[ATUALIZADO] Escalador sofre acidente grave na Serra do Cipó-MG

Foto: http://www.clubemontis.com.br

Foto: http://www.clubemontis.com.br

O fato relatado abaixo foi noticiado em uma lista de discussão por emails e portanto possui dados ainda dispersos e sem muita informação.

Mas o que se sabe com segurança é de que ocorreu um acidente no dia de ontem na Serra do Cipó.

Foi informado que um escalador ao terminar uma via de duas cordadas em um setor denominado “Cangaço” estava rapelando quando não prestou atenção ao final da corda sofrendo forte queda
Foi detalhado que o rapel estava sendo feito no período da noite e que a queda foi de aproximadamente 30 metros.
[ATUALIZAÇÃO 28/01/2014 às 11:20]
Informado pelo escalador Caê. (Carlos Eduardo Benfica), foi fornecido mais detalhes sobre o acidente ocorrido no dia de ontem na Serra do Cipó.
Como estava presente e sou amigo do escalador, elucidarei alguns pontos antes que sejam criadas “versões” sensacionalistas. De fato ocorreu um acidente no domingo, no G3 da Serra do Cipó:
1 – O rapel não foi realizado “a noite”, ainda havia luz. 
2 – Quem já escalou na Serra do Cipó sabe da famosa escalada na “hora mágica”, quando o sol ilumina a face de diversas vias clássicas com uma cor laranja, por muitos minutos antes de se por. Muitos esperam por esta hora para entrarem nessas vias, como a “Lamurias de um viciado”, “O dia em que a terra parou”, “Sinos de Aldebaran”, etc.
3 – O Escalador sofreu o acidente durante o rapel, correto, mas fraturou somente dois ossos, a tíbia e a fíbula (da perna direita) e teve que dar pontos em um corte.
4 – O escalador passa bem. 
5 – Os motivos ainda estão sendo avaliados e não serão revelados até que tenhamos certeza dos fatos, evitando polêmicas. 
6 – A prioridade, no momento do acidente foi o resgate e não saber o que aconteceu. O resgate foi realizado com muita eficiência por muitos amigos/escaladores e com todos os aparatos que ficam disponíveis no G3 da Serra do Cipó (maca, colar cervical e tala – fiquem sabendo disso e perguntem para escaladores da área onde fica guarado).
[ATUALIZAÇÃO 28/01/2014 às 11:20]

Não foi divulgado sobrenome do escalador, porém sabe-se que é conhecido como “Zé Marcelo”.

O escalador acidentado foi resgatado e encaminhado a um Hospital de Belo Horizonte (80km da Serra do Cipó)

Não foram dados mais detalhes dos motivos que levaram um escalador a realizar o procedimento no período da noite e o porque não havia um nó no final das duas pontas da cora ao realizar o rapel.

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.