chá com a casca bem concentrado e deixar reduzir. Assim que esfriar e reduzir, aplicar sobre a área afetada.

Argentina de nascimento e brasileira de coração, é apaixonada pela Patagônia e Serra da Mantiqueira.
Entusiasta de escalada, trekking e camping.
Tem como formação e profissão designer de produto e desenvolve produtos para esportes de natureza.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.