Como estabelecer metas inteligentes na escalada – Veja como fazer 2018 ser o seu ano

Ano passado eu recomendei estabelecer metas de processos. Isso faz o nosso foco se deslocar para o processo de aprendizagem e nos ajuda a melhorar as habilidades. Tais habilidades podem incluir força física, mental ou aprender uma nova forma de escalada.

Estabelecer metas de processos que enfatizam a aprendizagem é importante, mas testá-la também o é. Portanto, neste ano, estabeleça metas de resultado final. É importante que as metas nos inspirem, senão perderemos a motivação conforme formos trabalhando para atingi-las. Utilize o acrônimo SMART (inteligente, em inglês. em português a sigla é EMART) para estabelecer metas inspiradoras.

Foto: http://climbersblogs.blogspot.com.br

  • E de Especifico: A meta deve ser específica. Em vez de dizer que queremos ter sucesso em uma via de 8º, 9º ou V11, escolha uma linha específica de tal grau. Isso nos ajuda a definir o tipo de escalada (esportiva, trad, boulder) e as técnicas, forças e habilidades específicas que vamos precisar aprender para ela.
  • M de Mensurável: Isto é mais fácil de realizar na escalada do que em outras partes de nossas vidas. Medimos o sucesso escalando do início ao fim de uma via que escolhemos sem cair ou pendurar em proteções.
  • A de Atingível: As metas devem nos expandir, mas não podem estar tão distantes do nosso nível de experiência a ponto de serem inalcançáveis. Devemos acreditar que eles são atingíveis de acordo com nosso nível de experiência, o trabalho que teremos para aprender e o tempo que podemos dedicar ao processo.
  • R de Relevante: As metas devem ser relevantes com a direção que queremos seguir na nossa escalada. Se queremos melhorar nossa escalada em livre, estabelecer metas de escalar montanhas não ajudará. Escalar várias modalidades pode ser divertido, mas precisaremos afunilar nossas metas para o estilo que é mais importante para nós.
  • T de Tempo oportuno: Eu aconselhei escaladores a serem firmes em relação ao objetivo, mas flexíveis sobre quando ele será alcançado. Definir um prazo não tem que entrar em conflito com essa abordagem. Os prazos criam uma sensação de urgência para fazer o trabalho em tempo hábil, ajudando-nos a manter nosso horário de treinamento. Ser flexível com o prazo para o objetivo ser alcançado significa que não nos deixamos desanimar se perdermos o prazo. A flexibilidade nos ajuda a ficar curiosos sobre o que ainda precisamos aprender.

Uma vez que passamos pelo processo SMART, podemos fazer mais algumas coisas para nos ajudar a atingir a meta:

  • Escrita: os objetivos devem ser escritos de forma clara e poderosa. Não escreva “Eu vou tentar escalar tal e tal via.” Escreva “Eu escalarei tal e tal via antes de 31 de julho de 2018.” Uma extensão da escrita dos objetivos é ter uma imagem da via, o que ajuda a manter a inspiração.
  • Responsável: conte um número seleto de amigos sobre seus objetivos. Fazer isso cria responsabilidade; seus amigos perguntarão constantemente como você está progredindo em direção a seus objetivos.
  • Plano de ação: será necessário trabalho para alcançar metas. Identifique as habilidades que você precisará aprender entre agora e o prazo. Agende-os no seu calendário. Você também pode compartilhar isso com seus amigos selecionados, o que lhes dá detalhes específicos para responsabilizá-lo. Inclua revisões trimestrais para que você possa refletir sobre o que você aprendeu e o que ainda precisa ser aprendido. Isso revelará as mudanças que você precisa fazer em seu plano.
  • Responsabilidade: Conte para alguns amigos sobre suas metas. Fazer isso cria um senso de responsabilidade; as pessoas irão perguntar constantemente sobre como está progredindo na direção de suas metas.
  • Plano de ação: Será necessário trabalho para atingir metas. Identifique as habilidades que você precisará aprender entre agora e o prazo. Marque-o em seu calendário. Você pode compartilhar isto com seus amigos também, o que lhes dá uma parte na sua responsabilidade. Inclua algumas revisões a cada quinze dias para refletir sobre o que aprendeu e o que ainda deve ser aprendido. Fazer isto revelará mudanças que você deve fazer em seu plano.

Lembre-se: aprender e testar nosso conhecimento são ambos importantes. Estabelecer metas de resultado final irá testar o que você aprendeu. Tenha certeza de que as metas irão inspirar você. Então, inspire-se e mãos à obra.

Foto: Max Whittaker | https://www.adn.com

Dica pratica: Estabeleça metas inteligentes para 2018

Aqui está minha meta inteligente (SMART) para 2018:

Especifica: “Born on the Fourth of July”, 9a em Obed. Esta via tem uma sessão de força e resistência, seguida por uma série de regletes no crux, terminando em outro trecho de resistência.

  • Mensurável: Subir na cadena
  • Atingível: Eu não escalo este grau constantemente, portanto essa meta irá me expandir, especialmente considerando a quantidade de tempo que terei para me dedicar a ela. Mesmo assim, parece atingível se eu me esforçar e fizer o trabalho necessário.
  • Relevante: Eu gosto de escalar em livre com corda. Portanto, escalar esta via esportiva é relevante para meu foco primário na escalada.
  • Tempo oportuno: Eu atingirei esta meta até o dia 31 de dezembro de 2018.
  • Escrita: Eu vou encadenar a via Born on the Fourth of July antes do dia 31 de dezembro de 2018.
  • Responsabilidade: Eu mandei isto para toda minha lista de contatos do WW. Então, me responsabilizem. Me perguntem sobre meu treinamento, se estou conseguindo seguir o calendário e como estou progredindo.
  • Plano de Ação: A habilidade que eu devo melhorar é poder; minha resistência parece estar bem. Eu pretendo fazer treinamento em fingerboard, especificamente suspensões máximas do programa da Eva Lopez, para aumentar meu poder.

1-WarriorsWaylogo_

O livro “The Rock Warrior Way – Mental Training for Climbing” está à venda traduzido para a língua portuguesa no Brasil em: http://www.companhiadaescalada.com.br/

Tradução do original em inglês: Gabriel Veloso

Arno Ilgner distinguiu-se como um escalador pioneiro nos anos 1970 e 80, quando as principais ascenções foram as primeiras fortes e perigosas. Essas façanhas pessoais são a base para Ilgner desenvolver o programa de treinamento físico e mental – Rock Warrior Way ®. Em 1995, após uma pesquisa aprofundada da literatura e prática de treinamento mental e as grandes tradições guerreiras, Ilgner formalizado seus métodos, fundou o Instituto Desiderata, e começou a ensinar seu programa de tempo integral. Desde então, ele tem ajudado centenas de estudantes aguçar a sua consciência, o foco de atenção, e entender seus desafios de atletismo (e de vida) dentro de uma filosofia coerente, baseada em aprendizado de tomada de risco inteligente. Ilgner considera a alegria e satisfação no esforço – a “viagem” – intimamente ligada à realização bem sucedida das metas.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.