Livro da Semana : “The Bond” – Simon McCartney

O Monte Huntington  é um amálgama de rocha e gelo encrustada na parte central da Cordilheira do Alasca, a qual tem 650 km de comprimento, e fica a aproximadamente 13 km do Denali e 10 km do Monte Hunter. O escalador Simon McCartney, à época um inciante no esporte, procurava entrar em vias que moldassem seu estilo e aprimorasse sua técnica e expertise.

Foto : http://www.climbskibouldermagazine.com/

Foto : http://www.climbskibouldermagazine.com/

Inspirado por uma foto de Bradford Washburn, publicada e uma revista de montanhismo (em uma época que revistas impressas eram de fato relevantes) seu primeiro objetivo foi escalar os 3.731 metros de altitude do Monte Huntington , considerado uma das paredes mais perigosas do Cordilheira do Alasca.

O resultado desta tentativa foi o enfrentamento de um via tão difícil que por décadas ninguém acreditou que ele tinha realmente escalado. A linha realizada por ele ficou muitos anos sem ser repetida. Apenas escaladores de grande currículo e alta técnica podem ostentar este tipo de realidade.

Confiante em suas qualidades como escalador resolveu elevar ainda mais o nível estipulado por ele quando escalaram a face sudeste do Denali, em uma escalada que quase tornou-se fatal para Simon. O impacto dos acontecimentos desta escalada foram tão intensos que deste então o laço que McCartney tinha com a escalada foi modificado por muito tempo.

Em um livro muito bem produzido, com imagens em alta definição e que enchem os olhos de leitores (leigos ou especialistas), e que raramente são vistos em livros de montanhismo, “The Bond” teve um grande impacto no universo do esporte quando lançado. Por toda esta qualidade indiscutível, sem muitas obras no mesmo patamar realizadas no passado, Simon McCartney foi indicado para vários prêmios de literatura, alguns de grandes prestígios como, por exemplo, o Banff Mountain Festival.

the-bond-2Indiscutivelmente não há muitas obras de literatura de montanha, independente do idioma, em que o autor não seja deslumbrado pelo ambiente de montanha, nem que esteja ébrio com as sensações que suas aventuras provocam nos leitores. Geralmente os escaladores que colocam em livro suas aventuras estão, cada um a sua maneira, buscando ganhar confetes e serem excessivamente elogiados.

Este efeito é exatamente o que buscam os medíocres palestrante motivacionais e os montanhistas de palco (uma versão mais patética e rasa dos horríveis empreendedores de palco). Porém o autor de “The Bond” segue o caminho contrário, usando sempre a razão e sobriedade, economizando muito nos adjetivos e superlativismos, de seus feitos e dos efeitos de suas histórias.

“The Bond” é um excelente livro de montanhismo para quem busca uma leitura mais madura de um montanhista não deslumbrado com suas aventuras e que, muito provavelmente, faria as atuais sub-celebridades que se aproveitam do esporte para se promoverem terem vergonha de si mesmos.

Ficha Técnica

  • Título : The Bond – Two epic climbs in Alaska and a lifetime’s connection between climbers
  • Autor : Simon McCartney
  • Edição : 
  • Ano : 2016
  • Número de páginas : 352
  • Editora : Vertebrate Publishing

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.