Homem morre após acidente em trilha no Rio de Janeiro

Um homem, identificado como Ênio Seguins, de 40 anos, morreu enquanto realizava a trilha da Pedra da Gávea, no local conhecido como Garganta do Céu (trecho perigoso e que é necessário arriscar técnicas de escalada), no dia de ontem na cidade do Rio de Janeiro.

A trilha da Pedra da Gávea (monolito com 842 metros de altura), é considerada uma das mais belas da Cidade do Rio de Janeiro,possuindo um nível de exigência física alto e do seu topo é possível ter tem uma perspectiva panorâmica em 360º da cidade do Rio de Janeiro. Depois de iniciada a trilha com aproximadamente 2:00 chega-se ao ponto conhecido como Garganta do Céu que é uma fenda na rocha que proporciona um visual da zona sul do Rio de Janeiro bastante apreciado por trekkeiros.

Foto: Bruno Martins | http://www.minube.com.br

Foto: Bruno Martins | http://www.minube.com.br

Após a Garganta do Céu há trechos de alta exposição com 2 lances para serem realizados com cabos de aço até o topo da Pedra da Gávea. O caminho de volta é realizado por um trecho bem inclinado com aproximadamente 30 metros de desnível conhecido como Carrasqueira, no qual guias de trilhas da cidade do Rio de Janeiro utilizam equipamentos de escalada.

Especula-se que Ênio Seguins acidentou-se ao, aparentemente, tentar executar este trecho sem a utilização de equipamentos apropriados. Seguins começou a fazer a trilha bem cedo, até mesmo antes da abertura do parque.

O corpo de bombeiros ainda não havia conseguido retirar o corpo até o final da tarde de ontem devido à dificuldade de acesso ao local mesmo contando com apoio de um helicóptero e do Grupamento de Buscas e Salvamento.

Foto: https://www.tripadvisor.co

Foto: https://www.tripadvisor.co

There are 2 comments

  1. Carlos Pérez Gomar

    Na hora em que ele caiu não havia ainda nuvens nem ventava , porque segundo testemunhas que estavam no próprio local( Garganta do Céu) o que aconteceu é que ele teria escorregado na rocha rampeada às 7.00 h, quando se dirigia aos grampos que descem para o chamado Paredão Antenas, onde estão os grampos iniciais. Começou a ventar repentinamente as 10.50 h, quando ele já tinha caído. O que pude saber foi o que me contaram pessoas que estavam vindo do local do acidente e que tinham visto o acontecido.Contaram que ele nem gritou e apenas se ouviu um baque. Quanto à demora do resgate, se entende pelo difícil que é o local, encostado embaixo de um paredão de rocha negativa que impede a aproximação de helicópteros. Nem por baixo é possível chegar ao ponto onde ele estava a não ser realizando uma complicada escalada, Possivelmente estava em um platô a meio caminho entre dois paredões. Essa via de escalada normalmente é evitada , ainda que no passado já tenha sido usada. Toda essa parte da montanha ( de gnaisse) está se desagregando, o que se pode observar desde longe.

  2. marcio louback

    Para chegar a garganta do céu não precisa de tecnica de escalada, é apenas trilha e o acesso a garganta tb não é necessario. A unica area de risco pela via P4 são os cabos de aço. Risco na Garganta só existe se a pessoa se expor ao risco para selfies ou curiosidade, mas é muito tranquilo. Infelizmente virou moda fotos com muito risco e isso da muito like e hoje as pessoas são carentes de likes e fazem tudo por popularidade. Não sei se foi o caso, mas é muito estranho um acidente ali,

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.