Quais são as lesões mais frequentes para escalada em rocha?

A escalada envolve movimentos de todo o corpo. Como todos sabemos fatores como impulso, maior força e apoio dos pés são os componentes mais importantes que vêm das pernas. Os braços, ombros e costas são os que sofrem as lesões principais, mais precisamente por compensar a falta dos componentes dos membros inferiores.

Neste artigo iremos apresentar uma divisão dos membros do corpo segundo sua posição, além de uma lista das lesões mais frendentes que surgem no esporte de escalada em rocha. Entretanto, é importante avisar que não significa impreterivelmente que se escalar ferozmente em rocha, irá se lesionar. Muito pelo contrário, para não se lesionar é necessário ter vários cuidados na preparação física, abordados largamente em artigos aqui na Revista Blog de Escalada.

Foto: http://rocanbolt.com

Mas, por outro lado, é bom entender o que pode ocorrer em caso de não executar este treinamento prévio adequado.

Portanto, antes de tentar ser um mutante, ou a pessoa mais forte do planeta, primeiro aprenda a fortalecer o corpo.

Membros superiores

Os membros superiores são: cadeia articular da mão, pulso, antebraço, cotovelo, braço, ombro, clavícula e omoplata. Nesta parte as lesões mais frequentes são:

a) Tensão de forte a excessiva de todos os músculos (incluindo lugares de outras partes do membro superior) por esforço excessiva e falta de alongamento. Esta falta de alongamento provoca enrijecimento, formigamento, sensação de inchaço, falta de força nas mãos para agarrar objetos leves. A consequência seguinte de aumentar esta tensão muscular por sobre-esforço são as distensões.

b) Entorses de dedos das mãos e pulso.

c) Torcicolo por compensação de força nos braços e pernas. Inclusive, por mais simples que possa parecer, simplesmente por estar olhando constantemente para cima.

d) Entalamento de algum nervo por compressão muscular, produzindo sensação de descargas elétricas, formigamento, dormência, falta de força e alteração de sensibilidade. Pode ser compressão nervosa no nível do peitoral, axila, cotovelo, antebraço ou pulso (túnel do carpo).

e) Subluxação, ou mesmo luxação, dos ombros por ficar pendurados em um braço somente.

f) Fraturas de clavículas e dedos, por compressão em rochas.

g) Hematomas ou quedas de altura considerável.

Foto: http://www.salyroca.es

Membros inferiores

Os membros inferiores são aqueles compreendidos pela cadeia articular dos pés, tornozelo, perna, joelho, coxa, bacia e ilíaco.

a) Fadiga muscular de todo o membro inferior. A primeira consequência são as câimbras e estiramentos. A segunda o tremor de pernas, o qual pode provocar quedas de altura considerável.

b) Câimbras nas plantas dos pés, seguido de fasciite plantar (Inflamação de uma faixa espessa de tecido que liga o osso do calcanhar aos dedos).

c) Entorse nos tornozelos.

d) Hematomas e fraturas originários de quedas de alturas consideráveis

Outras fraturas

Foto: https://freeman.com.mx/

Também existem lesões específicas na coluna vertebral: dores leves por cansaço, até mesmo espasmos e bloqueios lombares com sintomas de tipo ciático. Da mesma maneira, espasmos nos omoplatas com irradiações até o pescoço, provocando lesões descritas anteriormente.

Por isso é muito importante, especialmente para quem deseja escalar em alto nível, procurar um tratamento corretivo de postura, para aliviar casos de tensão crônica ou aguda. Ter uma orientação de plano de exercícios de alongamento e de liberdade articular, para evitar lesões frequentes do esporte, são fundamentais.

Com acompanhamento deste tipo de profissional é o ganho de habilidade e agilidade na amplitude das articulações para maior desempenho na escalada em rocha.

Tradução autorizada: https://freeman.com.mx

Freeman é o mais importante site sobre escalada e esportes de montanha do México e organiza o mais assistido festival de filmes outdoor da América Latina

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.