Livro da Semana: “The Bold and the cold” – Brandon Pullan

Foto: http://gripped.com/

Foto: http://gripped.com/

Atualmente os pretendentes a ostentar o título de alpinista costumam cultivar os mesmos hábitos dos antigos atletas que, inevitavelmente, também são ídolos e referência. Por hábito um tanto, digamos, vintage que é ler e colecionar revistas e informes em papel jornal da mesma maneira que os montanhistas do início do século XX.

Na época não existia o “montanhismo de palco” que enaltecem feitos comuns com adjetivos superlativos e poster cuidadosamente impresso seguindo conceitos de publicidade e propaganda. Nos últimos 20 anos todo o romantismo de um “montanhismo de raiz” vai-e perdendo por figuras candidatas a serem sub-celebridades.

Para quem acredita que fazer montanhismo é muito mais que fazer programas de TV a cabo ruins e vender produtos a público leito o livro “The Bold and the cold”, do autor Brandon Pullan é feito para você. A obra é presença obrigatória em cabeceiras de camas e prateleiras de todo e qualquer montanhista que tenha como o montanhismo um estilo de vida e não um tipo de entretenimento barato e vazio.

bold-and-cold-2O autor do livro é nada menos que o editor chefe de uma das mais respeitadas revistas de montanhismo e escalada do Canada e já publicou mais de 100 artigos, além de outras contribuições, sobre o tema em seu país. Portanto Pullan não é um aventureiro deslumbrado, muito menos um publicitário queimando dinheiro para aparecer o que de fato não é, sendo de fato um autor sobre a temática do montanhismo experiente e com conhecimento de causa.

“The Bold and the cold” é o resultado de sua convivência com seus mentores que, após saberem de sua ideia, o motivaram a fazer esta compilação de histórias sobre a antiga geração de montanhistas e seus feitos. O resultado, claro, não poderia ser diferente: 25 histórias interessantes sobre as primeiras escaladas nas Montanhas Rochosas Canadenses (Canadian Rockies). A cadeia de montanhas canadenses possuem numerosos picos e cordilheiras como, por exemplo o monte Robson (3.954 m de altitude) e Monte Columbia (3.747 m de altitude).

O livro é econômico em adjetivos e seus textos não alonga mais que o necessário para detalhar a história, paralelamente a esta característica o autor opta por esquivar de criar heróis e bandidos e adota uma linguagem enxuta, valorizando os sentimentos de quem é montanhista de verdade. Fica nítido na obra que Brandon sabe que o perigo faz parte de toda aventura nas montanhas e que enfeitar e inflar a coragem dos escaladores não merece tanto destaque quanto a história em si. Mesmo com o texto curto seu conteúdo é carregado de emoção e, como não poderia deixar de ser, nos faz admirar mais ainda os primeiros escaladores e refletir sobre os atuais montanhistas de palco.

O livro “The Bold and the cold” é, portanto, uma obra que dificilmente alguém que é “montanhista de palco” irá entender pois de maneira explícita o autor não adota a linha sensacionalista para chamar a atenção do leitor. A obra é, portanto, um entretenimento garantido para quem é montanhista de verdade e vive a prática como estilo de vida.

Ficha Técnica

  • Título: The Bold and Cold: A History of 25 Classic Climbs in the Canadian Rockies
  • Autor : Brandon Pullan
  • Edição: 1ª
  • Ano: 2016
  • Número de páginas: 280
  • Editora: Rocky Mountain Books

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.