Jogos Olímpicos da Juventude 2018 anunciam que escalada fará parte de seu programa

O comitê olímpico internacional anunciou recentemente, após longa reunião, que os Jogos Olímpicos da Juventude 2018, que ocorrerão na cidade de Buenos Aires em 2018, terão esportes adicionados como parte de seu programa : Dança Esportiva, Karatê e escalada esportiva. Desta maneira as federações, reconhecidas pelo COL (Comitê Olímpico Local) de cada país (que por sua vez devem ser reconhecidas pelo COI), poderão enviar atletas para competirem no evento. O evento, que procura misturar atividades culturais, esportivas e educativas baseadas nos Jogos Olímpicos, terão o mesmo número de atletas masculinos e femininos participando.

A notícia, até certo ponto inesperada, fez com que as federações mais organizadas e, por isso reconhecidas pelo COL, comemorarem o anúncio. A Argentina, que recentemente formalizou a criação de sua federação de escalada esportiva, possui a maior esperança de medalha sul-americana.

Os Jogos Olímpicos da Juventude (Youth Olympic Games – YOG em inglês), é um evento multiesportivo realizado de quatro em quatro anos promovido pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e participam atletas de todo o mundo entre as idades de  14 a 18 anos de idade. Os YOG foram propostos em 1998 e aprovados para serem realizados em 2007 na Guatemala. A última edição foi realizada em Nanjing em 2014.

O Comitê Olímpico Local do Brasil não se pronunciou ainda sobre a possibilidade, ou não, de envio de atletas de escalada esportiva para este evento. Recentemente também foi anunciado que a escalada esportiva fará parte dos próximos jogos pan-americanos a serem realizados no Peru.

Desta maneira atletas que aspiram participar da Olimpíada de 2020 já possuem duas datas oficiais pra se prepararem em competições internacionais.

Atletas brasileiros

No Brasil não há a organização de uma seleção juvenil da categoria há muito tempo e, como complicador do problema, existem duas entidades que disputam o reconhecimento do COL assim como a verba destinada para esportes olímpicos do governo federal.

No momento grande parte dos atletas que se destacam nos torneios realizados no Brasil possuem acima de 25 anos, tendo alguns já anunciando aposentadoria das competições. Não há, por enquanto, nenhum anúncio oficial de programas ou calendário de incentivo de atletas juvenis por parte de ambas as entidades.

Foto : Eddie Fowke | http://www.ifsc-climbing.org/

De acordo com reportagem realizada pelo jornal O Estado de São Paulo, as entidades possuem uma grande oportunidade de interromper a animosidade, de ambos os lados, e resolver a cisão que acabou criando a liga independente.

Na reportagem também foi feito um raio-x da situação de todos os esportes promovidos à modalidade de exibição na Olimpíada de Tóquio.

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.