Livro da semana: “Quizás vivir sea esto” – Jorge Egocheaga Rodríguez

Segundo o filósofo Heráclito, conhecido por ser o pai da dialética, ninguém pode banhar-se duas vezes no mesmo rio, pois na segunda vez já não será o mesmo, uma vez que aquela água já se foi, e é outra. O mesmo pode-se dizer sobre visitar as montanhas.

Dificilmente não há mudanças na psique das pessoas quando praticam o montanhismo. Imagine então o que acontece na mente de uma passa que consegue chegar ao cume de todas as montanhas acima de 8.000 metros no Himalaia.

Foto: https://mariamarcosalvarez.wordpress.com

Foi exatamente isso que o médico espanhol Jorge Egocheaga Rodríguez, considerado um dos melhores himalaístas do mundo. Para compartilhar um pouco de sua experiência, o montanhista aproveitou para escrever um livro sobre a experiência humana que existe acima da conquista esportiva. Batizado de “Quizás vivir sea esto”, a obra é muito mais que um simples livro de montanhismo, mas também uma reflexão sobre como uma cultura pode aprender e ensinar com a outra, utilizando o montanhismo como veículo deste intercâmbio e transformação.

O livro, editado pelo próprio Jorge Egocheaga Rodríguez, terá arrecadação destinada à educação das crianças que vivem no Valle de Makalu e possui uma visão muito íntima do que são as expedições que participa. Há ainda um drama pessoal na vida do montanhista, que viu sua mulher subir, mas não descer, do topo do Makalu.

No livro estão os detalhes de seu drama, que o fez subir novamente a montanha para enterrá-la. O Makalu é considerada uma das montanhas mais difíceis de se escalar em todo o mundo, sendo conhecida por suas subidas íngremes e cumes afiados.

Toda a melancolia que carrega dentro de si, Jorge Egocheaga Rodríguez despeja no conteúdo do livro. Mesmo assim, todos os textos existentes na obra também são uma espécie de ode à vida para que inspire a todos que siga sempre em frente.

Acima de tudo “Quizás vivir sea esto” é um livro emocionante e inspirador, sem parecer piegas ou mesmo forçado. Ali está um montanhista apaixonado pela prática, pelo esporte e, acima de tudo, pelas lições de vida que obteve através de suas expedições e tragédias pessoais.

Ficha Técnica

  • Título: Quizás vivir sea esto – Catorce ochomiles: La experiencia humana por encima del logro deportivo.
  • Autor: Jorge Egocheaga Rodríguez
  • Edição: 1ª
  • Ano: 2018
  • Número de páginas: 212
  • Editora: Publicação própria do autor

 

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.