Escalador alemão consegue repetir ascensão da fenda mais difícil do mundo

A escalada de fendas é um desafio à parte para quem escala. Exige técnica um pouco diferente, e é muito difícil de treinar em academias. O estilo é tão único e delicado, que até mesmo é considerada uma arte que poucos dominam. Basta observar o universo de escaladores que alardeiam serem os mais fortes de sua comunidade, para constatar que uma porcentagem bem pequenas destes se dedicam e apreciam escalar em fendas.

O escalador alemão Daniel Jung é um destas pessoas que se dedicam a escalar vias em fendas. No dia de ontem, Jung anunciou em sua rede social que encadenou a “The Recovery Drink”, ua fenda graduada em 5.14c americano (11b brasileiro). A via, que fica na noruega no local de escalada conhecido como Jossingford, é consderada a fenda mais difícil do mundo, e possuía somente uma ascensão. A primeira ascensão da via é creditada ao italiano Nico Favresse em 2013. Ou seja, fora cinco anos em que a via não teve repetição.

De acordo com as informações disponibilizadas, Daniel colocou todas as proteções durante a ascensão. Ou seja: foi realizada da maneira mais pura possível.

As fendas mais difíceis do mundo

A “The Recovery Drink”, como citada acima, é considerada a fenda mais difícil do mundo. O escalador Daniel Jung, que confirmou a dureza da fenda, não comentou nada a respeito do grau. O escalador britânico, também especializado em fendas Tom Randall, acompanhou a conquista do alemão e comentou que o grau da via, cotada como 5.14c americano (11b brasileiro), pode até ser mais do que foi sugerido, tamanha a dificuldade da escalada.

Uma outra via de fenda que é muito famosa, é a “Cobra Crack”, em Squamish no Canadá, e “Meltdown”, em Yosemite nos EUA. A via de Squamish está cotada em 5.14b americano (11a brasileiro). Já a via em Yosemite, estabelecida por Beth Roden, ainda segue sem repetições e tem grau de dificuldade cotado em 5.14c (11b brasileiro)

Comente agora direto conosco

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.