Kilian Jornet bate o recorde de subida ao cume do Aconcágua

O corredor espanhol Kilian Jornet entrou para a história ao bater o recorde de subida ao cume do Aconcágua, com a marca de 12h 49 min.

A antiga marca pertencia ao também espanhol Jorge Egocheaga o qual era de 13 horas e 46 minutos, o que significa que Jornet bateu a marca em 57 minutos.

A marca vice-campeã pertencia a Carlos Sá com 15 h 42min.

Kilian atingiu a marca na segunda tentativa de ataque ao cume, pois na sua primeira tentativa a 2 dias atrás foi obrigado a abortar o avanço devido ao mau tempo que teve ventos que atingiram 90 km/h.

Nesta segunda tentativa foi feita sem sua companheira Emelie Forsberg (que admitiu no momento não estar em condições de correr) e iniciada logo de madrugada com sol nascendo às 6:00(hora local) quando soube que havia uma janela de bom tempo.

kilian-jornet-aconcagua-3

Kilian no início de sua segunda tentativa | Foto: Cortesia Summits of My Life

Mesmo em ritmo acelerado, Kilian levou cerca de 8 horas para chegar ao cume do Monte Aconcágua, no qual percorreu no estilo “light and fast” que o atleta tanto aprecia. Segundo o atleta os últimos 400 metros até o cume foram duros.

Quando Jornet passou pela Plaza de Mulas já havia a expectativa de que  o recorde fosse batido, restando esperar apenas 25 km para a confirmação.

O tempo espantoso faz com que Kilian Jornet seja um fenômeno do esporte e o maior nome das corridas de montanhas da história do esporte.

Toda a sua corrida para a quebra do recorde ao Aconcágua, assim como o recorde que pulverizou no Denali no Alasca farão parte de seu terceiro filme.

Abaixo está a ligação feita por Kilian Jornet aos seu principal patrocinador para informar que o feito já foi realizado

kilian-jornet-aconcagua-2

Foto: Cortesia Summits of My Life

Summits of My Life

A quebra de recorde faz parte do projeto particular de Kilian Jornet batizado de Summits of My Life que consiste realizar as ascensões mais rápidas das montanhas mais icônicas.

Kilian já realizou a ascenção mais rápida da travessia do Mont Blanc (4.810 m) e Matherthorn (4.478 m).

Sua tentativa agora é realizar o feito no Monte Aconcágua, localizado na cidade de Mendoza na Argentina.

O Monte Aconcágua significa em idioma dos habitantes locais sentinela de pedra e possui 6.690 m de altitude sendo o ponto mais alto das Américas e de todo hemisfério sul.

o “Sentinela de Pedra ” é a montanha mais alta do mundo fora do Himalaia.

O objetivo final de Kilian Jornet é também quebrar o recorde de ascensão ao Everest.

Os cumes que fazem parte do projeto Summits of my Life:

  • Travessia do Mont Blanc – 4.810 m (Já realizado)
  • Mont Blanc – 4.810 m (Já realizado)
  • Matterthorn – 4.478 m (Já realizado)
  • Elbrus – 5.642 m
  • McKinley (Denali) – 6.186 m (Já realizado)
  • Aconcágua – 6.690 m  (Já realizado)
  • Everest – 8.848 m
Foto: Cortesia Summits of My Life

Foto: Cortesia Summits of My Life

kilian-jornet-aconcagua-5

Foto: Suunto | http://www.suunto.com

kilian-jornet-aconcagua-6

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.