Fazer musculação melhora a prática de atividades de montanha?

Musculação

Foto: Assessoria 4any1

Muitos atletas já aderiram às corridas em trilhas e montanhas para fugir da monotonia das corridas em asfaltos e treinos de academia.

Ao mudar o ambiente para serras e morros, com subidas de tirar o fôlego e paisagens interessantes o corredor se sente mais motivado com esse novo ambiente mais dinâmico.

Como esses terrenos são na maioria das vezes irregulares com muitos buracos, subidas e descidas, é fundamental estarmos com nossos membros inferiores e suas articulações fortalecidas, evitando lesões e torções, muito comuns nessas provas.

O que fazer de musculação para melhorar a prática da corrida de montanha?

A musculação é primordial ao combate às lesões oriundas da corrida e também na melhora da performance.

Vamos entender que a musculação serve para aumentar a força muscular e a massa magra.

Um dos fatores que temos de minimizar, é a hipertrofia (aumento da massa muscular).

Pois o atleta não pode estar “pesado”, mesmo que seja de músculos. Logo não devemos trabalhar com cargas muito pesadas e poucas repetições. O intervalo entre as séries deve ser curto, no máximo de um minuto.

Eu prefiro conjugar dois ou três exercícios e não descansar em nenhum momento, assim conseguimos trabalhar também o nosso sistema cardiovascular.

Descansar apenas o grupo muscular, nunca o organismo.

Com esse trabalho conseguimos acelerar nosso metabolismo e trabalhar nosso sistema cardiovascular.

Recomendo que se treine com cargas leves e numero de repetições entre 15 a 20, de duas a três vezes por semana, dependendo da época do ano (de acordo com o calendario objetivado) e que se interrompa as sessões a 10 dias da prova-alvo (para alguns, duas semanas).

Além disso, é possível treinar também coordenação motora, resistência e potência muscular com trabalhos de propriocepção.

Esse trabalho é Fundamental para a prevenção de lesões nos membros inferiores, como torções de tornozelo e joelho, condromalacia patelar, fraturas por estresse, artroses, entre outros.

Também ajuda a evitar a lombalgia e a sacroileítes.

Aí fica a dica para aqueles que querem iniciar ou já correm essas provas de montanha.

4any1-assessoria-esportiva_banner_artigo

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.