Hotel de luxo derrama grande quantidade de combustível em Torres del Paine

O hotel Explora é acusado de derramar combustível próximo ao rio Paine, segundo informações do diario La Prensa Austral. O ato causou indignação das autoridades ambientais que atuam no Parque Torres del Paine, no Chile, esta semana quando a acusação foi formalizada. O ato criminoso, que teria acontecido no início de Outubro deste ano, derramou próximo de 200 litros de combustível.

A consequência deste ato foi a contaminação de toda a área próxima do hotel Explora e a ação das chuvas que aconteceram em outubro o combustível chegou ao rio Paine. As autoridades chilenas declararam que o ato foi “totalmente reprovável”, e Juan Marcos Henríquez, secretário de Meio Ambiente, afirmou como “ato irresponsável da empresa, que não avisou do incidente à época do acontecimento”. O derramamento contaminou próximo de 320 metros da margem do rio Paine.

Foto : http://laprensaaustral.cl/

Foto : http://laprensaaustral.cl/

De acordo com Henríquez, o único ponto “favorável” ao incidente é que foi um derramamento “pequeno” e de um combustível leve e, por isso, facilitará o trabalho de limpeza. Estima-se que grande parte do derramamento vá se diluir no rio e também evaporar-se. Há uma porcentagem do combustível que chegará à costa do Chile, mas sem maiores danos ecológicos. Algumas barreiras de contenção do combustível estão sendo instaladas para evitar que a chuvas disperse ainda mais o produto.

A superintendência do Parque Nacional Torres del Paine iniciou um processo administrativo para aplicar as multas cabíveis ao Hotel Explora. As multas foram estabelecidas no contrato de concessão.

Para mais detalhes : http://laprensaaustral.cl

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.