Governo de Mendoza planeja instalar antena de celular para habilitar sinal 4G no Aconcágua

Com o objetivo de otimizar a comunicação dos montanhistas que estiverem no Aconcágua com o resto do planeta, o governo da província de Mendoza planeja instalar uma antena de celular no topo da montanha.

Para a instalação da antena falta somente o estudo de impacto ambiental para que a estrutura seja montada na Plaza de Mulas (4.200 metros de altitude) e, assim, prover sinal de comunicação móvel e internet de alta velocidade na montanha mais alta das Américas.

Foto: Antis Outdoor

Foto: Antis Outdoor

A notícia divulgada pela MDZ Online deixa a entender que o governo da província argentina já havia aceitado a proposta da operadora Movistar.

Caso a antena seja realmente instalada no Aconcágua, permitiria, por conta de sua localização estratégica, disponibilizar sinal 4G em todos os acampamentos utilizados durante a ascensão da montanha.

O objetivo, segundo a operador de celular, é aumentar a segurança e facilitar a organização de tarefas de resgate em caso de emergência. Conforme foi informado em primeira mão pela Revista Blog de Escalada, os resgates de helicópteros não serão mais gratuitos, e cada montanhista deve deixar um valor depositado (que pode ser retirado no caso de ausência de resgate) antecipadamente.

Foto: http://www.diariouno.com.ar/

Foto: http://www.diariouno.com.ar/

A operadora Movistar inclusive já realizou testes na área desde a temporada passada com várias expedições, quando estas puderam usufruir de sinal de internet.

A disponibilização faz com que, evidentemente, práticas obsoletas das estúpidas “transmissões on-line” ficassem tão modernas quanto as máquinas de escrever e, como os montanhistas praticantes já sabem, tão útil quanto um disco de vinil.

Entretanto ainda existem detalhes nada concretos, e realistas, sobre a potência, assim como o alcance, da instalação na Plaza de Mulas e seu sinal 4g.

Foto: http://animalderuta.com/

Foto: http://animalderuta.com/

Mas a maior preocupação no momento é reduzir ao máximo o impacto ambiental da estrutura no Aconcágua, isso porque não se trata de uma antena de telefonia móvel convencional.

Para mais detalhes acesse: http://www.mdzol.com/

Foto Topo: shutterstock

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.