Avaliação Capacete Corazza – Ultra Safe

O Capacete Corazza  é um produto da empresa Ultra Safe e tem como público alvo tanto os profissionais de trabalho em altura, quanto escaladores e espeleólogos.

Apesar de possuir um nome em inglês a empresa é brasileira, e fabrica o produto também em território nacional.

O produto visa preencher uma lacuna no mercado brasileiro de capacetes para a prática dos esportes descritos acima, visto que os similares existentes no mercado são alvo de muitas críticas por parte dos praticantes.

O Teste

O capacete foi testado durante um dia de escalada, com um a temperatura de 24º a 28ºC, e em vias positivas, verticais e negativas.

Foi usado em muitas vias em que era requerido o equilibro em pequenos regletes e intensa movimentação da cabeça na procura de posicionar melhor os pés.Capacete Corazza

O capacete surpreendeu as expectativas nos testes.

Apresentando uma leveza e conforto em ajustes não encontrado em produtos nacionais.

O produto também proporcionou ventilação à cabeça, não tornando desconfortável a experiência.

Os ajustes do capacete são eficientes, e não afrouxam com o passar do tempo.

Apenas a alça de fixação vertical proporciona relativo incômodo para quem estiver usando o produto pela primeira vez.

 

Prós

  • Leveza
  • Design
  • Sistema de ventilação
  • Conforto
  • Ajustes de cabeça
  • Preço final ao consumidor.

Contras

  • Pouca disponibilidade de cores
  • Alças de ajuste vertical causa pequeno incômodo

Notas

  • Conforto: 4,0
  • Peso: 3,5
  • Design: 4,0
  • Relação custo/benefício = 4,5
  • Nota final: 4,00 – 

Opinião:

O capacete é uma excelente alternativa para quem procura um produto alternativo e de boa qualidade ao equivalente existente no mercado.

Com uma qualidade próxima a dos produtos importados, porém de fabricação nacional, tem grande potencial para tornar seu rival obsoleto.

Com excelente fator custo/benefício o produto é boa alternativa aos similares importados

Formado em Engenharia Civil e Ciências da Computação, começou a escalar em 2001 e escalou no Brasil, Áustria, EUA, Espanha, Argentina e Chile. Foi jurado do Rio Mountain Festival e já viajou de mochilão pelo Brasil, EUA, Áustria, República Tcheca, República Eslovaca, Hungria, Eslovênia, Itália, Argentina, Chile, Espanha, Uruguai, Paraguai, Holanda, Alemanha e Canadá. Realizou o Caminho de Santiago, percorrendo seus 777 km em 28 dias.

There are 4 comments

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.