Espaço urbano na cidade de São Paulo é adaptado para a prática de escalada

A cidade de São Paulo apesar de ser a maior metrópole da América do Sul possui um dos menores números de academias de escalada do país.

Com um considerável número de praticantes de montanhismo e escalada ainda assim, pelos mais variados motivos, as academias de escaladas sumiram do mapa na última década.

No ano passado um grupo de empresários se empenharam em coletar informações para a inauguração de um novo espaço, mas recuaram com o cenário político econômico atual.

Apesar do espaço estar se popularizando em outras regiões do país ,com modernos e grandes ginásios de escalada, as seguintes cidades inauguraram novos espaços dedicados à escalada nos últimos 3 anos : Brasília-DF, Goiânia-GO, Campo Grande-MS, Itapema-SC, Florianópolis-SC, Porto Alegre-RS e Rio de Janeiro-RJ.

bloco-do-jaime-4

Foto : Jaime Jacynycz Garcia

Buscando popularizar o esporte, para assim reverter o número decrescente de praticantes que definha desde a falência de uma academia na zona sul da cidade, um grupo de jovens procura ainda conseguir junto à Prefeitura da cidade de São Paulo o reconhecimento do espaço público urbano dedicado à escalada.

Popularmente conhecido entre a comunidade de escaladores como Bloco do Jaime o local rapidamente se popularizou entre os praticantes da cidade que, de maneira organizada, logo instituiu regras de uso além de um espaço na internet para divulgação de notícias entre os frequentadores.

O “Bloco do Jaime” está localizado no centro da cidade de São Paulo, mais precisamente na Praça Roosevelt  na altura da rua Gravataí, já na internet a fanpage é administrada por Gabriel Riêra Moreira que publica notícias, conselhos e regras de uso do local.

O bloco possui aproximadamente 3 metros, com agarras que foram colocadas aos poucos (começaram a aproximadamente dois anos) sendo as primeiras pequenos pedaços de pedras, mas hoje grande parte são agarras de escaladas.

bloco-do-jaime-3

Foto : Jaime Jacynycz Garcia

Como a prefeitura ainda não reconhece oficialmente o “Bloco do Jaime” como um local de escalada, o grupo que administra a escalada no local estou em um processo de inscrever o projeto e enviar para sub-prefeitura do centro da cidade para aprovar e Gabriel Riêra Moreira ficar de responsável do local.

Todas as agarras foram coladas, e não parafusadas como normalmente uma parede de escalada de ginásios, e este detalhe deve facilitar na argumentação da disponibilização do espaço junto à prefeitura pois não danifica a estrutura do edifício.

Os administradores do espaço pedem que todo praticante leve, além da sapatilha de escalada,  Crash Pad para a proteção nas quedas e aconselham também a quem estiver no nível iniciante não ir sozinho para a prática da escalada para sempre ter uma ou mais pessoas para fazer a segurança.

Como é um espaço público, sem verba destinada pela prefeitura, há um constante pedido de doação de agarras, colas químicas (para colar as agarras) que podem ser feitas através da fanpage.

Mais detalhes : https://www.facebook.com

Foto : Jaime Jacynycz Garcia

Foto : Jaime Jacynycz Garcia

Foto : Jaime Jacynycz Garcia

Foto : Jaime Jacynycz Garcia

bloco-do-jaime-5

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

There are 3 comments

  1. Nicolas

    “em cidades as seguintes cidades inauguraram novos espaços”
    Galera do blog,
    Sou leitor assíduo do blog, e parabenizo vocês pelo trabalho.
    Vai então uma critica construtiva: Procurem dar uma lida mais criteriosa nos textos antes de publicar. Não é a primeira vez que percebo faltas de ortografia ou palabras repetidas.
    Assim como caprichamos na segurança, é bom também caprichar na qualidade das ferramentas que contribuem para o desenvolvimento da escalda.
    Boas escaladas

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.