Entrevista com Ricardo Cardoso – do site Vagabundo Profissional

Foto: Arquivo Pessoal Ricardo Cardoso

Foto: Arquivo Pessoal Ricardo Cardoso

Na internet existem muitos sites e blogs que se dedicam à turismo e mochilão.

Os estilos e abordagem são diversos e não caberia neste espaço enumerar cada um.

Dentre estes há um site que teve grande aceitação do público por seu estilo que fala mais a língua de mochileiros: Vagabundo Profissional.

Mantido pelo estudante de hotelaria Ricardo Cardoso possui atualizações diárias e constantes.

970321_3316269202999_403789025_n[1]

Foto: Arquivo Pessoal Ricardo Cardoso

Alguns vídeos inclusive foram boas dicas de Cardoso para o Blog de Escalada e seus leitores.

Para conhecer mais de Ricardo o procuramos para uma entrevista para que pudesse dar mais detalhes de sua vida e de seu site.

Leiam a entrevista abaixo:

Ricardo você mantém um dos blogs sobre turismo mais populares do Brasil. como é isso para você?

(Risos) Não acho que seja um dos blogs mais populares do Brasil, acho que ainda tem muito trabalho pela frente.

Tem muito blog grande de viagens e turismo por aí que é bem mais popular que o Vagabundo Profissional.

O Vagabundo na verdade é um blog de incentivo a viagens, não um blog de viagens, propriamente dito. Nosso objetivo é instigar as pessoas a saírem da zona de conforto, saírem da rotina e da mesmice.

277907_2334779506370_1913134366_o

Foto: Arquivo Pessoal Ricardo Cardoso

Hoje no mundo toda a informação relevante e de fácil acesso está disponível na internet. Você acredita que seja apenas questão de tempo até revistas deixarem de circular?

Acho que ainda falta um pouco para deixarem de circular.

Mesmo com toda a facilidade, e interatividade da internet ainda existem pessoas que consomem e preferem as mídias impressas.

Evidentemente viajar é uma das suas paixões, qual foi a viagem que mais marcou a sua vida? e porque?

Acho que mais do que uma das minhas paixões, viajar já se tornou um vício para mim (risos). Além de um vício e prioridade na minha vida também é a área que escolhi para estudar.

Me formo turismologo no final desse ano, se tudo der certo, claro (risos).

A viagem que mais me marcou até o momento foi um mochilão que fiz com com alguns amigos durante 54 dias pelo Rio Grande do Sul, Uruguai e Argentina.

Me marcou por ter sido completamente espontâneo e quase sem planejamento.

Foto: Arquivo Pessoal Ricardo Cardoso

Foto: Arquivo Pessoal Ricardo Cardoso

Também ajudou na nossa integração e fortaleceu em muito nossos laços de amizade (owwwnnnn).

Quais são as perguntas mais recorrentes no seu site?

Recebemos muitas perguntas de pessoas que querem viajar, mas não sabem por onde começar e nem sentem vontade de contratar uma agência de viagem.

Perguntas sobre roteiros, valores e segurança dos lugares também são bem recorrentes pra nós.

Você possui um perfil de leitor definido no seu site? Qual é?

Pessoas com gana de viajar, vontade de conhecer o mundo.

Temos leitores mochileiros que querem passar meses viajando pela Europa até senhoras que querem algumas semanas para descançar.

Na sua opinião quais seriam as atitudes mais inteligentes que um viajante teria de tomar?

Foto: Arquivo Pessoal Ricardo Cardoso

Foto: Arquivo Pessoal Ricardo Cardoso

Ser o mais “mente-aberta” possível.

Chegar em um lugar com o peito aberto para as novas experiências que estarão por vir.

Como diria James Michener “Uma pessoa que rejeita a comida, ignora os costumes, tem medo da religião e evita as pessoas, é melhor ficar em casa”

Quais as atitudes mais erradas e comuns que você comprova as pessoas tomarem ao viajar?

O gasto excessivo.

Hoje em dia as pessoas acham que viajar é caro e tomam isso como regra, quando na verdade viajar é mais barato que ir para a balada.

Que recado você teria a dar para quem deseja saber mais sobre seu trabalho?

Primeiramente gostaria de agradecer a oportunidade de conceder essa entrevista ao Blog de Escalada.

É sensacional poder ter esse espaço na maior revista de escalada e montanhismo e um dos blogs que inspira esse trabalho do Vagabundo Profissional, valeu mesmo.

É só acessar a página do blog www.vagabundoprofissional.com pra ficar por dentro das novidades, dicas, matérias, promoções e sorteios.

Também estamos no Facebook (Vagabundo Profisssional Blog) e no Twitter (@VagabundoBlog)

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha e Argentina. É totalmente dedicado ao esporte de escalada em rocha e é apaixonado em filmes Outdoor. Para aproveitar melhor esta paixão fez curso de documentário na Escola São Paulo, além dos cursos de “Linguagem Cinematográfica” e “Crítica de cinema”. Foi jurado do Rio Mountain Festival. Já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Espanha, Uruguai e Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá.

There are 8 comments

  1. teresa oliveira

    Para denunciar e divulgar uma enorme injustiça em pleno coração da Europa

    Eis a nossa historia. Por favor ajude-nos a divulgar a injustiça de que estamos a ser vitimas e o nosso combate completamente desigual contra o lobby do betão em pleno coração da Europa.

