Escalador amputado faz história encadenando via de 10b na Espanha

O escalador espanhol Iván Germán, de 45 anos de idade, encadenou nesta semana a via “Excusómetro”, com dificuldade graduada em 8b francês (10b brasileiro) e entrou para a história do esporte. A marca estabelecida é a mais forte de um paraescalador. Em declaração à imprensa, Germán disse que “queria fazer porque significaria romper uma barreira mais”. A via fica no local de escalada conhecido como Cueva de Segovia.

Ainda não há vídeo disponível da ascensão de Iván Germán.

O espanhol perdeu a perda esquerda aos 23 anos de idade e mesmo com a barba grisalha, denunciando os anos que viveu, possui uma energia desproporcional para seguir treinando com energia e determinação. Nem mesmo tendo a perna amputada por um acidente de trânsito o desanimou.

Quando questionado sobre qual o segredo de escalar em alto nível, Iván Germán afirma que é um processo de muita dedicação em treinamentos, tanto em rocha quanto em academia. O escalador estava malhando a via há quase um mês .

Em nível mundial, há somente notícias de um outro escalador amputado (acima do joelho) que já havia encadenado um 8b francês (10b brasileiro). O escalador era alemão.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.