Guia essencial de montar uma barraca com ventos fortes

Muitas pessoas erroneamente acreditam que acampar é uma atividade que não necessita de conhecimentos aprofundados na atividade. Algumas marcas, incluindo algumas lojas, investe em material publicitário que incita este tipo de pensamento simplista e equivocado. Isso porque nem todas as barracas são iguais, assim como terrenos e situações são bem distintos dependendo de cada estação do ano. Acampar na montanha é muito diferente do que ir no verão a uma praia, ou armar a barraca dentro de um galpão.

A situação climática que mais exige conhecimento e destreza do aventureiro é a de enfrentar ventos fortes durante o momento de armar a sua barraca. Importante excluir modelos recreativos de barracas que se armam automaticamente em poucos segundos de atividades de camping em montanha. Para saber escolher adequadamente uma barraca leia o artigo exclusivo e detalhado aqui na Revista Blog de Escalada.

Intensidades de vento

Mas após escolher a barraca adequada (repare que as varetas e specs farão diferença agora), que não deixará você passar desconforto como frio e chuva invadindo o seu interior, é necessário saber também como proceder, por exemplo, em uma situação que exige montar seu equipamento sob vento forte. Ventos possuem diversas intensidades e a Escala de Beaufort as classifica levando em conta a sua velocidade.

barraca-vento-forte-5

Mas como saber a velocidade do vento? Segundo a escalada do irlandês Francis Beaufort basta seguir alguns dos parâmetros abaixo:

  • Brisa leve : 6 a 11 km/h – As folhas das árvores movem
  • Brisa moderada: 20 a 28 km/h – Poeira e pequenos papéis levantados e galhos das árvores movem
  • Vento fresco : 39 a 49 km/h – Movem-se os ramos das árvores e dificuldade em manter um guarda chuva aberto
  • Vento forte: 50 a 61 km/h – Movem-se as árvores grandes e dificuldade em andar contra o vento
  • Ventania: 62 a 74 km/h – Quebram-se galhos de árvores e dificuldade em andar contra o vento
  • Tempestade: 89 a 102 km/h – Árvores arrancadas
  • Tempestade violenta: 103 a 117 km/h – Estragos generalizados em construções
  • Furacão :  Velocidade maior que 118 km/h – Visibilidade nula

Por isso todas as atividades de montar acampamento com vento podem ficar complicadas e a atividade de montar a barraca pode virar um pesadelo completo, especialmente para quem arrisca fazer a atividade em solitário. Uma outra atitude que identifica a negligência com a sua segurança, assim como de seus companheiros, é levar para a montanha uma barraca com alguma parte danificada.

Ao fazer isso você está assumindo um risco que pode colocar todo o passeio a virar um desastre.

Montando a barraca

acampar-com-vento

  • Responsabilidade

Qualquer praticante de esportes de montanha tem de assumir responsabilidade por seus atos, por isso nunca deve “terceirizar a culpa” a nada nem ninguém. Além disso deve também assumir a responsabilidade sobre as pessoas à sua volta, orientando-as a não fazer nada de errado.

Toda tomada de decisão deve ser pensada cuidadosamente, sem agir por impulso, e apostando sempre no bom juízo de causa e consequência. NUNCA confundir rapidez com pressa. Se alguém necessitar de ajuda, não pense duas vezes antes de agir.

  • Escolha um local adequado

Quando escolher o local de estabelecer seu acampamento, leve em consideração a direção do vento, a inclinação da superfície que pretende dormir e a posição da sua barraca em relação a estes dois fatores. Coloque a parte mais estreita da sua barraca de frente à incidência do vento e, de preferência, que também coincida com a inclinação da superfície.

Se é possível escolher próximo de uma árvore com copa grande, ou atrás de uma pedra brande (um boulder) isso amenizará o incômodo do vento.

Se a parte mais larga de sua barraca encontra-se contra o vento, ela se comportará como uma vela de um barco e, inevitavelmente forçará excessivamente as varetas de sustentação. Em outras palavras esta situação fará com que sua barraca possa levantar voo como uma pipa se não estiver devidamente fixada no chão, nem com pesos dentro dela.

  • Organize seu equipamento

Antes de tirar sua barraca da embalagem, tenha à mão objetos pesados à mão, para que estejam prontas para ser usadas como contrapeso de tudo o que seja leve.

Isso fará com que nada voe facilmente na primeira rajada de vento. Uma vez esticada a base da barraca deixe todos os objetos pesados dentro do interior para conseguir o máximo de firmeza na sua base.

barraca-vento-forte-2

  • Prepare as varetas de armação

Quando tirar as varetas de armação da embalagem da barraca aproveite para deixá-las armadas. Uma prática inteligente é levar na mochila as varetas de armação em separado do restante da barraca, isso ajudará ter mais agilidade para montar a barraca sem muita dificuldade.

Com as varetas já armadas o tempo de montagem da barraca fica reduzido pela metade, dando mais agilidade e facilitando sua movimentação. Especialmente no caso de haver junto com o vento incidência de chuva.

  • Use os Specs ANTES

Com as varetas de armação montadas, o mais importante é conseguir deixar a barraca na posição ideal. Para isso é necessário usar os specs (também conhecidos como estacas) e fixar a base da barraca.

Esta fixação lhe dará mais mobilidade para montar a barraca nas estacas. Comece aplicando as estacas nos cantos opostos, assim terá a base esticada na maneia ideal. Quando fixar os specs procure colocá-los em ângulo de 45º em relação á barraca, nesta posição eles darão mais firmeza à sua estrutura.

barraca-everest5

  • Coloque as varetas de armação

Coloque as varetas de armação somente quando tiver certeza que os specs estão firmes e fixados no solo. Use a mesma lógica dos cantos opostos utilizada nas estacas. Após montar as principais varetas de armação, tendo a estrutura da barraca montada, comece a armá-la.

Após a montagem completa coloque TODOS os seus equipamentos dentro da sua barraca, eles farão com que ela esteja pesada o suficiente para não voar caso algum imprevisto aconteça.

barraca-vento-forte-1

  • Colocando a capa e sobreteto

Quanto a barraca estiver devidamente firme comece a colocar a capa e fixá-las com a mesma lógica das estacas (primeiro os cantos opostos).

Este é a etapa mais difícil pois, em geral, a capa é a parte mais leve de uma barraca e por isso voa facilmente, dificultando muito o seu manuseio. Por isso comece pelo lado que não está havendo incidência de vento, para depois passar ao outro lado.

  • Prepare as cordas de fixação

Você já prestou atenção que em praticamente há algumas cordinhas penduradas no corpo da capa de sua barraca? Estas cordinhas são para dar uma proteção extra aos ventos em sua barracas, e estas devem estar fixadas bem tensionadas.

Quando fixá-las reserve um spec para cada duas cordas, de preferência que esteja tensionadas para lados opostos fazendo um ângulo de , no mínimo 45º seguindo a mesma lógica descrita acima. As cordas de fixação devem estar tensionadas na direção oposta à incidência do vento, por isso analise a direção do vento antes de começar a fixá-las.

barraca-vento-forte-4

Formado em Engenharia Civil e Ciências da Computação, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.