Prática de escalada é banida de Parque e escaladores realizam petição para reverter proibição

No mês de fevereiro, a área de escalada australiana conhecida como Grampians teve a prática da escalada proibida em alguns setores do parque. O Grampians National Park (também conhecido Gariwerd) é um parque nacional localizado no estado de Victoria, na Austrália, e o fechamento das áreas de escalada impede que escaladores tenham acesso a aproximadamente 3.000 vias de escalada (boulder e escalada esportiva). O montante é 38% das escaladas disponíveis no parque.

Para a comunidade de escaladores australiana, Grampians é considerada um dos principais locais de prática de escalada esportiva. A proibição foi imposta pela administração do parque e, de acordo com as informações oficiais disponibilizadas pelas entidades representativas dos escaladores australianos, sem colaboração com a comunidade de praticantes de escalada. O fechamento desses locais de escalada é o equivalente, em termos de Brasil, ao que seria o fechamento de diversos setores da Serra do Cipó.

Os rumores de qualquer tipo de proibição de escalada no local datam do início dos anos 2000 e do lançamento do primeiro Plano de Gerenciamento de Parques do Parque Nacional de Grampians. Embora o plano proibisse a escalada em certas áreas designadas como “Zonas de Proteção Especial”, essas restrições nunca eram aplicadas. A questão alegada pela administração do parque para a proibição era a do impacto dos escaladores nos locais indígenas de importância cultural e histórica. A discussão a respeito do assunto vem crescendo nos últimos 15 anos e chegaram ao auge em 2017 e 2018.

A administração do parque (conhecida como Parks Victoria) também expressaram sérias preocupações sobre o impacto ambiental da formação de boulders na vegetação, particularmente com o aumento massivo do número de escaladores. Há ainda preocupações a respeito do uso de ancoragens fixas dentro do parque. A Parks está criando um grupo de partes interessadas que trabalhará para desenvolver uma política de escalada em todo o estado. O plano de manejo do parque para os Grampians, que data de 2003 e atualmente não cobre atividades como a prática de boulder, sofrerá uma atualização.

Para tentar reverter a proibição, a comunidade de escaladores da Austrália criou uma petição para tentar contornar a situação e iniciar uma negociação para a liberação das áreas. A petição é o instrumento pelo qual um advogado transmitirá as pretensões de seus clientes ao órgão competente para apreciação, narrando os fatos, os seus fundamentos legais e também o pedido, ou seja, aquilo que se espera efetivamente. Até o momento 10.000 assinaturas já foram realizadas. Os criadores da petição esperam conseguir 15.000 assinaturas.

Além da petição, os escaladores também criaram uma página, com informações relevantes a respeito da escalada na área.

Para assinar a petição: https://www.change.org

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.