[EXCLUSIVO] Avaliação Nova Ranger – Ford

ranger1A caminhonete Nova Ranger da marca Ford tem como objetivo oferecer conforto e robustez em sua máxima potência para o usuário que procure um carro que tenha desempenho acima da média na cidade e em ambientes de natureza.

Segundo o seu fabricante suas principais características são o conforto, robustez, estabilidade e versatilidade dentre o as caminhonetes existentes.

O Teste

O Blog de Escalada teve apenas uma semana para a realização dos testes, e por isso buscamos as principais situações que poderiam ser vividas por qualquer praticante de esportes de natureza que vive em uma grande metrópole.ranger2

O automóvel foi testado em diversos caminhos e qualidade de asfalto encontrados nas cidades de São Paulo que tinham em média cerca de 12km e não excediam mais de 1h.

Foi testado ainda em uma viagem para a Serra da Mantiqueira em uma distância de 220km, sendo que 20km somente em estrada de terra em situação mediana e com grandes subidas.

Na viagem foram carregados todos equipamentos de escalada de 4 pessoas, além de também transportar um cão.

Prós

  • Espaço interno
  • Conforto
  • Consumo
  • Capacidade de Carga
  • Opcionais eletrônicos

Contras

  • Aceleração em modo automático
  • Estabilidade em curvas muito acentuadas

Notas

  • Qualidade do Material interno: 5.0
  • Design: 4.5
  • Acabamento:5.0
  • Consumo: 5.0
  • Conforto:5.0
  • Estabilidade 4.0
  • Relação custo x benefício: 4.0
  • Nota Final: 4.72

Opinião

ranger3Durante todos os testes a Nova Ranger da marca Ford agradou bastante em todos.

Não seria exagero nenhum afirmar que a Ranger é sem dúvida a consolidação de todos os sonhos e desejos de praticantes de escalada e montanhismo em forma de um carro.

Não chegou a ser considerado perfeito entretanto chegou muito perto disso.

O conforto sentido por todos os que participaram da viagem fez com que a escalada fosse até mais prazerosa do que normalmente é.

O pequeno desgaste físico e mental em um “bate e volta” de 200km não foram sentidos por ninguém que participou da viagem devido ao extremo conforto sentido.

O espaço interno comporta com conforto 4 pessoas (2 à frente e 2 atrás) com folga, ficando um pouco incômodo e com redução de movimentos quando há 3 pessoas no banco de trás.

No quesito consumo também surpreendeu, pois em uma viagem extensa e rápida apenas pouco mais de meio tanque foi consumido, em uma média de 9,8 km/l (segundo o computador de bordo) e com o ar condicionado funcionando todo o tempo.

Um consumo surpreendentemente baixo para um carro de grande porte e motor de grande potência.

A altura do motorista em relação a outros carros também é digno de nota: dificilmente havia algum carro ou caminhonete que estivesse na mesma altura, permitindo uma visão privilegiada do trânsito.

A Nova Ranger entretanto em algumas alças de acesso a viadutos (conhecido como “tesourinhas” em Brasília) o veículo mostrou certa instabilidade e que forçou a redução mais brusca da velocidade.

Durante os testes em estrada de terra o veículo demonstrou estabilidade soberba e irretocável.

Durante a condução em ruas da cidade em que havia muitas ondulações no asfalto extremamente remendado a sensação de que o veículo “saltava” foi grande.

Dificilmente qualquer  motorista não ficaria impressionado positivamente com o desempenho da nova Ranger na estrada, que se mostrou não somente um carro para estradas esburacadas, mas também para longas viagens.

O automóvel da marca Ford provou na prática ser o modelo ideal a quem deseja um modelo voltado para viagens longas, ou mesmo sumir no mundo carregando o máximo de coisas que puder.

A quantidade de conforto e opcionais contidos no automóvel refletiu, óbvio, no preço final e que pode parecer salgado de início para quem se interessar.

A nova Ranger da Ford sem dúvida é o carro indicado para quem sonha em fazer uma viagem longa pela América do Sul, e se preocupar em quais lugares ia conhecer.

O automóvel da marca Ford não é perfeito, mas chega muito perto de ser.

Observação

O Blog de Escalada foi procurado pela marca de veículos automotivo Ford para uma avaliação de seu produto buscando uma visão de um praticante de esportes de natureza para seu produto mais robusto.

Não houve qualquer compensação financeira de ambas as partes para esta avaliação.

Formado em Engenharia Civil e Ciências da Computação, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.