Livro da semana : “Rock Queen” – Catherine Destivelle

Muito antes de qualquer outra escaladora chamar a atenção em um esporte com ambiente predominantemente masculino como a escalada, uma francesa de pouco menos de 1,70 metros (1,67 m para ser mais exato)  assombrava o mundo com sua técnica e força acima do normal. Não bastasse ser uma escaladora muito acima da média do que homens e mulheres da época, também ostentava o “titulo” de musa. Catherine Destivelle, nascida e criada em Paris, foi introduzida à escalada desde jovem e quando tinha apenas 15 anos já tinha realizado várias ascensões em vias na França de alta dificuldade. Foi considerada pela comunidade de praticantes do esporte como a melhor escaladora do mundo de 1985 a 1988.rock-queen-3

No seu livro “Rock Queen”, Destivelle pode contar um pouco da sua história de vida e revelar segredos de seus feitos que, com o tempo, ganhou status de lenda. Na obra Catherine aborda o período que ficou afastada da escalada para dedicar-se ao seu curso de Fisioterapia na Ecole de kinésithérapie de Paris, para depois dedicar-se profissionalmente ao esporte.

Dentre seus mais notáveis feitos está tanto escaladas em solo ou guiando. Catherine Destivelle solou locais como El Puro (Espanha)Falésias de Bandiagara (Mali),  Ilhas Phi Phi (Tailândia),  Devils Tower (EUA) e Old Man of Hoy (Escócia). Porém sua escalada mais icônica foi o solo na face norte do Eiger em apenas 17 horas.

Autora de vários livros dedicou mais tempo à sua obra”Rock Queen”, que leva o mesmo título de seu filme mais famoso, no qual relata não somente as suas escaladas como também detalhes de suas expedições que fez à Antartida, quando escalou os Montes Ellsworth (4.892 metros de altitude) quando sofreu uma queda de aproximadamente 20 metros e fraturou seriamente sua perna. O acidente fez com que Catherine Destivelle focasse na elaboração de guias de montanha, em especial sobre o Mont Blanc.

rock-queen-2“Rock Queen” é uma obra bibliográfica de uma pessoa de personalidade forte, mas sempre modesta, e que inspirou várias gerações de escaladores, e escaladoras, a praticar o esporte e procurar subir o limite do possível. A importância de Catherine Destivelle para a escalada pode ser comparada à mesma que os Beatles teve para a música e cultura mundial. A própria escaladora britânica Shauna Coxsey, atual campeã mundial de escalada esportiva e dos grandes nomes mundiais do esporte já declarou que se inspira na francesa.

Catherine Destivelle continua a escalar, mas como atividade recreativa, aos finais de semana e feriados. A francesa declara que hoje é dedicada publisher de livros de escalada e montanhismo sendo sua obra mais reconhecida foi o “The 9th Grade – 150 years of free climbing“. Hoje casada e com um filho que hoje possui 18 anos que, nas palavras da escaladora, não se interessa muito por escalada e sim por tornar-se músico profissional.

Ficha Técnica

  • Título : Rock Queen
  • Autor : Catherine Destivelle
  • Edição : 1ª
  • Ano : 2015
  • Número de páginas : 228
  • Editora : Hayloft Publishing Ltd

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.