[Exclusivo] Review da websérie “The Season 2”

Durante o ano de 2011 houve o surgimento de várias propostas de web-series. O conceito deste tipo de formato de entretenimento é relativamente simples: realiza-se uma série de vídeos que são disponibilizados somente na WEB, e com a opção de download dos mesmos.

No caso de web-series de videos Outdoor, disponibiliza-se primeiro nos sites dos patrocinadores.

Com uma proposta mais bem elaborada, os produtores de “The Season 2” procuraram dar um aspecto mais profissional (e comercial) à produção de de vídeos outdoor produzindo um resultado interessante e que pode servir de inspiração para várias empresas investirem no ramo.

Antes de analisar a web-serie “The Season 2”, é importante explicar para quem é leigo sobre o que é uma temporada de séries para EUA e Canada. Uma temporada na TV aberta consiste em uma série de episódios (Geralmente em quantidade de 22) que são exibidos durante um período do ano, nisso da-se o nome de “temporada”.

Vale Salientar que esta explicação é a mais simplista possível, e não vale como uma explicação detalhada.

Durante uma temporada de uma série como há muito o que a ser exibido dos personagens, há a necessidade de se aprofundar no psicológico do personagem, tornando-o assim mais intima sua relação com o público.

Por “Temporada” (Season em inglês) entenda que é a “janela” de meses que as pessoas que vivem em países com estações do ano muito definidas. Por “muito definidas” entenda que um inverno muito rigoroso em boa parte do ano, diferentemente do que estamos acostumados aqui no Brasil, em que a prática de esportes outdoor é beneficiada por um clima muito mais favorável.

A estrutura da série gira em torno de cinco personagens que praticam os mais diversificados esportes outdoor: Thomasina Pidgeon (Boulderista), Ryan Peterson(pescador) , Craig DeMartino (escalador), Greg Hill(Esquiador montanhista) e Jeremy Norris and Kevin Landry (Ciclistas).

A série portanto é muito voltada ao dia a dia dos praticantes, e em como eles conseguem equilibrar sua dedicação ao esporte, os objetivos para a temporada, e sua vida pessoal.

Os personagens escolhidos, em sua maioria, também possuem trabalhos formais e família para sustentar. Com isso há um elemento disponível para se aprofundar em cada personalidade, e estreitar ainda mais os laços afetivos com o público.

Fatores estes determinantes para que uma maior fatia do público outdoor se identifique com as soluções e consequências de suas escolhas para que cada um possa se dedicar aos projetos que eles mesmos traçaram para a temporada.

Seguramente uma série em que há personagens carismáticos, e histórias interessantes, certamente haverá audiência.

Por possuírem cinco personagens, e apenas 5 minutos cada episódio (fator determinado por serem vídeos disponibilizados na internet) algumas histórias demoram a serem concluídas, dando certa ansiedade para o telespectador.

O decorrer da série há a alternância entre depoimentos fortes como o de Craig DeMartino que teve sua perna amputada após um acidente durante a sua escalada, com momentos um pouco menos atraentes, como divagações sobre a natureza do pescador Ryan Peterson.

Esta oscilação de foco em sentimentos é característica esta natural em séries, já que há de se estender a temporada por 22 episódios.

A série como um todo é interessante de ver, e em seu total de quase duas horas (são 22 episódios de 5 minutos em média), e apesar de certo pragmatismo em seu roteiro é bastante entretenida.

Por ainda ser um formato em seu início, a série pode ser considerada uma das melhores de seu segmento, porém ainda distante de um clássico a ser visto por todos.

Um dos pecados da série foi não ter aprofundado em temas mais profundos da personalidade de cada um dos personagens, passando em vários momentos uma certa superficialidade. Isto porém não compromete a qualidade da série, que possui imagens bonitas e depoimentos de impacto para quem assiste.

Com uma edição cuidadosa, a captação de imagens foi muito valorizada e deixa qualquer pessoa com vontade de colocar o pé na estrada , e planejar seus projetos para a temporada.

Toda a série pode ser baixada da internet, sendo que cada capítulo possui cerca de 120mb(caso seja baixado em qualidade de HD), e desde o seu início teve uma marca de mais de um milhão de downloads, o que pode ser considerado um sucesso de divulgação.

Não há duvida de que os patrocinadores ficaram satisfeitos com o resultado.

Os produtores “Duct Tape Than Beers” já haviam se aventurado em filmes como o viral, e bem artistico, “love letter assim como a primeira temporada do “The Season”, e vem mostrando maturidade a cada trabalho novo. Com isso já despontam como referência no segmento de webseries outdoor.

Para se ter mais informações a respeito da série, assim como outros projetos realizados pelos produtores visite:http://www.theseasontv.com

Nota do Blog de Escalada:

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.