    Muito obrigada em nome de nós 4
    Teresa Oliveira

    Uma família portuguesa perdeu a sua casa em Bruxelas há mais de 4 meses e lança um pedido de ajuda para a divulgação de um pequeno vídeo realizado por dois jovens cineastas portugueses. Divulgando o vídeo, ajudará a denunciar a extrema injustiça de que esta família está a ser alvo.

    Manuel, Teresa e as suas filhas Marta e Inês vivem em Bruxelas há 15 anos numa casa centenária que restauraram e na qual foram investindo, ao longo dos anos, todas as suas economias: o nº. 62 do Square Marie Louise.

    Em 2012, a empresa de construção LIXON demoliu o edifício ao lado da casa deles sem a escorar, para construir um novo bloco de apartamentos. O relatório completo sobre o estado da casa antes das obras começarem, elaborado por um perito contratado pela família mas assinado também pela LIXON, prova de maneira irrefutável, através de dezenas de fotografias, que a casa se encontrava em excelentes condições e sem qualquer tipo de danos estruturais.
    Ao longo de mais de um ano, os danos foram de tal ordem que o Tribunal ordenou a paragem de parte das obras. Em Junho de 2013, após uma visita ao local, os bombeiros de Bruxelas ordenaram a evacuação imediata da família, por falta de condições de segurança e a Câmara Municipal de Bruxelas decretou a inabitabilidade da casa.
    Vítima da incompetência técnica da LIXON, uma das maiores e mais prestigiadas empresas de construção da Bélgica, a família Gomes de Oliveira-Cerviño ficou assim, do dia para a noite, desalojada. A história podia ter sido completamente diferente se a Lixon estivesse disposta a assumir inteiramente as suas responsabilidades.
    Mas o facto é que, desde então, a LIXON continua a pretender apenas recomeçar o mais rapidamente possível as suas obras sem ter em conta as recomendações do Professor de Geotecnia do Instituto Superior Técnico de Lisboa, Eng° Alexandre Pinto, no que se refere à salvaguarda da casa.
    Com duas filhas a estudar na universidade e ambos os pais a trabalhar, esta família teme que a recuperação do “estado original” da casa se limite afinal ” à recuperação das decorações interiores” (como já lhes foi dito pelo perito judicial) e que o litígio no Tribunal se arraste durante anos e anos.
    Há uma página no facebook, onde a família tem vindo a publicar os desenvolvimentos do processo:www.facebook.com/SquareMarieLouise62 e foi criada entretanto uma petição on-line para pedir à LIXON que assuma as suas responsabilidades.
    Realizado por Patrício Faísca e Sonat Duyar, o vídeo agora publicado no YOUTUBE mostra apenas uma parte dos danos provocados na casa que continua, lentamente, a descolar-se da casa vizinha sem que tenham sido tomadas até hoje quaisquer medidas de urgência.
    Ajudando a divulgar o vídeo e/ou assinando a petição ajudará a denunciar a extrema injustiça de que esta família está a ser alvo e talvez também a impedir que outras famílias se possam encontrar na mesma situação.
    Veja o vídeo we lost our home please help us no youtube

  2. Joana Aguera

    Eu sempre tive o sonho de viajar para outro países, conhecer outras culturas e ver outros lugares, mas o tempo foi passando e acabei deixando para depois.
    Conclusão 45 anos e não realizei meu sonho ainda.
    Depois que conheci esse site percebi que viajar ñ é só para os jovens ou para quem tem muito dinheiro. Criei coragem e no começo de outubro parto para minha primeira experiência no exterior, primeira viagem de avião e primeira mochilada: Bolívia, Chile e Peru por 20 dias. Estou ansiosa, e tudo por que comecei a ler esse site. É muito legal.

  3. Bianca

    Olá pessoal, sou escaladora e leitora assídua de vários blogs brasileiros, inclusive o de vocês. Minha irmã tem um blog de publicidade e arquitetura e sempre estamos de olho no que aparece de bom por aí. Falar que esse menino tem o blog mais popular do Brasil é até uma ofensa aos blogs que ele copia as postagens. Luciano, se você ver com atenção o blog dele, ele não tem NENHUMA postagem autoral. Ele está crescendo em cima de outros! Tinha tantos sites de viagens interessantes para vocês entrevistarem… Que pena!

    1. Luciano Fernandes

      Bianca

      Obrigado pela sua mensagem. Nao disse que ele possui o mais visitado, e sim um dos mais visitados. Nao verifiquei o conteudo proprio dele, e irei conferir.

      Como ja disse a outras pessoas, eu divulgo o trabalho de quem quer que seja. Para o bem ou para o mal publiquei deste rapaz. Isso porque ele foi dos poucos de blog de viagens que procurou o site e disponibilizou a conceder uma entrevista.

      O espaço para falar no meu site é democrático e eu nao interfiro em nada, nem mesmo julgo quem quer que seja.

      Por exemplo, ja fiz entrevistas com figuras políticas que falou tanta bobagem que eu fiquei com vergonha por ele. Nem por isso deletei a entrevista ou o que seja.

      O que peço, repetindo, é que quem tem blog de viagens, de turismo, ou de mochileiros e quiser conceder entrevista ao site, que me procure e que faço com prazer. O que foi feito por este rapaz.

      Nao acho que constatar que sua visitação alta, o que é fato, seja para ofender outros sites.

      Abs

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.