[EXCLUSIVO] Entrevista com Luana Rebouças, da organização do encontro de escaladores de Pancas-ES

Um dos locais mais impressionantes para escaladores, e não escaladores, é Pancas no estado do Espírito Santo.

Considerados por muitos como o Yosemite brasileiro, o local recebe este ano um grande encontro de montanhistas e escaladores.

O encontro tem como finalidade principal, além , é claro, realizar uma grande confraternização além de mostrar ao Brasil o potencial do lugar.

O Blog de Escalada procurou Luana Rebouças, que está ajudando na organização do evento, e ela concedeu entrevista.

 

1 – Como está sendo a organização do encontro de Pancas?

Organizar um evento como esse da trabalho, mas é muito gratificante. Quando definimos que Pancas iria receber o 6º Encontro Capixaba.

Definimos também que seria necessário abrir mais vias e com grau de dificuldade variado.

Foi aí que a diversão começou e deu-se início a temporada de conquistas e foi numa dessas que eu e mais 3 amigas fizemos nossa primeira conquista. http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/07/gazetaesportes/outros_esportes/1309231-escaladoras-capixabas-conquistam-feito-historico-em-pancas.html

http://espn.estadao.com.br/post/267938_primeira-conquista-das-escaladoras-do-espirito-santo  

Agora já estamos na reta final e recebendo as inscrições dos participantes do evento.

 

2 – Como está sendo esperado pelos habitantes da cidade este encontro de escaladores?

Sempre que vamos escalar as montanhas próximas ao centro da cidade é possível ver que somos observados durante toda a via. Certa vez, quando desci de uma via, na base ao lado do carro, os moradores deixaram mexericas e outros nos esperavam para saber sobre nossa aventura.

E foi pensando nessa população hospitaleira que convive com as montanhas, que na praça central, haverá também uma parede de escalada para que eles tenham a experiência de subir paredes.

A secretaria de turismo de Pancas já enxergou o potencial que a cidade possui para os esportes de aventura e está colaborando para a realização do evento.

 

3 – O que os interessados devem esperar deste encontro?

O evento tem como objetivos a integração dos montanhistas, troca de experiências e divulgação das potencialidades capixabas para a escalada.

Por isso, a programação conta com trilhas guiadas nos dois dias de evento, palestra e workshop com Eliseu Frechou, sorteio de brindes, vias em diversas graduações para repetições e paredes ansiosas por conquistas.

 

4 – Qual o número de participantes esperado para este evento?

Para este ano esperamos cerca de 80 pessoas, dentre montanhistas e familiares.

 

5 – Como foi a resposta de empresas e marcas para ajudar a realizar este evento?

A Associação Capixaba de Escalada – ACE vem demonstrando as potencialidades do Espírito Santo e o crescente número de montanhistas ativos no estado, além da seriedade da instituição em realizar eventos.

E imagino que por esses motivos tantas empresas do segmento estão juntas conosco na realização do 6º Encontro Capixaba de Escalada.

 

6 – Quem são as pessoas que estão ajudando a organizar o evento?

A ACE é uma associação sem fins lucrativos, mas possui membros pró-ativos que como formiguinhas conseguiram apoios, divulgação, entre outras coisas importantes para que um evento como este tenha o sucesso esperado.

Além deles, tiveram importante papel as empresas 4 Climb, Equipe Sombra, Destak Percianas, Planeta Vertical, Resseg, Deuter, Conquista, Landspride, A5 Escalada, Alpen Pass, o montanhista Eliseu Frechou, a Secretaria Estadual de Turismo e a Prefeitura de Pancas.

 

7– Para quem estiver com vontade de prestigiar o evento como pode obter mais informações.

Para mais informações basta acessar www.ace-es.org.br ou pelo e-mail [email protected]

 

Engenheiro e Analista de Sistemas, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.