Parques de Minas Gerais fecham pelo perigo de febre amarela

Algumas áreas protegidas do estado de Minas Gerais, como Parque Estadual Serra do Rola Moça, Parque Estadual do Itacolomi, Parque Estadual Serra Verde, Parque Estadual da Baleia e Estação Ecológica de Mar de Espanha estão fechados para visitação. O motivo alegado pela administração do parque, Instituto Estadual de Florestas de Minas Gerais (IEF), é uma recomendação da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.

A orientação da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais é em decorrência do crescimento de mortes de macacos na região por febre amarela. A morte dos primatas que não são transmissores, serve de alerta sobre a possibilidade de circulação do vírus na região que ocorrer.

A febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido por mosquitos vetores com dois ciclos de transmissão: silvestre (quando há transmissão em área rural ou de floresta) e urbano.

O vírus é transmitido pela picada dos mosquitos transmissores infectados. Não há transmissão direta de pessoa a pessoa. Os sintomas iniciais da febre amarela incluem início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.

Locais onde existem matas e rios, onde o vírus, junto de seus hospedeiros e vetores, são considerados como áreas de risco.

Locais fechados

Os locais fechados pelo IEF até o momento:

  • Parque Estadual Serra do Rola Moça: Belo Horizonte-MG
  • Parque Estadual do Itacolomi: Ouro Preto-MG
  • Refúgio de Vida Silvestre Libélulas da Serra de São José: Tiradentes-MG
  • Parque Estadual Serra Verde: Belo Horizonte-MG
  • Parque Estadual da Baleia: Belo Horizonte – MG
  • Estação Ecológica de Mar de Espanha: Mar de Espanha-MG

Os locais de escalada que se encontram na região metropolitana de Belo Horizonte ainda permanecem abertos à visitação. A população local encontra-se apreensiva com a aproximação do período do carnaval, quando a região recebe grande volume de foliões para atividades outdoor.

Para escaladores os locais mais procurados como Parque Estadual do Sumidouro (onde encontra-se a Gruta da Lapinha e Sítio do Rod), além da Lapa do Seu Antão e Gruta do Baú (ambos em Pedro Leopoldo-MG), não foram fechados pela ausência de morte de macacos. Alguns escaladores, por meio de grupos de whatsapp, ignoram o problema e seguem organizando grandes grupos de viagem para o período do carnaval.

Até o momento a recomendação dos órgãos governamentais é que a população procure vacinar-se contra a febre amarela em postos de saúde.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.