Escaladora gaúcha de 10 anos torna-se a brasileira mais jovem encadenar 8a no RS

A escaladora gaúcha Amanda Criscuoli encadenou, no último final de semana, uma via com grau de dificuldade 8a brasileiro (7a+ graduação francesa). Com a ascensão Criscuoli sagrou-se como a brasileira mais jovem (homem ou mulher) a encadenar uma escalada desta graduação.

A via encadenada foi “Celulite Abdominal”, localizada em Salto Ventoso (local de escalada de Farroupinha-RS), após seis tentativas apenas. Não há nenhum registro na história da escalada brasileira de que uma criança, de apenas 10 anos, tenha encadenado uma via desta dificuldade o que, obviamente, faz com que o feito da escaladora seja histórico.

Para que houvesse uma comprovação da cadena seus pais, Fabiane Criscuoli e Deivis Tavares, gravaram um vídeo de seu feito histórico (assista no topo do artigo). Amanda Criscuoli, em abril deste ano, já tinha chamado a atenção de comunidade escaladora por ter encadenado uma via graduada em 7a brasileiro.

Foto: Fabiane Criscuoli

Foto: Fabiane Criscuoli

O escalador brasileiro Felipe Camargo, considerado o escalador brasileiro mais forte da atualidade, começou a escalar quando tinha a idade da pequena gaúcha e o paulista César Grosso, hoje morando na Itália, aos 11. Por isso ambos os escaladores, que hoje fazem parte da história no esporte brasileiro como sendo dos mais fortes, com a idade de Amanda não tinham escalado vias da mesma dificuldade. Com este tipo de análise cria-se a expectativa de que Amanda Criscuoli pode tornar-se a escaladora mais forte da historia da escalada brasileira. Potencial a pequena escaladora já demonstra possuir, resta saber se será a médio ou curto prazo.

Morando em Porto Alegre-RS, Amanda treina religiosamente em um muro particular e, até o momento, possui dois treinadores: Thiago Bahlen e Ramiro Ruschel. A cada dia tornando-se mais forte, a garota é presença garantida em todos os torneios e campeonatos que são organizados no Brasil.

Foto: Fabiane Criscuoli

Foto: Fabiane Criscuoli

A história da cadena

Todo o processo da ascensão histórica não foi por acaso, e houve um planejamento feito em conjunto da escaladora com seus pais. Ficou acertado pela família que, logo após uma participação de Amanda em um campeonato, o objetivo a partir dali, com o prazo para cumprir de um ano, seria buscar a cadena de uma via de dificuldade 8a brasileiro (7a+ graduação francesa). Um desafio imenso para alguém que possui apenas 10 anos de idade. Mas para a surpresa de todos a conquista veio com pouco mais de alguns meses.

Amanda estava na sua sexta tentativa quando, para apreensão de seus pais, Fabiane Criscuoli e Deivis Tavares, Amanda “engoliu o choro” e foi até o final, flutuando pelo basalto de Salto Ventoso como os grandes escaladores fazem.

Foto: Fabiane Criscuoli

Foto: Fabiane Criscuoli

Sempre muito bem assessorada por seus pais, os planos de viagens e próximas conquistas já estão agendados. Logo após as provas finais da escola neste final de ano, a família irá para Caçapava-RS descansar e, quem sabe, idealizar algum outro projeto para a filha. Entretanto os planos não param por aí, a família tem viagem planejada no meio do ano para a cidade de Arco, na Itália, para aumentar mais ainda o repertório de movimentos da escaladora gaúcha.

Seus pais planejam também levar a filha para participar de algumas etapas do campeonato argentino de escalada, para que a filha adquira mais experiência internacional em competições. Deivis Tavares, seu pai, adiantou à reportagem da Revista Blog de Escalada que o calendario de sua filha já está bem planejado, com viagens programadas a locais populares de escalada esportiva no Brasil e Argentina. O plano agora, afirmou, é fazer uma boa base de vias (utilizando treinamento de pirâmide) e prepará-la para graus mais altos.

Se Amanda Criscuoli já entrou para a história da escalada brasileira com esta conquista espetacular, o futuro vislumbrado por pais e treinadores parece promissor. Para alguém com apenas 10 anos de idade não é nenhum exagero dizer que o céu é o limite para alguém com tanto potencial e uma vida inteira pela frente.

Foto: Fabiane Criscuoli

Foto: Fabiane Criscuoli

Foto: Fabiane Criscuoli

Foto: Fabiane Criscuoli

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.