IFSC anuncia formação de mais mulheres route setters certificadas no mundo

O route setter, profissional responsável por idealizar o tipo de experiência de escalada dentro de um campeonato ou ginásio, ganha cada vez mais importância no cenário da escalada esportiva. Com o esporte sendo olímpico para Tóquio 2020 e com grande probabilidade de também ser em Paris 2022, este profissional é o responsável pela evolução (ou involução) de sua comunidade de atletas.

Mas o que faz com que alguém ganhe a credencial de que é entendido no ofício de ser route setter? Na prática, para ser um route setter não é obrigatório realizar um curso propriamente dito, muito menos existe uma norma que obrigue algum nível de atuação deste tipo de pessoa em academias e campeonatos. O que existe de concreto, em caráter oficial, é o curso realizado pelo International Federation of Sport Climbing (IFSC), para quem deseja se profissionalizar neste aspecto e atuar em qualquer lugar do mundo. Nos campeonatos organizados pela entidade, somente route setters certificados podem participar.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por | Photograph | Toulouse France (@julia.cassou) em

Mas, para espanto de muitos, não existiam nenhuma mulher route setter certificada pelo IFSC. Mas a própria entidade reconheceu esta ausência de inclusão e, no último dia 8 de março, anunciou que Hélène Janicot e Katja Vidmar, são as primeiras mulheres route setter certificadas pela entidade. O próprio presidente do IFSC, Marco Scolaris, publicou uma nota à imprensa declarando que “a igualdade de gênero é uma das bandeiras da escalada. Nosso esporte reflete desde a sua fundação (IFSC), onde buscamos colocar prêmios idênticos para ambos os gêneros. Apesar disso, existe um longo caminho para percorrer e queremos marcar nossos objetivos. Na próxima assembleia do IFSC, iremos propor a incorporação da mulher como parte integrante da mesa executiva do IFSC”.

Junto desta novidade em termos de estrutura interna, também anunciou que a francesa Hélène Janicot é a nova route setter para competições oficiais. Janicot é a segunda mulher da história a fazer parte do time de route settes do IFSC. A primeira mulher, incorporada em 2018, foi Katja Vidmar.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Katja Vidmar (@katjavidmar) em

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.