Escaladores de Araçatuba-SP fazem abaixo assinado para construir parede de escalada na cidade

Os escaladores existentes na cidade de Araçatuba-SP, cidade de aproximadamente 200.000 habitantes e distante 522 km da capital do estado, estão realizando um abaixo-assinado para que seja viabilizada a construção de uma parede de escalada.

O abaixo-assinado será entregue para Rivael Papinha, vereador e presidente da Câmara de Araçatuba, e até o momento conta com 117 assinaturas (mas ainda faltam 83 assinaturas para a meta de 200).

Câmara de Vereadores Araçatuba

Um abaixo-assinado é um tipo de solicitação coletiva feita em um documento com o objetivo de pedir algo de interesse comum a uma autoridade, manifestar apoio a alguém ou demonstrar queixa ou protesto coletivo.

O pedido foi idealizado pelo escalador Diego Henrique Mansani Barros que, em nome de uma equipe chamado “Força Vertical”, pede a construção da parede de escalada na ponte ferroviária do Bairro Nova Iorque da cidade de Araçatuba.

A ponte já é utilizada pelos praticantes de rapel.

Foto : John Nascimento

Exemplos no Brasil e exterior

Os idealizadores do a baixo-assinado se inspiraram em alguns exemplos que eles mesmos consideram bem-sucedidos.

Um deles é o muro existente em São Bernardo do Campo e mantido pela prefeitura em uma praça da cidade. Para os moradores da cidade, que fica no ABC paulista, é o principal local para a prática e treinamento de escalada. A partir dela cresceu consideravelmente o número de praticantes na região.

Um outro exemplo, que serve de norte e de argumento ao vereador Rivael Papinha, são os muros comunitários em São Carlos (CUME) e de Campinas (GEEU), ambos existentes dentro de um espaço universitário. Pela sua longevidade ambos espaços são referências em todo o Brasil.

Foto : 4Rocks | http://www.4rocks-outlet.ch/

No exterior, especialmente na Espanha, há diversos exemplos de espaços públicos transformados em academias de escalada pública e mantida por um grupo de voluntários. Os dois mais icônicos são a La Foixarda (Barcelona) e Puente del Alamilo (Sevilla). Na Suíça o caso mas icônico é Pont de Perolles (Freiburg).

No Brasil a luta para transformar espaços públicos em academias de escalada já possui casos icônicos como o Bloco do Jaime, na cidade de São Paulo (ainda em processo de aprovação pela prefeitura) e a Ponte Newton Navarro no Rio Grande do Norte.

Para assinar ao abaixo assinado acesse : https://www.change.org 

Sobre o Autor

Da Redação

Da Redação

Equipe da redação

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.